• Análise e Podcast Sobre o Universo Cracker

    Faz alguns dias que a Imperva divulgou um relatório, analisando o conteúdo e as atividades de um fórum on-line que reúne uma imensa quantidade de crackers, com cerca de 220.000 membros registrados. Através de um podcast, Rob Rachwald, Diretor de Estratégia de Segurança da Imperva, fala sobre como este fórum é usado por crackers para treinamento, comunicação, colaboração, recrutamento, comércio ilegal e até mesmo, para a interação social. Comercialmente, este fórum serve como um mercado para venda de dados roubados e para compartilhamento de uma diversidade de software de ataque.

    O especialista da área de segurança ilustra como este relatório não apenas fornece insights sobre a psicologia do cibercrime, mas também detalha as técnicas e estratégias que eles aprendem, desenvolvem e implantam.

    Rob Rachwald é o Diretor de Estratégia de Segurança na Imperva. Ele é um veterano, que atua há 12 anos na indústria de TI, e antes de seu cargo na Imperva, ele era gerente de marketing de produto e de comunicação na Fortify, que foi comprada pela HP. Além disso, Rob tem trabalhado na Commerce One, na Intel e Coverity.

    Muito importante ressaltar que, mesmo havendo notícias e demais publicações veiculadas na televisão, na Internet e em outros meios de comunicação, ainda utilizando o termo "hacker" para designar elementos ligados ao cibercrime, sabemos que, ao tratar de danos a sistemas, software e qualquer outro tipo de atividade cibernética ilegal, a denominação correta para seu autor é cracker.


    Saiba Mais:

    [1] A Study of Forum Crackers http://www.net-security.org/article.php?id=1645

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L