• Asus Anuncia o Eee Pad

    Demorou, mas parece que finalmente saiu o primeiro concorrente de peso do iPad da Apple. Hoje, em plena Computex, Jerry Shen, o CEO da famosa Asus anunciou para uma multidão de jornalistas, o seu mais novo produto: o Asus Eee Pad. Mesmo com o nome "sugestivo" (para não dizer, parecido) do dispositivo, de início muitos podem pensar que o pequeno possante seria apenas mais um dentre muitos concorrentes dos atuais leitores de e-books existentes no mercado, como o Nook e o Kindle. Mas a verdade é que o Eee Pad da Asus, é um tablet com tudo embarcado para competir diretamente com o iPad da empresa de Steve Jobs.

    Sabemos que o iPad é um conceito revolucionário. Por mais que o novo gadget da Apple possua mil defeitos e limitações, ele é uma verdadeira inovação, e com a aprovação de seu público. Nunca na história da indústria digital se vendeu tantas unidades de um produto tecnológico em tão pouco tempo.

    Sabemos também que já estão rodando nas prateleiras, muitos candidatos a substitutos do ipad, lançados por várias empresas do setor, mas sem tanto apoio do mercado, e da própria mídia, que querendo ou não, é que veicula a novidade e a vontade de comprar para o consumidor.

    O Eee Pad da Asus é um tablet embarcado com Windows 7 como sistema operacional, que utiliza o processador Intel CULV Core 2 Duo, além de uma tela com capacidade de touch-screen. O mesmo pode ser utilizado como um player multimídia, e-reader (leitor de livros eletrônicos), navegador Web, ou até mesmo se transformar em uma pequena estação de trabalho, ou melhor dizendo, um PC completo, ao acoplar o mesmo em uma dock-station com teclado e mouse.

    A Asus estará liberando duas versões do Eee Pad. O modelo EP101TC virá com uma tela touch-screen de 10 polegadas, e o modelo EP121 virá embarcado com uma tela um pouco maior, de 12 polegadas. Ambos os modelos terão autonomia de uso com suas baterias por um período ininterrupto de 10 horas.

    Shen ainda afirma que os dispositivos com função de tablet irão ser a ponte entre as empresas convencionais e os produtos de consumo. Ele ainda afirma que "nós prevemos um tipo diferente de cenário de uso" onde esclarece que o mesmo "pode ser tanto um profissional de primeira, quanto uma dona de casa".

    Claro que, a questão que fica é, será que a empresa poderá disponibilizar um Asus Eee Pad para os consumidores, antes que os mesmos venham a adquirir um iPad nas lojas?

    O Eee Pad deve começar a ser vendido ainda no primeiro trimestre do próximo ano (2011). Mas será que todo esses gap até o final do ano não mataria seu possível-futuro mercado? Até lá com certeza, outras empresas de peso como a HP já devem anunciar a certeza de mais um concorrente do iPad para o mercado de gadgets. Enquanto isso não acontece, a Apple vai muito bem obrigado com seu balanço anual, superando financeiramente até mesmo a sua arqui-rival Microsoft.


    Links de Interesse:

    - Asus Challenges Apple's iPad with Eee Pad
    - Asustek Unveils Tablet, to Take on Apple's iPad



    Sobre o Autor: saryshagan


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L