+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Smile Como Subir a potencia no Cartão da Mikrotik?

    gente como faço pra subir os
    mW do cartão mikrotik??? quero fazer o meu engenius trabalhar em 600mw

  2. #2

    Padrão

    Acesse no winbox:
    1)Wireless
    2)Duplo clique na interface do cartão
    3)Na tela da interface nos botões ao lado, se estiver ativo o botão "simple mode" clique nele para mudar para "advanced mode"
    4) Ira habilitar a aba "Tx power" clique nela
    5) Em "tx power mode" selecione "card rates" e em "Tx Power" coloque 28

    Mas só um conselho, não use esta potência com este cartão, use no máximo 23 dbm ou seja 200mw.



  3. #3

    Padrão

    lembre-se + potencia + interferencia. tive problema com ping altos devido potencia alta.siga o coselho do amigo seta no maximo 23dbm. e outra coisa potencia muinto alta diminui a vida do cartao.

  4. #4
    Moderador Avatar de Magal
    Ingresso
    Mar 2007
    Localização
    Rio de Janeiro
    Posts
    2.043
    Posts de Blog
    118

    Padrão

    Estes cartões não funcionam bem com 600mw, use no MÁXIMO 200mw.



  5. #5
    SUPORTE E CONSULTORIA Avatar de Acronimo
    Ingresso
    Oct 2008
    Localização
    Rio de Janeiro - RJ
    Posts
    2.109
    Posts de Blog
    1

    Wink potencia do cartao

    Amigo coloca em default, garanto que não precisa de usar 600 mw não, isso aquece demais, força a fonte, aumenta o ruido, enfim não é legal
    potencia não quer dizer qualidade
    colocando em default garanto que fica satisfeito mas se mesmo assim quiser
    vc vai em interface----clica em cima do cartao---- vai na aba Tx Power----Tx Power mode---- vc coloca em all rates fixes joga ele pra 26 assim estara com 600 mw (supostamente)
    abraços

  6. #6

    Padrão

    No meu entender a Anatel não deveria nem homologar cartões acima de 200 Mw.
    Até dois anos atras todos usavam AP-2000 (65 mw) - Samsung (100 mw), e as redes funcionavam perfeitamente e com estabilidade.
    Não estamos sabendo aproveitar as evoluções tecnologicas, muitos de nós esta tentando corrigir as falhas de infra-estrutura com elevação de potencia. O que isso ira nos trazer ? Somente problemas.
    Não adianta termos cartões com tecnologia para surportar 60-70 clientes conectados se o ruido não deixar conectar mais de 15. Estas praticas nos levarão a uma disseminação de bases para atender clientes com qualidade e consequentemente aumento de investimento e custo com contratação de mão de obra. Muitos de nós ainda não sentiu esta elevação dos custos e investimentos pois o valor do link vem decaindo e o valor dos equipamentos fixados em dolar que se encontravam em baixa tambem.



  7. #7

    Padrão

    Citação Postado originalmente por herlon2008 Ver Post
    No meu entender a Anatel não deveria nem homologar cartões acima de 200 Mw.
    Até dois anos atras todos usavam AP-2000 (65 mw) - Samsung (100 mw), e as redes funcionavam perfeitamente e com estabilidade.
    Não estamos sabendo aproveitar as evoluções tecnologicas, muitos de nós esta tentando corrigir as falhas de infra-estrutura com elevação de potencia. O que isso ira nos trazer ? Somente problemas.
    Não adianta termos cartões com tecnologia para surportar 60-70 clientes conectados se o ruido não deixar conectar mais de 15. Estas praticas nos levarão a uma disseminação de bases para atender clientes com qualidade e consequentemente aumento de investimento e custo com contratação de mão de obra. Muitos de nós ainda não sentiu esta elevação dos custos e investimentos pois o valor do link vem decaindo e o valor dos equipamentos fixados em dolar que se encontravam em baixa tambem.

    concordo completamente com voce.

    antes quando os rádio não tinham controle de potencia e eram fixos em uma potencia bem baixa, não se tinha tantos problemas de interferencia.

    dai vem um, mete 600mw, acha que nao ta bom, poe mais um amplificador de 1W e vem aqui depois perguntar pq o enlace não funciona ou então o concorrente dele vem pedir ajuda pq alguem ta poluindo d+.

    complicado...

  8. #8
    SUPORTE E CONSULTORIA Avatar de Acronimo
    Ingresso
    Oct 2008
    Localização
    Rio de Janeiro - RJ
    Posts
    2.109
    Posts de Blog
    1

    Padrão

    se potencia fosse sinal de qualidade os canais de tv analogicas pegariam perfeitos
    amigos, eu uso em default e estou satisfeito com minhas redes
    atendendo 3 cidades com 2 provedores e nada de muita potencia, usando paineis, não uso omni para não poluir tb



  9. #9

    Padrão

    olha ai que encontrei na net,

    interferências de RF.
    A interferência de RF pode apresentar-se das seguintes formas:

    • Fixa quando a relação sinal/ruído se mantém constante.
    • Variável quando a relação sinal/ruído apresenta variações distintas entre si.
    • como batimento quando há variações na potência, mantendo constante o percentual sinal/ruído.
    A fonte da interferência pode ser:

    • própria Quando usamos mais de um rádio em canais muito próximos.
    Quando usamos mais de uma antena sem atender os critérios mínimos quanto à aproximação entre as mesmas, ou porque alguma ou todas está com o nível da potência refletida (onda estacionária) acima do limite aceitável, conexões com defeito, umidade ou oxidação. Quando usamos potência acima do aceitável pela aproximação dos rádios ou antenas.

    • de terceiros Quando vinda de equipamentos de terceiros instalados em local próximo ou não ao nosso, tendo como motivo os mesmo citados acima.

  10. #10

    Padrão

    Esta interferência é a mais difícil de eliminar, pois poderemos depender da boa vontade de terceiros. É importante sabermos a fonte de interferência para sabermos no mínimo como amenizar o problema. Quando a interferência chega até nosso equipamento por via indireta (freqüência refletida por algum objeto), torna-se difícil identificar sua origem e conseqüentemente dificultando uma solução. As principais fontes de interferências nas formas fixa ou variável podem ser:


    • Potência excessiva, levando em conta todo os equipamentos instalados no local.
    • Antenas(s) mal dimensionadas.
    • Antena(s) de ma qualidade com alto percentual de potência refletida (ondas estacionárias).
    • Rádios transmitindo em canais muito próximos (menos que três canais de diferença).
    • Rádios transmitindo em freqüências completamente diferentes, porem operando com alta potência (acima de 500 watts), próximo dos equipamentos afetados.
    • Realimentação do sistema irradiante por RF refletida.
    • Espúrios ou harmônicas de outras freqüências que coincidem com o comprimento de onda irradiado por nossos equipamentos.
    As principais fontes de interferências na forma de batimento: (Obs: O batimento provoca a queda da potência sem alteração na relação sinal/ruído, podendo inclusive interromper totalmente um link)


    • encontro de RFs de fontes diferentes, porem com sinais de mesmo nível em contra-fase.
    Obs: este fenômeno pode acontecer em qualquer ponto entre links, inclusive em determinados horários, quando o tráfego de dados aumenta chegando próximo ao limite dos equipamentos.


    • A queda de potência também pode ser causada por penetração de umidade em conectores, cabos, e na própria antena, ou por oxidação destes elementos.