Página 2 de 4 PrimeiroPrimeiro 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por rodrigorso Ver Post
    /

    Em relação a potência acima de 400mw para cidades acima de 500.000 hab, pode até ser usado, mas tem que informar a ANATEL.

    Eu finalizei a uma semana o processo de autorização SCM da minha empresa, o Eng da ANATEL me falou sobre essa potência, não que não seja permitida, mas para passar de 400mw a ANATEL tem que ter ciência de quem está usando essa potência.

    Ele não me deu maiores detalhes, mas ele deixou claro que pode usar, mas com autorização da ANATEL.
    Então ele quiz dizer que até 400mW EIRP e pop abaixo de 500.000 hab, você só precisa da outorga SCM e não precisa cadastrar sua base e pagar a taxa de licenciamento que é cerca de 1.350,00?

    Isto já deu muito "pano prá manga" aqui no forum.

  2. Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Então ele quiz dizer que até 400mW EIRP e pop abaixo de 500.000 hab, você só precisa da outorga SCM e não precisa cadastrar sua base e pagar a taxa de licenciamento que é cerca de 1.350,00?

    Isto já deu muito "pano prá manga" aqui no forum.
    Não foi isso que quis dizer, você tem que pagar pela estação TFI, o que eu estou falando é em relação a potência do cartão. se for usar acima de 400mw, a ANATEL tem que ter ciência disso.



  3. Citação Postado originalmente por edielsonps Ver Post
    tem um cliente meu q eu montei um provedor, ele comprou as 4 dlink AG530 e esta usando com painel Setorial da Hiperlink de 17Dbi ambos homologado, e o provedor dele tambem tem licença scm, falei com o fiscal na anatel ele disse q nao teria problema em usar esse cartao AG530 com os os paineis e esta funciona la 100%
    Colega, eu só estou discutindo o que está na resolução, não sou eu que está afirmando.
    Se o fiscal da ANATEL deixou, muito bom para você e para seu cliente, mas a lei fala que não.

  4. Citação Postado originalmente por rodrigorso Ver Post
    Não foi isso que quis dizer, você tem que pagar pela estação TFI, o que eu estou falando é em relação a potência do cartão. se for usar acima de 400mw, a ANATEL tem que ter ciência disso.
    Sim, mas em todos os casos, seja até 400mW ou não, ela tera ciência disto. Porque no momento do registro da base será dada esta ciência.
    O que eu entendi no regulamento é que esta limitação em 400mW eirp ( não estou falando em 400 mW no rádio), é para cidades com mais de 500.000 hab.
    Mas acho que esta limitação tem por objetivo limitar a poluição de radiofrequència.



  5. Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Isto já deu muito "pano prá manga" aqui no forum.

    realmente ja deu...

    há uns 2 meses atras os provedores da minha cidade foram chamado à anatel para uma reunião para esclarecimentos sobre a frequencia de 2.4 e 5.8 ghz e o scm.

    segundo anantel, atraves de transparencias vindas de brasília:

    - onde tiver ponto-multiponto, deve ser registrado, independente da potencia e da populacao da cidade;
    - onde for feito apenas ponto-a-ponto e que esteja dentro da potencia de 400mW em cidades com menos de 500mil habitantes nao precisa de registro;
    - repetidoras (apenas repetir o sinal de um ponto para o outro, sem pendurar clientes), dentro da potencia de 400mW em cidades com menos de 500mil habitantes nao precisa de registro;

    quem quiser, tenho as transparencias e tdoas as legislações aqui. (enviados pela propria anatel)

    Neon






Tópicos Similares

  1. Respostas: 57
    Último Post: 17-03-2013, 12:53
  2. Respostas: 4
    Último Post: 17-09-2010, 12:28
  3. Respostas: 13
    Último Post: 16-09-2010, 19:00
  4. Modelos de Torres para Homologação Anatel
    Por dougcompany no fórum Redes
    Respostas: 4
    Último Post: 18-06-2009, 13:46
  5. Homologação Anatel
    Por fabianoheringer no fórum Redes
    Respostas: 7
    Último Post: 12-08-2005, 12:54

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L