+ Responder ao Tópico



  1. #163

    Padrão Re: Como instalar unbound na edgerouter lite 3?

    Ou seja, o cara não sabe o que é isso. E fica pagando de fodão aqui, hahahahah

  2. #164

    Padrão

    kkkkkkkkkkkkkkkkk



  3. #165

    Padrão Re: Como instalar unbound na edgerouter lite 3?

    o cara é formado em ciência da computação! hauhauhauahuahuahuahuha

  4. #166

    Padrão Re: Como instalar unbound na edgerouter lite 3?

    @wld.net1 seu problema deve ser de leitura.. de cursando vc ja me formou e sim eu nao sei de tudo.

    como eu falei desde o inicio ninguem aqui esta pedindo a sua ajuda, somente a colaboração de quem quer ajudar.

    tambem não precisa ser muito inteligente para saber que vc não esta aqui no forum para ajudar então será que vc não costuma aprender aqui ?

    não entendi pq esse nervosismo todo.. relaxa não tem perigo eu eu roubar seu namorado..
    @fhayashi muito obrigado pela explicação, vou pesquisar sobre o assunto



  5. #167

    Padrão Re: Como instalar unbound na edgerouter lite 3?

    No site do Unbound tem o manual totalmente detalhado sobre o arquivo de configuração, vale a pena a leitura.

    https://nlnetlabs.nl/documentation/u.../unbound.conf/

  6. #168

    Padrão

    Boa tarde galera.

    Venho enfrentando problemas de DNS em minha rede, e vi uns videos de um pessoal que está utilizando o EdgeRouter, porém em nenhum deles ensinam como se faz o DNS Recursivo.
    Como tinha um EdgeRouter X parado aqui, resolvi instalar nele, segui exatamente os paços do NoBody, mas ao testar dava o erro:
    /etc/unbound/unbound.conf:1: error: syntax error

    Então resolvi copiar e colar a configuração do daylondias:
    # Unbound configuration file for Debian.
    #
    # See the unbound.conf(5) man page.
    #
    # See /usr/share/doc/unbound/examples/unbound.conf for a commented
    # reference config file.

    server:
    # The following line will configure unbound to perform cryptographic
    # DNSSEC validation using the root trust anchor.
    auto-trust-anchor-file: "/var/lib/unbound/root.key"
    port: 53
    interface: 0.0.0.0
    access-control: 0.0.0.0/0 allow
    access-control: 127.0.0.0/8 allow
    access-control: 10.0.0.0/8 allow
    access-control: 172.16.0.0/12 allow
    access-control: 192.168.0.0/16 allow
    access-control: 192.60.0.0/16 allow
    verbosity: 1
    num-threads: 2
    cache-min-ttl: 3600
    cache-max-ttl: 86400
    outgoing-range: 8192
    prefetch: yes
    num-queries-per-thread: 4096
    so-rcvbuf: 4m
    so-sndbuf: 4m
    msg-cache-slabs: 2
    rrset-cache-slabs: 2
    infra-cache-slabs: 2
    key-cache-slabs: 2
    rrset-cache-size: 50m
    msg-cache-size: 100m
    do-ip4: yes
    do-ip6: yes
    do-udp: yes
    do-tcp: yes
    do-daemonize: yes
    module-config: "iterator"
    local-data: "localhost A 127.0.0.1"
    local-data-ptr: "127.0.0.1 localhost"
    root-hints: "/etc/unbound/named.cache"
    use-syslog: yes
    logfile: "/etc/unbound/unbound.log"
    pidfile: "/var/run/unbound.pid"
    hide-identity: yes
    hide-version: yes
    Aparentemente deu certo, executo o comando ex.: dig bol.uol.com.br, quando é pela primeira vez ele da alto o Query time, na segunda vez já da 1msec.

    Desculpem minha ignorância, mas não notei diferença após apontar o DNS da minha máquina para o IP do Edge.

    Tem alguma outra forma para eu saber que deu certo?

    Desde já, obrigado.

    Paz e bem.