• Google Detecta mais Malware que Bing

    De Agosto de 2011 até Fevereiro de 2012, a AV-TEST investigou código malicioso em aproximadamente 40 milhões de resultados de busca dos principais motores de busca do mercado. Os resultados dessa pesquisa agora estão disponíveis e mostram que o Google vem em primeiro, retornando apenas 272 páginas web infectadas e pouco mais de 10 milhões de resultados de busca. Já o Blekko, um motor de busca norte-americano, retornou apenas 203 páginas com malware, porém o número de resultados analisados foi de 3 milhões de páginas, o que proporcionalmente informaria um valor 3 vezes maior de páginas infectadas com relação ao Google.


    Resultados do Estudo da AV-TEST. Fonte: AV-TEST.

    Já o motor de busca Bing da Microsoft retornou cerca de 1285 páginas infectadas --- praticamente 5 vezes mais que o Google --- baseado em um número similar de número de páginas totais como resultado de busca. Já no fundo do poço temos o motor de busca russo Vandex, que permitiu o retorno de 3300 páginas infectadas com malware em uma análise de 13 milhões de resultados.

    Com isso, sabendo que o Google retorna algo em torno de dois a três bilhões de resultados por dia para todos os seus usuários, em números geria, a quantidade de malware apresentado nos resultados ainda é grande o suficiente para dar dor de cabeça em qualquer um.

    O estudo também aponta que a probabilidade do Google retornar um resultado com malware para o usuário é de 0,0025 por cento. Já o Bing é de 0,012 por cento. Isso significa uma "maça podre" para cada 8.500 resultados para o Bing, enquanto no Google é de 1 para 40.000.

    Saiba Mais:

    - Heise Online: Google detects more malware than Bing (em Inglês)

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L