+ Responder ao Tópico



  1. #13

    Padrão

    então guiangelus a WDC faz isso justamente para que a homologação sirva somente para os equipamentos dela e mais ninguem a aproveite, na verdade o que acontece é que eles homologam como se fosse fabricação própria e esse equipamento se torna totalmente diferente do Nano 5 da Ubiquit que conhecemos, logo se comprar em outro lugar um Nano 5 ele não será homologado.

  2. #14

    Padrão

    Citação Postado originalmente por BrunoAMEX Ver Post
    então guiangelus a WDC faz isso justamente para que a homologação sirva somente para os equipamentos dela e mais ninguem a aproveite, na verdade o que acontece é que eles homologam como se fosse fabricação própria e esse equipamento se torna totalmente diferente do Nano 5 da Ubiquit que conhecemos, logo se comprar em outro lugar um Nano 5 ele não será homologado.
    Amigos,

    Não entendi bem, mas como pode isso, o produto e o mesmo eles falam que eles que fabricam e ainda por cima alteram as especificações originais para enganar a anatel.

    Será que eles fizeram alguma alteração no hardware do produto para desbloquear essa outra frequencia?
    Ou eles apenas colocaram uma outra especificação?

    De duas uma, ou eles estão enganando a anatel atraves da parceria com a entidade que realiza os ensaios, ou tem alguma outra coisa errada nessa historia.

    Vou entrar em contato com o pessoal da wdc pra saber isso.

    Abraço



  3. #15
    xargs -n 1 kill -9 Avatar de sergio
    Ingresso
    Jan 2004
    Localização
    Capital do Triângulo
    Posts
    5.202
    Posts de Blog
    9

    Padrão

    Citação Postado originalmente por rogeriosims Ver Post
    Amigos,

    Não entendi bem, mas como pode isso, o produto e o mesmo eles falam que eles que fabricam e ainda por cima alteram as especificações originais para enganar a anatel.

    Será que eles fizeram alguma alteração no hardware do produto para desbloquear essa outra frequencia?
    Ou eles apenas colocaram uma outra especificação?

    De duas uma, ou eles estão enganando a anatel atraves da parceria com a entidade que realiza os ensaios, ou tem alguma outra coisa errada nessa historia.

    Vou entrar em contato com o pessoal da wdc pra saber isso.

    Abraço
    Não tem nada errado no que eles fazem. É simples: importam o equipamento, normalmente desmontam o mesmo, e montam no Brasil (pronto, já está nacionalizado. Fora essa opção, se a caixa/embalagem for nacional, já possui índice de nacionalização, entre outros detalhes (por, exemplo sua empresa possuir uma filial na China). Coisas da Lei.

    Agora quanto a fazerem alteração no hardware, não fizeram nada, ele continua do jeito que é. Só homologaram (pediram o ensaio ao OCD) das características que queriam homologar.

    Homologaram com marca própria para os espertos de plantão não aproveitem (e olha que mesmo assim o cabra vai no site da Anatel e copia o selo e a etiqueta da Livetech, clona/falsifica e gruda no nano). Eles são responsáveis pelo produto que vendem e que homologam perante a Anatel e isto exige uma série de obrigações que eles provavelmente não querem assumir se homologarem com marca original (nem eu queira)... Imagina o cidadão Gerson Brasileiro, comprando no PGY, revendendo no Brasil, e os incautos compradores reclamando na Anatel algum problema qualquer. Quem leva o feR#[email protected] ?? Ganha um doce quem advinhar...

    Bem vindo ao Brasil!!!!!!!!!!!!

  4. #16

    Padrão

    Citação Postado originalmente por sergio Ver Post
    Não tem nada errado no que eles fazem. É simples: importam o equipamento, normalmente desmontam o mesmo, e montam no Brasil (pronto, já está nacionalizado. Fora essa opção, se a caixa/embalagem for nacional, já possui índice de nacionalização, entre outros detalhes (por, exemplo sua empresa possuir uma filial na China). Coisas da Lei.

    Agora quanto a fazerem alteração no hardware, não fizeram nada, ele continua do jeito que é. Só homologaram (pediram o ensaio ao OCD) das características que queriam homologar.

    Homologaram com marca própria para os espertos de plantão não aproveitem (e olha que mesmo assim o cabra vai no site da Anatel e copia o selo e a etiqueta da Livetech, clona/falsifica e gruda no nano). Eles são responsáveis pelo produto que vendem e que homologam perante a Anatel e isto exige uma série de obrigações que eles provavelmente não querem assumir se homologarem com marca original (nem eu queira)... Imagina o cidadão Gerson Brasileiro, comprando no PGY, revendendo no Brasil, e os incautos compradores reclamando na Anatel algum problema qualquer. Quem leva o feR#[email protected] ?? Ganha um doce quem advinhar...

    Bem vindo ao Brasil!!!!!!!!!!!!
    Olá Sergio,

    Realmente eu já sabia disso o que achei estranho, é a outra frequencia que nen consta nas especificações da UBNT.

    E outra realmente montar o produto no brasil e tal ele fica "nacionalizado" mas não mudaram nada, nada mesmo, apenas um adesivo tosco.

    Outra coisa pelo que eu entendi pela resolução da anatel sobre a homologação dos produtos, se você homologa o produto ele fica homologado, mas produtos homologados são apenas os que você vendeu, você não tem qualquer responsabilidade sobre o produto adquirido de terceiros que não tenha passado na sua mão.

    Se eu sou o distribuidor e você comprou uma ns5 da amex, por exemplo e eu não sou fornecedor deles. não tenho nada com isso, tanto é que se você compra um produto no PY por exemplo uma dlink ag530, ela não é homologada para uso aqui, pois pode ser de outra base fabril e as especificações podem divergir.

    Tudo que está nesse post e segundo as resoluções da anatel e segundo uma consulta feita que pode ser encontrada na integra em um post meu sobre a suspensão da ag530.

    Abraço



  5. #17
    xargs -n 1 kill -9 Avatar de sergio
    Ingresso
    Jan 2004
    Localização
    Capital do Triângulo
    Posts
    5.202
    Posts de Blog
    9

    Padrão

    Citação Postado originalmente por rogeriosims Ver Post
    Olá Sergio,

    Realmente eu já sabia disso o que achei estranho, é a outra frequencia que nen consta nas especificações da UBNT.
    Mas é lógico que está na especificação do Ubnt... Leia de novo.


    Citação Postado originalmente por rogeriosims Ver Post
    E outra realmente montar o produto no brasil e tal ele fica "nacionalizado" mas não mudaram nada, nada mesmo, apenas um adesivo tosco.
    Já disse, a LEI, permite várias coisas.


    Citação Postado originalmente por rogeriosims Ver Post
    Outra coisa pelo que eu entendi pela resolução da anatel sobre a homologação dos produtos, se você homologa o produto ele fica homologado, mas produtos homologados são apenas os que você vendeu, você não tem qualquer responsabilidade sobre o produto adquirido de terceiros que não tenha passado na sua mão.
    Prove!!!! Vai encarar uma briga na nossa querida JUSTIÇA? Processos baratos, rápidos, justiça imparcial...

    Citação Postado originalmente por rogeriosims Ver Post
    Se eu sou o distribuidor e você comprou uma ns5 da amex, por exemplo e eu não sou fornecedor deles. não tenho nada com isso, tanto é que se você compra um produto no PY por exemplo uma dlink ag530, ela não é homologada para uso aqui, pois pode ser de outra base fabril e as especificações podem divergir.
    Vide acima.

    Citação Postado originalmente por rogeriosims Ver Post
    Tudo que está nesse post e segundo as resoluções da anatel e segundo uma consulta feita que pode ser encontrada na integra em um post meu sobre a suspensão da ag530.

    Abraço
    Não sei o que tem no seu outro post, mas se está de acordo com a LEI, e esclarece como as coisas são e como funcionam... tá blz.

  6. #18

    Padrão

    ARRUMem uma nota fiscal do produto homologado, pra mostrar pro sr. anatel, e pendurem o ubiquity comprado onde quer que seja, na torre. Garanto que ele não vai subir pra olhar.