• Ressurreição: SCO versus IBM

    O Distrito de Utah nos Estados Unidos acaba de reabrir o processo judicial SCO versus IBM, como informam os relatórios de Groklaw. A interminável história legal teve início no ano de 2003 quando a SCO entrou com uma ação contra a IBM, alegando que a empresa violou alguma de suas propriedades intelectuais de seus produtos Linux. O processo teve um fim temporário quando a SCO entrou com um pedido de reorganização sob o Capítulo 11 do US Bankruptcy Code (referente ao código de falências Norte-Americano) no ano de 2007.


    Em sua decisão (artigo em PDF) de ressuscitar o caso na corte, Judge Nuffer disse que o moto original da SCO para reabrir o caso foi injustamente negado. Assim sendo na próxima semana a SCO terá que demonstrar o que a IBM está fazendo contra a empresa, após ter sido definitivamente decidido que a Novell tem propriedade sobre os direitos autorais do UNIX no ano de 2011. E, além dos direitos autorais do UNIX, a SCO tem duas outras reivindicações para retornar, de acordo com Groklaw, as quais a IBM pode responder ao pedir um julgamento sumário.

    Após ambas as partes apresentarem seus movimentos, a corte irá decidir se o caso será fechado sem maiores audiências com um julgamento sumário, ou o mesmo será reaberto posteriormente de forma séria. Groklaw compilou uma lista de movimentos que ainda estão pendentes para esse caso.

    Saiba Mais:

    - Heise Online: SCO v IBM case resurrected (em Inglês)


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L