• Microsoft Conclui que Programador Russo não Operava Botnet Kelihos

    Após o acerto da ação que envolveu a botnet Nitol no início deste mês de outubro, a Microsoft anunciou na sexta-feira que chegou a um acordo com o programador russo Andrey N. Sabelnikov, que foi considerado, no início deste ano, como um dos réus em seu caso Kelihos. Menos de um mês após o encerramento das atividades botnet, a Microsoft abandonou o processo contra o provedor de domínio Kelihos. Sabelnikov foi arrolado, em janeiro desse ano de 2012, no caso mencionado. Na época, a Microsoft acreditava que Sabelnikov tinha escrito o código para essa botnet, criado ou participado na criação do malware Kelihos, e usado esse malware para controlar, operar, manter e impulsionar o crescimento da botnet.




    Programador russo teve sua inocência provada em relação ao envolvimento com botnet Kelihos


    Agora, menos de oito meses depois, a Microsoft mostrou-se aparentemente satisfeita com as evidências apresentadas e considera Sabelnikov inocente em relação as acusações feitas contra ele em um primeiro momento. "Durante as negociações, depois de analisar as provas apresentadas pela Microsoft e se engajar em discussões, as partes chegaram a um entendimento de que Sabelnikov teria escrito o código que foi utilizado no desenvolvimento da de botnet Kelihos. Porém, foi constatado que o programador não é o operador da botnet ou mesmo esteve envolvido em suas atividades.


    Saiba Mais:

    [1] Net Security http://www.net-security.org/secworld.php?id=13808

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L