• Preparação das Empresas para Possíveis Violações de Dados e Desastres

    Com medo da ocorrência de possíveis violações de segurança e desastres naturais, como foi o caso da super tempestade Sandy e o recente tornado que devastou o estado norte-americano de Oklahoma pesando fortemente sobre os executivos de TI, as empresas tem avançado em sua continuidade de negócios e nos processos de recuperação de dados, com um planejamento de incorporar a adoção de recursos de rede sem fio, serviços de nuvem e aplicações móveis.

    Dessa forma, um estudo anual realizado pela AT & T Business Continuity constatou que mais da metade dos executivos entrevistados (63%) citam a ameaça de violações de segurança como sua preocupação de segurança mais importante para 2013. Na sequência, 84 por cento dos executivos estão preocupados com o uso de redes e dispositivos e seu impacto sobre as ameaças à segurança móvel. Além disso, 88 por cento dos inquiridos entendem a importância cada vez maior da segurança e indicam que suas empresas adotam uma estratégia pró-ativa para enfrentar essas situações.


    Quase dois terços (64%) das empresas, incluem as suas capacidades de rede sem fio, como parte de seu plano de continuidade dos negócios. 87% dos executivos indicam que suas organizações possuem um plano de continuidade de negócios em caso de um desastre ou ameaça - o que representa um ligeiro aumento desde o ano passado (86%). Com o aumento dos orçamentos de TI, as empresas estão cada vez mais utilizando a nuvem para a a continuidade dos planos de negócios, para ajudar a minimizar o impacto de potenciais ameaças e desastres. Três quartos (76%) de empresas estão usando cloud ou planejam investir em serviços de cloud em 2013.

    Dos inquiridos, 62% já incluem os serviços em nuvem como parte de sua infra-estrutura corporativa - até 11 pontos percentuais em relação ao ano anterior e 66 por cento (dois terços) das empresas estão usando ou considerando usar serviços de nuvem para aumentar sua estratégia de continuidade de negócios.

    Para fins de recuperação de desastres, uma pluralidade de empresas planeja alavancar a computação em nuvem para armazenamento de dados (49%). Como as empresas visam além do potencial de impacto de desastres naturais para o impacto de eventos de segurança de rede, eles continuam a expandir os seus planos nesse sentido.

    "As empresas hoje estão muito conscientes e preocupadas com as potenciais ameaças que podem interromper suas operações", disse Michael Cantor, executivo da área de Segurança da AT & T. "Com seus planos de continuidade de negócios, as empresas estão investindo em novas tecnologias, como a rede habilitada para serviços em nuvem para ajudar a fortalecer e expandir suas estratégias globais de continuidade."


    Saiba Mais:

    [1] Help Net Security http://www.net-security.org/secworld.php?id=15041

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


    Comentários 1 Comentário
    1. Avatar de Hosco Tecnologia
      Hosco Tecnologia -
      É importante lembrar que parte dos ilícitos relacionados a violação de dados em âmbito corporativo tem participação interna.
      Quanto aos acidentes com perda de dados (onde não há ilicitude), a causa principal são as falhas de hardware. Isso é mais comum em pequenas empresas, onde os equipamentos de armazenamento são alojados em ambientes mal adequados, com estrutura precária.



      Recuperação de Dados &
      Segurança da Informação
      ☎ +55 (11) 2263.1384
      recuperacao-de-dados.eti.br
    + Enviar Comentário

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L