Página 7 de 9 PrimeiroPrimeiro ... 23456789 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #37

    Padrão

    Olá Pessoal;

    No momento em que eu abri esse tópico tinha certeza que muitas boas idéias iriam surgir enfim tenho certeza que somente com a discusão afinal um forum serve para isso.

    Enfim acredito que não é nenhum absurdo criar um POP para atender 5.000 mil clientes e podem ter a mais plena certeza se os senhores passarem por uma situação dessas é melhor fazer o que informar aos clientes que não há como atende-los pois seu pop não tem mais possibilidade de conectar nimguem, enfim senhores antes muitos que postaram estavam com uma visão limitada do que eu queria enfim gostaria de fazer algumas perguntas se me permitirem claro:


    Ao Junior51:

    Qual a sua opinião ?

    Quais tecnologias vc acha que eu devo utilizar ? (Posso até pagar consultoria para vc, se me apresentar algo funcional pois tive diversas reuniões com muitas pessoas que se diziam tecnicos mas na verdade só enrolaram).


    Ao Josue Guedes,

    Mikrotik é bom mais usar o que no lugar ? (Com relação aos clientes hoje eu tenho ótimo relacionamento com a UBIQUITI e os valores para o NANOSTATION saem quase de graça).



    Obrigado a todos e continuem a discutir pois somente assim poderemos romper com nossas visões de tecnicos.



    Antonio Rodrigues

  2. #38

    Padrão

    Olá! Bom, sou novo aqui no fórum e tenho apenas 17 anos.. obviamente sem mto conhecimento empresarial. Você já deve ter percebido que cabear toda a sua área de cobertura nunca vai funcionar para você por causa da dor de cabeça da manutenção, e você teria um custo muito alto com contratação de técnicos para fazer esse serviço. Como muitos já disseram, um único pop pode aumentar mais ainda sua dor de cabeça pois se ele parar você terá 5000 clientes parados por tempo indeterminado até resolver o problema. O ideal mesmo é ter vários pops, você falou q consegue NS quase de graça, então talvez seja uma boa pra você utilizar em cada cliente. Isso vai facilitar muito seus atendimentos e instalações. Só um detalhe (lembrando que essa parte administrativa realmente não é comigo), é bom você pensar bem para frente com relação a futura expansão de sua área de atendimento. Inicialmente pensar em 3000 clientes é melhor que pensar em 5000, já que você não conseguirá 5000 de imediato, ainda mais com tanto custo inicial com equipamento e tal. Só algumas dicas, sintam-se livres para me corrigir! Abraços!



  3. #39

    Padrão

    Eu sou da opnião que independente da tecnologia a ser usada não se deve colocar tudo em um POP só, nenhuma grande operadora faz isso, sempre tem mais de uma central, isso no caso de celular e ADSL. Sobre outras alternativas em releção ao Mikrotik, temos várias, se for falar de software, temos linux, FreeBSD, Ikarus, esses eu seu que fazem a parte de transmissão, não sei se o Unix faz isso também.

    Eu gosto do Mikrotik apenas para transmitir. Agora falando de hardware, vai depender do que vai ser usado, 802.11B, ou A que é o 5,8 Ghz, nesses modos acho que as melhores opções são o produtos Ubiquiti e Proxim e até mesmo Motorola os BH que chegam até os 300 mbps e usam TDMA, isso dentro de 802.11.

    Agora ser for usar outras coisas, tem Alvariom, Gigalink, Aperto entre outros. Esses rádios são caros, e para usá-los terá que montar uma rede toda com essa tecnologia. Nesse caso se fosse eu, acho que iria de alguma solução Wi-Max, comprando pacotes fechados com centrais e vários kits clientes. Tem gente aqui no forum fazendo isso.

    Para gerenciar sugiro Linux, Squid e HTB, uma boa autenticação, com PPPoe ou hotspot, estou estudando o NAtACL para autenticação. Não descartando que você pode usar um sistema Híbrido com wireless e cabo em alguns pontos.

  4. #40

    Padrão Vamos lÁ

    Vamos comentar em partes: Alguém no tópico questionou sobre a minha capacidade de administrar dizendo que no ramo de tecnologia quem pensa em longo prazo está praticamente fadado ao fracasso. Como se pode perceber o mesmo individuo não leu minhas respostas ao longo do tópico adequadamente ou sequer as leu.
    Acho que quando falei de escalabilidade eu não fui bem claro, pois não é possível desenhar em fórum.
    Escalabilidade faz parte de uma teoria administrativa que não só inclui esperar o inesperado, mas também significa evitar a também mencionada depreciação.
    Como a depreciação é um fator que deve ser considerado no plano de contas de uma instituição, logo sabemos que esta é uma conta relacionada às despesas e, portanto, no DRE ela é uma conta redutora...
    Peguei pesado? Desculpe, eu explico.
    Já que a depreciação existe e ela não é boa, você deve somá-la aos custos operacionais do serviço e através da ESCALABILIDADE você tenta reduzir a velocidade da depreciação e ainda evita a REENGENHARIA. Assim você já calcula a vida útil dos equipamentos e antes de abrir a empresa você faz um PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO, no intuito de descobrir entre outras coisas em quanto tempo os equipamentos que você vai instalar terão recuperado a depreciação.
    Falei grego?
    Não é claro, qualquer calouro de administração sabe disso, portanto não falei nada novo aqui. E como disse, meu conhecimento é Administrativo e não técnico, mas como uma pessoa interessada em conhecer minuciosamente TODO o funcionamento da empresa principalmente no tangente ao operacional, pois é dele que também vêm as receitas da empresa, sinto-me capaz de responder até mesmo algumas questões de cunho técnico.
    Fica o desabafo...
    Ao Antônio:
    Eu poderia dar assessoria a você, mas, ainda não tive essa necessidade de usar um numero tão grande de antenas e cartões.
    Em minha estrutura uso Router board e cartões Atheros instalados nas torres, mas não uso o software do Mikrotik na autenticação. Ou seja, as RB’s estão em bridge e o serviço de controle de banda, autenticação, e demais necessidades são administradas no servidor que por sua vez é dotado de um sistema de database onde outros POP’s se conectam e acessam os dados de planos de clientes bem como adimplência. Neste caso não uso sistemas de enlace e também não me preocupo com a famigerada linha de visada.
    Então no momento não posso dizer se essa associação de antenas funciona na prática, mas da mesma forma não vejo o porquê de não ser possível.
    E volto a insistir que é provável que seja possível ligar varias antenas e cartões na mesma torre. O que eu não sei é como fica a configuração de SSID, pois, pelo que tenho lido, este sim é um ponto critico e não a quantidade de clientes.
    Concluindo, se você consegue interligar 5.000 clientes em vários repetidores através de enlace, então por que não os concentrando todos na mesma torre? É por isso que eu digo que deve ser possível, e aí a questão é: Todos com ID diferente ou seria possível fazer um CLUSTER capaz de ficar como um único sinal e o servidor faria o direcionamento de clientes para os cartões com maior disponibilidade...

    Desculpem o texto enorme
    Última edição por Junior51; 24-09-2008 às 23:15. Razão: Erros ortográficos



  5. #41

    Padrão

    Quantos clientes você tem hoje? Recem formados em curso superior sempre saem cheios de teorias e coisas novas que aprederam é assim mesmo. A prática é diferente. Já fizeram as contas ai. Link, Engenheiro entre outros. Não tem caixa que aguenta, isso se não queimar nada. Fico por aqui.
    Última edição por Josue Guedes; 25-09-2008 às 07:23.

  6. #42

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Junior51 Ver Post
    Vamos comentar em partes: Alguém no tópico questionou sobre a minha capacidade de administrar dizendo que no ramo de tecnologia quem pensa em longo prazo está praticamente fadado ao fracasso. Como se pode perceber o mesmo individuo não leu minhas respostas ao longo do tópico adequadamente ou sequer as leu.
    Acho que quando falei de escalabilidade eu não fui bem claro, pois não é possível desenhar em fórum.
    Escalabilidade faz parte de uma teoria administrativa que não só inclui esperar o inesperado, mas também significa evitar a também mencionada depreciação.
    Como a depreciação é um fator que deve ser considerado no plano de contas de uma instituição, logo sabemos que esta é uma conta relacionada às despesas e, portanto, no DRE ela é uma conta redutora...
    Peguei pesado? Desculpe, eu explico.
    Já que a depreciação existe e ela não é boa, você deve somá-la aos custos operacionais do serviço e através da ESCALABILIDADE você tenta reduzir a velocidade da depreciação e ainda evita a REENGENHARIA. Assim você já calcula a vida útil dos equipamentos e antes de abrir a empresa você faz um PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO, no intuito de descobrir entre outras coisas em quanto tempo os equipamentos que você vai instalar terão recuperado a depreciação.
    Falei grego?
    Não é claro, qualquer calouro de administração sabe disso, portanto não falei nada novo aqui. E como disse, meu conhecimento é Administrativo e não técnico, mas como uma pessoa interessada em conhecer minuciosamente TODO o funcionamento da empresa principalmente no tangente ao operacional, pois é dele que também vêm as receitas da empresa, sinto-me capaz de responder até mesmo algumas questões de cunho técnico.
    Fica o desabafo...
    Ao Antônio:
    Eu poderia dar assessoria a você, mas, ainda não tive essa necessidade de usar um numero tão grande de antenas e cartões.
    Em minha estrutura uso Router board e cartões Atheros instalados nas torres, mas não uso o software do Mikrotik na autenticação. Ou seja, as RB’s estão em bridge e o serviço de controle de banda, autenticação, e demais necessidades são administradas no servidor que por sua vez é dotado de um sistema de database onde outros POP’s se conectam e acessam os dados de planos de clientes bem como adimplência. Neste caso não uso sistemas de enlace e também não me preocupo com a famigerada linha de visada.
    Então no momento não posso dizer se essa associação de antenas funciona na prática, mas da mesma forma não vejo o porquê de não ser possível.
    E volto a insistir que é provável que seja possível ligar varias antenas e cartões na mesma torre. O que eu não sei é como fica a configuração de SSID, pois, pelo que tenho lido, este sim é um ponto critico e não a quantidade de clientes.
    Concluindo, se você consegue interligar 5.000 clientes em vários repetidores através de enlace, então por que não os concentrando todos na mesma torre? É por isso que eu digo que deve ser possível, e aí a questão é: Todos com ID diferente ou seria possível fazer um CLUSTER capaz de ficar como um único sinal e o servidor faria o direcionamento de clientes para os cartões com maior disponibilidade...

    Desculpem o texto enorme

    Olá Junior51,


    Eliminando todo o discurso com relação a negócios achei sua explanação e abordagem do assunto estremamente util. De fato quem não se preocupa com os custos ao abrir um negocio ou tenha um planejamento seja através de um plano de negocios seja através de quaisquer outros meios está condenado a falencia. Enfim existem cursos gratuitos inclusive no SEBRAE/SP que podem auxiliar com relação a isso.


    No entanto o que chama mais a minha atenção é o fato de você usar DATABASE seria um BANCO DE DADOS para controlar seus clientes por um acaso estamos falando de um gerenciador de CDR (Call Data Record) em outras palavras é a mesma tecnologia usada por grandes operadoras de telecom.

    Te pergunto isso pois eu presto consultoria em uma das maiores operadoras de telecom do pais e BANCO DE DADOS não funciona para grandes volumes pois gera uma fila enorme de processamento e há o chamado OVERFLOW na comunicação o que usamos é arquivos texto indexados e mesmo assim tal estrutura fica armazenada em um MAINFRAME com alta capacidade de processamento.

    Tal provedor que estamos planejando conta com o apoio da EMBRATEL e em determinado momento chegamos a discutir sobre o controle de CDR e optamos somente por ter CDR no VOIP que é um outro serviço que nossa rede tera trafego no entanto te pergunto como vc trata isso em sua rede ???? Qual software vc usa para controle de clientes ???? Se o conceito que vc usa é de CDR como manter o controle disso em um unico BANCO DE DADOS ???? Há replicações ????




    Obrigado.


    Antonio Rodrigues