+ Responder ao Tópico



  1. Já tem 2 anos que estou nisso, em eletrônica faz uns 15 anos, tudo na prática é diferente, imagina um raio cair no POP com 5000 e parar todo mundo. Para raios não faz milagres, já tive minha experiência com isso. Não disse que não dá para atender 5000, mais para atender isso tem que colocar mais de um POP, pelo menos para facilitar cobertura. Mais um vez lembrando que estou falando em 802.11B. Um outra coisa lembre-se da Anatel, não temos muitas opções para um projeto desse, que fica econômicamente viável e que seja permitido. Não adianta você por exemplo usar WiMax gastar ai em torno de 1 Milhão, e não ter um retorno num tempo médio, afinal você não terá os 5000 clientes de cara.

  2. Citação Postado originalmente por Josue Guedes Ver Post
    Já tem 2 anos que estou nisso, em eletrônica faz uns 15 anos, tudo na prática é diferente, imagina um raio cair no POP com 5000 e parar todo mundo. Para raios não faz milagres, já tive minha experiência com isso. Não disse que não dá para atender 5000, mais para atender isso tem que colocar mais de um POP, pelo menos para facilitar cobertura. Mais um vez lembrando que estou falando em 802.11B. Um outra coisa lembre-se da Anatel, não temos muitas opções para um projeto desse, que fica econômicamente viável e que seja permitido. Não adianta você por exemplo usar WiMax gastar ai em torno de 1 Milhão, e não ter um retorno num tempo médio, afinal você não terá os 5000 clientes de cara.
    Aí você já está falando de médio prazo. Mas afinal de contas o que é médio prazo?
    Pelo que leio por aqui 50% dos que postam tópicos de wireless dizem que tem um "provedor".
    Montar provedor como quem monta uma barraquinha de cachorro-quente é fácil. Agora falar de médio prazo ou de longo prazo, taxa de retorno, depreciação e estratégia de negócios não me parece o forte deles.

    Existem donos de provedor e empresários de visão, e a diferença é grotesca. Assim como só tenho lido que o Mikrotik é isso e que o Mikrotik é aquilo, tenho certeza que não existe só isso no mundo.
    Eu não uso Mikrotik e não acho que me faz falta. Assim como a Sercomtel não deve usar nem outras empresas de telecom. E para reforçar o que digo, posso afirmar com propriedade que fui bastante criticado pelos técnicos quando resolvi partir para outras soluções que inclusive são pagas. E hoje me sinto muito mais seguro quando leio tópicos de pessoas com problemas no MK e eu não preciso me preocupar com isso e muito menos preciso pagar alguém pra resolver isso, pois, o sistema já veio pronto e resolvido.

    O Sr. Antônio quer saber se existe solução, e eu até citei uma e estou prestes a executar ela para provar mais uma vez que é possível sim, mesmo que não consiga em uma única faixa de freqüência, afinal podemos fazer essa divisão em três freqüências. 2.4, 5.8 e ainda 900mhz.

    Como eu disse, ai seria necessário um bom servidor para administrar tantas placas. Isso falando dentro do legal e quando eu falo legal eu me refiro à lei e não ao engraçado. Portanto essa historia de Anatel não deve ser levados em conta nos “posts” e muito menos os prazos, pois um empresário não abre uma empresa para pagar as contas do mês com o dinheiro do faturamento do mês.
    Quem pensa assim normalmente faz parte daquela estatística que diz que 60% das empresas no Brasil fecham sem completar o 1º ano.

    Acredito que o ideal é pensar em LONGO prazo, pois alem desse “pequeno” problema há algo que eu considero fundamental ao montar uma estrutura: A Escalabilidade! Ela existe para que se possa contar com um ganho de clientes acima do esperado. Portanto ela deve ter uma “espera” para poder ampliar sem necessitar de reengenharia. Então se eu fosse pedir para 5.000 clientes já faria se possível com uma espera de 10.000.

    Absurdo? Nem tanto!
    Eu sei que depois desse comentário vão falar que eu tenho que contratar uma empresa para isso. Mas eu pergunto, será que só nas empresas existem pessoas com a chave desse segredo?
    Aposto que não.
    E digo mais: Com certeza a pessoa que saberia executar essa estrutura e trabalha numa empresa que pode fazer isso, vive de salário...



    Espero que entendam...
    Última edição por Junior51; 23-09-2008 às 23:27.



  3. Alguem qué a opinião do Piri?


    BANDA: 40 MEGA da e sobra pra atender 5000 clientes com cache
    40 MEGA aqui no sul da o custo de 21.600,00 por mes!

    equipe técnica para atender esta galera toda

    de 20 a 40 funcionarios entre técnicos e instaladores e suporte
    folha de pagamento 50,000,00 por mes! (talves menos)

    um negocio deste tamanho certamente eu contrataria uma empresa tercerizada na parte instalação e manteria o suporte e os técnicos no minimo 10 técnicos (to falando de técnico gente e nao metidos) e 5 pessoas no call-center

    me da 15,000.00 por mes que vc so vai precisar mais 9 técnicos hehehe



    o segredo do wireless nao é concentrar tudo numa torre só e sim criar multiplos pontos de acesso

    eu faria um corredor tronco ( VEIA HORTA ) com varios fazos ( pontos de acesso)


    vai gastar 1.750,000 ( um milhao e 750 mil) so nos kits clientes 5000 Unidades calculado a R$350,00 tecnologia Ns5/2

    claro vamos reduzir mais este custo importando ja que até o final deste ano a importação deste tipo de equipamento ta 2% a taxa ou seja vai sair por uns 100 dolar com o frete ja assim cai pra R$200,00

    onde gastariamos aproximadamente R$1.000,000,00 (um milhao ) so em clientes



    agora para calcular as bases precisamos mais informações, passa google earth pra nóis ai


    desculpem os erros ignorantes de portugues!
    Última edição por Pirigoso; 24-09-2008 às 00:10.

  4. tu paga bemm o pessoal ai hein pirigoso... tem vaga pra mim não!? hehehehhehe



  5. Citação Postado originalmente por Junior51 Ver Post
    Aí você já está falando de médio prazo. Mas afinal de contas o que é médio prazo?
    Pelo que leio por aqui 50% dos que postam tópicos de wireless dizem que tem um "provedor".
    Montar provedor como quem monta uma barraquinha de cachorro-quente é fácil. Agora falar de médio prazo ou de longo prazo, taxa de retorno, depreciação e estratégia de negócios não me parece o forte deles.

    Existem donos de provedor e empresários de visão, e a diferença é grotesca. Assim como só tenho lido que o Mikrotik é isso e que o Mikrotik é aquilo, tenho certeza que não existe só isso no mundo.
    Eu não uso Mikrotik e não acho que me faz falta. Assim como a Sercomtel não deve usar nem outras empresas de telecom. E para reforçar o que digo, posso afirmar com propriedade que fui bastante criticado pelos técnicos quando resolvi partir para outras soluções que inclusive são pagas. E hoje me sinto muito mais seguro quando leio tópicos de pessoas com problemas no MK e eu não preciso me preocupar com isso e muito menos preciso pagar alguém pra resolver isso, pois, o sistema já veio pronto e resolvido.

    O Sr. Antônio quer saber se existe solução, e eu até citei uma e estou prestes a executar ela para provar mais uma vez que é possível sim, mesmo que não consiga em uma única faixa de freqüência, afinal podemos fazer essa divisão em três freqüências. 2.4, 5.8 e ainda 900mhz.

    Como eu disse, ai seria necessário um bom servidor para administrar tantas placas. Isso falando dentro do legal e quando eu falo legal eu me refiro à lei e não ao engraçado. Portanto essa historia de Anatel não deve ser levados em conta nos “posts” e muito menos os prazos, pois um empresário não abre uma empresa para pagar as contas do mês com o dinheiro do faturamento do mês.
    Quem pensa assim normalmente faz parte daquela estatística que diz que 60% das empresas no Brasil fecham sem completar o 1º ano.

    Acredito que o ideal é pensar em LONGO prazo, pois alem desse “pequeno” problema há algo que eu considero fundamental ao montar uma estrutura: A Escalabilidade! Ela existe para que se possa contar com um ganho de clientes acima do esperado. Portanto ela deve ter uma “espera” para poder ampliar sem necessitar de reengenharia. Então se eu fosse pedir para 5.000 clientes já faria se possível com uma espera de 10.000.

    Absurdo? Nem tanto!
    Eu sei que depois desse comentário vão falar que eu tenho que contratar uma empresa para isso. Mas eu pergunto, será que só nas empresas existem pessoas com a chave desse segredo?
    Aposto que não.
    E digo mais: Com certeza a pessoa que saberia executar essa estrutura e trabalha numa empresa que pode fazer isso, vive de salário...



    Espero que entendam...
    Não tem nada haver você usar ou não Mikrotik, nem tão pouco você usar uma solução pronta, isso vai de cada um, eu prefiro ter meu servidor a meu domínio, se der um pau eu mesmo reinstalo, aqui uso Centos e Mandriva. O Mikrotik é maravilhoso, mais apenas para quem sabe usar, testei por mais de um ano antes colocar em produção, hoje uso em transmissão e nunca mais tive problema. Eu acho que um bom empresário como você mesmo diz, deve pensar em retorno financeiro sim. Aqui tudo que presciso de trocar ou comprar, antenas, cartão, a empresa que compra, se um dia ela não puder comprar eu fecho as portas. Isso é que e negócio, empresa tem que ser assim. Agora pelo vejo você está com grana, e investir em Tecnologia sem retorno rápido, rápido mesmo é furada, pois tudo desvaloriza. Isso é minha opnião, mais quem tem dinheiro realmente tem mais possibilidades, por eu vou finalizar por aqui.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 3
    Último Post: 29-03-2010, 16:16
  2. Respostas: 15
    Último Post: 29-07-2009, 16:56
  3. Capacidade de link para atender 400 clientes
    Por Meiobit no fórum Redes
    Respostas: 8
    Último Post: 17-04-2009, 15:42
  4. Respostas: 24
    Último Post: 10-10-2008, 16:34
  5. Link para atender 30 clientes
    Por marcoveck no fórum Redes
    Respostas: 16
    Último Post: 23-07-2007, 11:45

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L