• Cibercriminosos e Fraudes Financeiras em Larga Escala

    Durante o ano passado, o mundo inteiro percebeu que as fraudes financeiras foram uma modalidade de cibercrime praticada em larga escala. E enquanto há uma necessidade muito grande de falar sobre proteção de identidade, mais ainda é necessário falar sobre como os cibercriminosos atua ao investir contra a privacidade on-line de suas vítimas, roubando seus dados, como eles realizam suas práticas de espionagem em massa e outros métodos de ataque prevalentes na atualidade.




    Ataques não Direcionados e Ciber Espionagem

    Antes de entrar nessa questão dos métodos, é importante entender os mais populares tipos de campanhas cibercriminosas que acontecem pelo mundo. Nesse cenário de ameaças cibernéticas, um recente relatório da Verizon Enterprise Solutions, mostra que o Number One em temos de motivação para o cibercrime, vem sendo mesmo os crimes contra o sistema financeiro, que de acordo com os dados levantados, equivale a 75% das ocorrências. Curiosamente, esses ataques não são direcionados a um indivíduo ou empresa específica, e ocorrem de maneira frequente e não de maneira oportunista. Na segunda colocação das práticas criminosas na Web, constam as práticas de ciber espionagem, que visam roubar informações valiosas, tais como segredos da empresa e outras informações confidenciais.


    Malware, Vulnerabilidades e Phishing

    Certamente, se tudo isso está acontecendo em uma escala global tão grande, os cibercriminosos devem ser "gênios, experts em fraudes financeiras". Enquanto essa suposição não é confirmada, é muito bom saber que existem ferramentas disponíveis para combater o cibercrime, mas a maior e mais importante tarefa é escolher as ferramentas certas e usá-las de forma correta. O hacking é o método mais comum quando se trata de violações. As atividades de malware vem na sequência (com 40%), depois a exploração de vulnerabilidades de redes (com 60%), e finalmente, o phishing (com 29%).


    Saiba Mais:

    [1] Blog BullGuard http://blog.bullguard.com/2013/05/ho...your-data.html

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L