• Fraude Financeira e Direcionamento de Ataques

    A Check Point anunciou no dia 25 de maio, os resultados de uma nova pesquisa realizada, revelando que 65% das organizações que sofreram ataques direcionados relataram que a motivação dos cibercriminosos foi impulsionada por fraude financeira. Isso resultou na interrupção dos negócios e da perda de informações sensíveis, incluindo propriedade intelectual e segredos comerciais.



    Fraudes Financeiras Tornaram-se Grande Preocupação para Muitas Organizações


    O relatório mostrou que as empresas de segurança apresentaram uma média de 66 tentativas de novos ataques por semana, com incidentes bem sucedidos que custam as empresas em qualquer lugar um prejuízo que vai desde $ 100.000 até $ 300.000. Nesse cenário de atividades nefastas, os cibercriminosos estão usando cada vez mais malware, bots e outras formas de ameaças sofisticadas para atacar as organizações, por diversas razões. Dentre essas razões está o ganho financeiro e interrupção das operações de negócios, além do roubo de dados ou ataques movidos por agendas políticas.

    Independente da motivação que leva esses elementos à prática do cibercrime, novas variantes de malware estão sendo geradas em uma base diária, muitas vezes tendo como alvo vários sites e organizações para aumentar a probabilidade de sucesso inicial de um potencial ataque e potencial, além de ameaças a serem espalhar, de forma silenciosa, em toda a organização.

    Sendo assim, as principais conclusões contidas no relatório são: motivações primárias de ameaças específicas; após investigações de ciber-ataques dentro das organizações pesquisadas, a maioria dos entrevistados relatou a ocorrência de fraude financeira (65%) como motivação principal do bandido virtual, seguido por intenção de perturbar as operações de negócios (45%) e roubo de dados de clientes.


    Saiba Mais:

    [1] Net Security - Fraud On-line http://www.net-security.org/secworld.php?id=12982

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L