• Lançado GuJiN 2.8.2

    Se você é como eu, que odeia tanto o LILO quanto o GRUB, essa é a sua oportunidade de conhecer o GuJiN. No dia 16 de junho, Etienne Lorrain anunciou o lançamento da versão 2.8.2 de seu gerenciador de boot, que já está disponível para download no Portal SorceForge. Essa nova versão corrige muitos bugs encontrados na versão anterior (2.8.1), além de habilitar a revisão/edição na linha de comando final, ao pressionar a tecla [SHIFT], quando estiver selecionando um kernel. A versão 2.8.1 também já reconhece nomes de arquivos na extensão Rock Ridge em ISO9660, e permite a realização de boot de imagens LiveCD que estejam armazenadas no diretório /boot.

    O próprio Lorrain testou o processo com o NimbleX, sidux, Elive, Ubuntu, eeebuntu e Linux Mint, com a ajuda de um simples arquivo nomeado gujin.cmd. Para maiores informações sobre essa nova versão, verifique o Change Log que vem embarcado junto com o código-fonte.


    O GuJiN é um carregador de boot com capacidade de análise de partições e sistemas de arquivos. Ele é capaz de encontrar as imagens do kernel que estejam disponíveis, assim como outras partições bootáveis como a família BSD, MS-DOS, Windows, etc. O GuJiN também é capaz de encontrar imagens de arquivos (*.kgz) e discos bootáveis (*.bdi), além de apresentar um menu gráfico para a seleção do sistema que você queira efetuar o boot. O GuJiN efetua o boot do kernel Linux utilizando a interface documentada, como o LILO e o GRUB, por isso ele não precisa de nenhum desses programas para funcionar.

    Ao utilizar o GuJiN em seu sistema, você poderá tranqüilamente se desfazer de seu LILO ou GRUB, sem doer na consciência. Esse carregador de boot inovador é escrito em sua maioria na linguagem C, compilado com o GCC, e o mesmo é capaz de executar em tempo real para ser o mais compatível possível.

    Se você tiver interesse em conhecer mais a fundo esse projeto, poderá visitar os sites OSDev Wiki e Linux Wiki. Como dito anteriormente, o código fonte pode ser baixado direto do Portal SourceForge, mas você ainda precisa ter as seguintes versões dos programas a seguir, ou superiores: gcc-4.5.0, gmp-5.0.1, mpfr-2.4.2, mpc-0.8.1 e binutils-2.20.1. O GuJiN está disponível tanto em código-fonte, quanto em binários, pacotes RPM e DEB, e/ou usando o executável pré-compilado padrão/debug do projeto.

    Se você tiver alguma dúvida sobre o projeto, desde como instalar, até mesmo como melhorar o mesmo, escovando bits em seu fonte, você pode acessar e utilizar um dos fóruns do projeto. Normalmente, a maioria das dúvidas podem ser tiradas através da listagem encontrada no SourceForge. O projeto também possui uma lista de discussão chamada gujin-users encontrada em lists.sourceforge.net. Mas para utilizar a lista de discussão, você precisa possuir uma conta de cadastro válida neste Portal.


    Links de Interesse:

    - Página Oficial do GuJiN
    - Download do GuJiN
    - OSDev Wiki
    - Linux Wiki
    - Executável Pré-compilado Padrão/Debug do GuJiN
    - FAQ do GuJiN no SourceForge

    Sobre o Autor: saryshagan


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L