• Oracle: Aumento do Processo Contra Google no Caso Java

    De acordo com um relatório apresentado, a Oracle Corporation atualizou o conteúdo da denúncia feita contra a Google em relação aos direitos autorais do seu código Java. Dessa vez, a empresa alega que o sistema operacional móvel open source Android, utilizado em smartphones e tablets, contém uma cópia direta do código. No último mês de agosto, a Oracle denunciou a companhia sob a alegação de que parte da plataforma Android possuía componentes do software proprietário adquirido junto com a Sun Microsystems.



    No decorrer do processo, a companhia provedora de bancos de dados fornecia informações escassas sobre o conteúdo da denúncia. Porém, uma versão contendo maiores detalhes foi entregue somente nesta última quarta-feira dia 27 de outubro e trazia exemplos de seções do código copiado como um fator relevante para o caso. No âmbito dessa denúncia, a Oracle acusa a Google de infratora, referindo-se ao crime de cópia de bibliotecas e de documentação. Além de todas essas acusações, aproximadamente um terço da interface de programação (API) do Android é proveniente do pacote de APIs do Java.

    Compondo os elementos supostamente em aplicação por parte do Google, estão incluídos nomes de classes, definições, organizações e parâmetros. Referente às bibliotecas, "a empresa acusada estaria aplicando a estrutura, a organização e o seu conteúdo', afirma a Oracle. Em diversas situações, também há uma séria afirmação de que boa parte do código no sistema Android, foi copiado diretamente a partir de um código prorpietário da Oracle.

    Ainda não houve qualquer tipo de manifestação por parte do Google até o presente momento. Em seu último pronunciamento, a empresa classificou as alegações da Oracle como incoerentes e prometeu uma defesa à altura, em nome da comunidade open source.


    Saiba Mais:

    [1] Computerworld:
    http://www.computerworld.com/s/artic..._our_Java_code

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L