• Lançado Qubes OS 1.0

    Joanna Rutkowska, CEO e fundadora da Invisible Things Lab, anunciou que depois de três anos de um intenso trabalho de desenvolvimento, está disponível o Qubes OS 1.0. Esse sistema pode ser considerado estável e razoavelmente seguro. De acordo com as considerações da executiva, o sistema foi classificado como "razoável" em relação a segurança porque até hoje, não houve nenhuma prova formal de que uma implementação ou projeto seja seguro em sua totalidade.

    Ainda assim, Joanna considera que Qubes OS seja a opção mais segura entre os sistemas operacionais existentes para desktop, sendo ainda mais seguro do que o iOS da Apple, que coloca cada aplicativo em sua própria sandbox e não precisa contar com o usuário para tomar decisões referentes à segurança. "No Qubes OS, é o usuário o grande responsável por tomar todas as decisões de segurança, como particionar sua vida digital em domínios de segurança, de rede e outras permissões que cada domínio puder ter, seja para abrir um determinado documento em uma VM ou para outras finalidades", acrescentou Joanna. "Isso proporciona uma grande flexibilidade para os usuários mais avançados, mas o preço a pagar é que Qubes OS requer algumas habilidades extras".




    Inovação, facilidade e segurança são as principais características apresentadas pelo Qubes OS


    Além do que já foi mencionado, Qubes OS tornará os usuários tão seguros quanto eles sejam capazes de gerenciar essa questão, desde que saibam escolher as opções de segurança adequadas. Por exemplo, Qubes vai oferecer aos usuários a opção de usar máquinas virtuais descartáveis ​​para a execução de tarefas que eles acreditam que podem prejudicar seu computador. Essas VMs serão de extrema leveza, apresentando facilidade e rapidez para serem criadas e inicializadas, portanto, seria muito fácil descartá-las.

    Usando o exemplo de um anexo em PDF (potencialmente malicioso) recebido por e-mail, Rutkowska explicou a utilidade das VMs: "Você cria uma VM, descartável e limpa, apenas com o propósito de visualizar o PDF. Então, depois que você tiver feito isso, poderá descartá-la. Vale deixar claro que os objetivos dos criadores do Qubes, era fazer um sistema operacional com facilidade de utilização e eficiente na superfície, mas que teria toda a segurança que a sua arquitetura proporciona, em toda a sua extensão. De acordo com Rutkowska, eles conseguiram.


    Saiba Mais:

    [1] Net Security - OS Release http://www.net-security.org/secworld.php?id=13514

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L