• Google: App Engine com Suporte para git push

    A última versão do App Engine do Google, versão 1.8.1, adiciona a capacidade de implementações do tipo git push das aplicações em PHP e Python para seu PaaS (Platform as a Service). Uma vez que os desenvolvedores tenham habilitado o "Push-to-Deploy" em suas aplicações, eles serão capazes de clonar um repositório do projeto. Após aplicar as mudanças localmente, os desenvolvedores podem então implementar as aplicações alteradas com o comando:

    git push appengine master

    Dentre as demais funcionalidades dessa nova versão, destacamos versões prévias da Search API e da Cloud Storage Client Library. A Search API oferece as aplicações a capacidade de efetuar "buscas no estilo Google" sobre texto puro, HTML, números, datas e localizações geográficas. E como essa API agora está praticamente como GA (General Availability), o Google irá cobrar por seu uso. Já a Cloud Storage Client Library foi projetada para melhorar o acesso para o Cloud Storage do Google, a mesma se sobrepõe em funcionalidade com o ainda experimental Cloud Storage Files API, e o Google tem intenções de descontinuar a mesma em uma atualização futura do App Engine, dando suporte apenas para a Client Library.


    Dentre as pequenas alterações, destacamos o suporte para filas de tarefas assíncronas para um processo de requisição mais eficiente, além de algumas mudanças para o Google Cloud Datastore no intuito de melhorar seu desempenho e a funcionalidade do Python. Detalhes dessas e de todas as demais mudanças não citadas nessa notícia estão disponíveis nas notas de lançamento.

    Saiba Mais:

    - Heise Online: Google App Engine gets git push support (em Inglês)

    Sobre o Autor: code

    Administrador e Editor do Portal Under-Linux, desenvolvedor Linux e FOSS para Linux, autor de livros e artigos, atuando na área de Educação Digital e P&D com AI.

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L