• Developer Break: Meteor, IDEA, Python, Hadoop e OSLC

    Esse é mais um Developer break do Heise Online. São informações rápidas, mas importantes, para os desenvolvedores de software. A notícia abrange desde bibliotecas até APIs, de pessoas a posts. Nesta edição temos: Meteor com Websockets, IntelliJ IDEA no Android, progresso com Python, kits de desenvolvimento para Hadoop, e padrões para software lifecycle.


    Linguagens e Ferramentas de Código Aberto

    Meteor: O framework JavaScript Meteor já está na versão 0.63 e com a capacidade de utilização com WebSockets para todas as conexões permitindo uma baixa latência de rede em aplicações que utilizem plataforma de aplicativos web baseada no node.js. O Meteor agora também já utiliza o MongoDB 2.4 e o CoffeeScript 1.62.

    IntelliJ IDEA: O primeiro preview do IntelliJ IDEA 13, o ambiente de desenvolvimento integrado do JetBrains, já está disponível para download. Muitas das novas capacidades já abrangem a funcionalidade adicionada ao Android Studio do Google. Com o codinome de Cardea, a nova versão deverá ser lançada até Dezembro de 2013.

    Python: É esperado que o lançamento da versão 3.2.5 do Python seja a última com correção de bugs para a série 3.2. A mesma corrige um grande número de regressões encontradas no Python 3.2.4. Também corrige regressões para o último lançamento do Python 3.3.2, com a correção de bugs críticos no decodificador ASCII no m68k, a falta de verbosidade, e a quebra envolvendo geradores.

    Serviços e SDKs

    Cloudera Development Kit: O Cloudera Development Kit (CDK) é a última novidade no mercado. Tanto que os especialistas em hadoop tiveram certo trabalho de tornar mais fácil seu uso, permitindo assim que os desenvolvedores possam utilizar mais essa plataforma. O primeiro módulo CDK licenciado para Apache 2 trabalha com conjunto de dados em HDFS e sistemas de arquivos local, além de serialização para POJOs em Java, Avro Records, compressão e muito mais. O CDK pode ser encontrado no GitHub e trabalha com CDH, a distribuição Hadoop de código aberto da Cloudera.

    Padrões

    OASIS: A OASIS, a organização de padronização de documentação, votou pela criação de um OSLC (Open Services for Lifecycle Collaboration) Members Section, para mover as especificações de ferramentas de interoperabilidade adiante no desenvolvimento de software. Junto aos seus 22 membros estão companhias como Red Hat, IBM, Fujitsu, Boeing e Bank of America, além de organizações como a Eclipse Foundation e a WSO2.

    Saiba Mais:

    - Heise Online: Developer Break: Meteor, IDEA, Python, Hadoop and OSLC (em Inglês)

    Sobre o Autor: code

    Administrador e Editor do Portal Under-Linux, desenvolvedor Linux e FOSS para Linux, autor de livros e artigos, atuando na área de Educação Digital e P&D com AI.

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L