• Trojans são Responsáveis por 80% das Infecções

    A PandaLabs publicou hoje seu relatório, analisando os eventos e incidentes de segurança de TI, de janeiro a março de 2013. No primeiro trimestre de 2013, mais de seis milhões e meio de novas amostras de malware foram criadas, seguindo a tendência de cada vez mais estatísticas de malware prevalentes nos anos anteriores. Os trojans continuam a dominar o cenário de ameaças, o que representa quase três em cada quatro novas amostras de malware em circulação, com números semelhantes aos de 2012.


    Os trojans estabeleceram um novo recorde, responsável por cerca de 80 por cento de todas as infecções de computadores em todo o mundo. Apesar de sua incapacidade de se multiplicar, trojans são capazes de desencadear infecções massivas através de sites comprometidos que exploram vulnerabilidades no plug-in do navegador como Java, Adobe Reader, dentre outros.

    Esse método de ataque permite que crackers passem a infectar milhares de computadores em apenas alguns minutos, com o mesmo Trojan ou mesmo com trojans diferentes, porque os atacantes tem a capacidade de mudar o cavalo de Tróia que eles usam com base em vários parâmetros, tais como a localização da vítima, o sistema operacional utilizado, e outros fatores. "Trojans são a arma de escolha dos cibercriminosos, o que explica por que eles representam a maioria dos novos exemplares em circulação e infecções provocadas no primeiro trimestre do ano", explica Luis Corrons, Director Técnico do PandaLabs.


    Saiba Mais:

    [1] Net Security http://www.net-security.org/malware_news.php?id=2481

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L