• Tomcat 7.0.6: Maior Estabilidade, Segurança e Desempenho

    Com a versão 7.0.6 lançada nesta última sexta-feira (14), os desenvolvedores do Tomcat Servlet Container, hospedado pela Apache Software Foundation, apresentaram a primeira versão estável do ramo 7.x. A tecnologia Java apoia plenamente a especificação "API Servlet 3.0" ( JSR 315 ). Outras especificações suportadas por esta nova versão do Tomcat, que tem sido aguardada por muitos desenvolvedores, incluem o JavaServer Pages 2.2 descrito na JSR 245 e o JSP Expression Language (EL); da mesma forma que o Servlet 3.0, esses componentes são parte da "Java EE 6 "(Java Enterprise Edition), que foi finalizado em dezembro de 2009.

    Novas adições ao Servlet API 3.0 incluem capacidades de solicitação de processamento assíncrono, suporte à fragmento web, além de suporte à programação de servlets, filtros, listeners, restrições Web baseadas em anotações e um direct API. Os desenvolvedores também atualizaram a sessão de recurso de rastreamento e acrescentaram opções para grupos de propriedades JSP. Outras adições incluem suporte à upload de arquivos e um programmatic login / logout. Tomcat 7 apenas utiliza o Java Runtime Environment (JRE) 6.0.

    Além da API, os desenvolvedores melhoraram a base de código do Tomcat. Por exemplo, eles trabalharam para melhorar os recursos de segurança e desempenho, e além isso, os seus componentes receberam um novo gerenciador de ciclo de vida. Outros novos recursos incluem manuseamento de aplicações Web (versionado), detecção de vazamento de memória e de prevenção, filtros para impedir ataques Cross-Site Request Forgery (CSRF), uma interface simplificada para a integração do novo Tomcat em aplicações personalizadas. Houve também a integração de diretórios fora do diretório de aplicações Web e a integração de arquivos Java externos (JARs), fora de um diretório de aplicação WEB-INF/lib (extensão ClassLoader).

    A versão 7 do Tomcat é baseada na versão 6, contendo todas as correções de segurança necessárias, e esta é outra razão pela qual os desenvolvedores devem incorporar as novas funcionalidades em suas aplicações. A capacidade de processamento assíncrono do Tomcat também permite que portáteis AJAX e aplicações Comet sejam desenvolvidas com relativa facilidade. Nessa sequência, os desenvolvedores deram instruções sobre como migrar aplicações que rodam em versões mais antigas. Houve ainda a junção de Sylvain Laurent e Christopher Schultz à equipe de committers do Tomcat, certamente como um sinal positivo para o futuro desenvolvimento deste tão conceituado servidor web Java.

    Para os que não o conhecem, Tomcat é um servidor web Java, que de forma mais precisa, pode ser classificado como um container de servlets. Ele possui características próprias de um servidor de aplicação, apesar de não ser considerado como tal pelo fato de não preencher todos os requisitos necessários. O seu desenvolvimento é de responsabilidade da Apache Software Foundation. Os binários do Tomcat 7.0.6 e seu código-fonte podem ser descarregados a partir da página web Apache Tomcat.


    Links de Interesse:

    - Tomcat Apache
    - Tomcat Servlet Container

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L