+ Responder ao Tópico



  1. #49

    Padrão

    Citação Postado originalmente por alexsuarezferreira Ver Post
    bom hoje vi o nano funcionando, faz nat com dhcp , controle de banda no cliente, ajuste de ack, ajuste de potencia, vai abaixo do canal 1, o meu amigo conectou com um nano de um lado e do outro lado g-530 e mikrotik deu 20km sinal -80 estavel 100% funcional!!

    to cada dia mais comvensido com ese nano, ele e a lus no fim do tunel!!

    20km?

    os meus nanos 5.8 funcionam bem, mas esse aí tava na nave do quarteto fantástico!

    confirma a informação por favor. Vc disse 20 km?

    que antena ele usou na ag530?

    aqui cheguei a ver o sinal de um ponto a ponto que tenho a 10km da cidade, mas não deu pra conectar não.
    Última edição por JHONNE; 06-08-2008 às 21:57.

  2. #50

    Padrão

    Citação Postado originalmente por tuxbrasil Ver Post
    A questão não é ter a SCM e sim tributar pela SCM ou seja para Fust + Fistel etc... e ainda as ART para o CREA que eles nao fazem.

    Não somente ter SCM é valido precisa fazer o que a SCM enquadra.
    Até que tributar, eles fazem. Porque quando eu recebo minha fatura do telefone está incluido a banda larga. E a tributação é sobre o total da fatura. Tá tudo discriminado lá.
    Mas que não tem SCM, ah, isso não tem.



  3. #51

    Padrão

    Citação Postado originalmente por alexsuarezferreira Ver Post
    bom hoje vi o nano funcionando, faz nat com dhcp , controle de banda no cliente, ajuste de ack, ajuste de potencia, vai abaixo do canal 1, o meu amigo conectou com um nano de um lado e do outro lado g-530 e mikrotik deu 20km sinal -80 estavel 100% funcional!!

    to cada dia mais comvensido com ese nano, ele e a lus no fim do tunel!!
    Hoje falei com a empresa que está homologando, mas não tem previsão de liberação ainda. Mas o preço já é de homologado. Power Station por 700 e Nano Station por 400.
    Pela conversa deles ainda vai demorar a sair a homologação

  4. #52

    Padrão

    Como você pode fornecer e tributar um Serviço de valor adicionado SCM, em uma fatura de STFC onde foi concedido a exploração de mercado de TELEFONIA e nao da dados.



  5. #53

    Padrão

    Citação Postado originalmente por tuxbrasil Ver Post
    Como você pode fornecer e tributar um Serviço de valor adicionado SCM, em uma fatura de STFC onde foi concedido a exploração de mercado de TELEFONIA e nao da dados.
    Muito bem colocado, Tux.

    Mas eles fazem isso. Cobram tudo numa fatura só.
    Agora tu acha que a Anatel vai chegar num grande destes e suspender o serviço poque eles nao tem SCM para que possam distribuir sinal de internet? Já imaginou como seria lacrar uma Tele, que rebú causaria no sistema nacional de comunicações? Acho que por isso mesmo eles sabem que nunca ninguém vai incomodar. No máximo iriam dar para eles aqueles famosos 180 dias para regularizar, enquanto para os pequenos provedores é chegar e lacrar.

    E falando em serviço de valor adicionado, está também ficando complicado enquadrar no código CNAE a atividade correta. SE colocar como provedor de internet vai ser encarado como empresa de telecomunicações e aí a tributação não aceita enquadrar no supersimples. Lá na tabela CNAE está bem claro o código 6190-6/01 para provedor de acesso e 61-0-6/02 para Voip
    Eu leio e releio o regulamento SCM e fico sempre com o entendimento que o nosso serviço não é de telecomunicações mas de valor adicionado, enquanto as Teles que dão o suporte com o link, estas sim são enquadradas como teles, mas na tabela CNAE o entendimento e outro.
    Já várias vêzes perguntei aqui, qual o código CNAE que o pessoal tem usado, mas poucos são os que abrem o jogo.
    O meu está como 6209-1/00 mas não tenho certeza se está certo. Foi o melhor que achei. Até os contabilistas ficam sem saber ao certo.

  6. #54

    Padrão

    Eu estou como Provedor de Acesso a internet mais não me enquadraria no Super Simples, o que acontece é que eu to sobre Liminar da Abramulti.