• Trend Micro: Colaboração com a Interpol no Combate à Cibercriminalidade

    Recentemente, foi anunciado juntamente com a Interpol que a Trend Micro vai ajudar agentes da lei de países em todo o mundo participando ativamente nos trabalhos de lidar com as ameaças do cibercrime de hoje em dia. Os profissionais da Trend Micro disseram que estão honrados em ajudar a INTERPOL em sua luta contra a cibercriminalidade, o que está totalmente alinhado com a visão de criar "um mundo seguro para a troca da informação digital."



    Os detalhes dessa colaboração estão nos comunicados de imprensa da empresa, mas através dessa publicação, a equipe reforma de forma mais ampla, como e porquê a Trend Micro trabalha com agências de aplicação da lei em todo o mundo para dar um freio nas atividades do cibercrime.

    E vem a pergunta: por que é tão importante que a aplicação da lei e as empresas de segurança como a Trend Micro, trabalhem em conjunto para lidar com as ameaças de hoje? A resposta é: cada grupo traz as mais diferentes de habilidades - e mentalidades - para o cenário de atuação. Portanto, trabalhando juntos, eles são capazes de desenvolver melhor para se tornar mais eficazes contra a cibercriminalidade.

    Além disso, os pesquisadores de segurança têm uma grande variedade de informações à sua disposição. Eles têm informações sobre a ameaça das operações de sua empresa, bem como informações relacionadas ao submundo. Assim, a partir das "redes sociais", há a formação de grupos que passam a ingressar e visitar fóruns clandestinos "à paisana". Os pesquisadores geralmente, trabalham em equipes que são multinacionais, têm um amplo alcance de conhecimento e especialidades disponíveis a eles, e podem utilizá-las para a tomada de decisões mais rapidamente. Todas essas características são bastante úteis para manter-se a par das atividades praticadas pelos cibercriminosos.


    Saiba Mais:

    [1] Security Intelligence http://blog.trendmicro.com/trendlabs...d-trend-micro/

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L