• Empresas Estão Cada Vez Mais Vulneráveis a Riscos de Segurança

    As empresas passaram a classificar os riscos de segurança cibernética como maior do que as catástrofes naturais e outros grandes riscos de negócios, de acordo com um novo estudo realizado pelo Ponemon Institute. Enquanto apenas 31 por cento das empresas tem sua segurança garantida nos dias de hoje, há um número crescente de empresas que exploram essas políticas. Isso indica que existe u'a maior necessidade para proteção financeira, na sequência de uma violação.



    Sendo assim, as empresas pesquisadas reconheceram o impacto financeiro potencial associado com falhas de segurança. Dos 56 por cento que tinham falhas, eles relataram um custo médio desses incidentes girando em torno de $ 9,4 milhões nos últimos 24 meses. No entanto, estes custos são apenas uma fração da exposição financeira máxima média de 163 milhões dólares que as empresas pesquisadas (violadas ou não), acreditam que poderiam sofrer devido a incidentes cibernéticos.

    Muitas empresas percebem que os incidentes de segurança criam riscos financeiros significativos, que precisam ser gerenciados como outros grandes riscos de negócios. Na verdade, os entrevistados quantificaram o potencial de risco financeiro máximo médio de uma violação de dados em 163 milhões dólares, com alguma projeção de mais de US$ 500 milhões em danos. Portanto, é possível concluir que as falhas de segurança são maiores do que/ou iguais a um desastre natural, ocasionando a interrupção de negócios, incêndios, dentre outros transtornos, de acordo com 76 por cento dos inquiridos.


    Saiba Mais:

    [1] Net Security http://www.net-security.org/secworld.php?id=15369

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L