+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por rodrigorso Ver Post
    Analisando todos os aspectos legais, tive uma conversa com meu contador em relação a parceria, filial ... e conclui que a filial é o metodo mais seguro para o sistema (Parceria), mas esse metodo não é tão seguro para o dono da empresa que detém a SCM, pois o meu contador me expôs uma situação que fiquei com os "dois" pés atrás, ele me falou que com sistema de filial é arriscado pois o representante ou parceiro na filial pode ir no cartório e se tiver algum conhecido, pode fraudar uma procuração, e dai pra frente ele pode fazer o que bem entender...

    Fica minha contribuição
    Este é um aspecto Rodrigo, mas pelo menos aqui no RS o Colégio Magistral tem zelado pela integridade dos cartórios. Seria muito difícil um tabelião entrar nessa de uma procuração falsa.
    Todas as assinaturas de tabeliães são conferidas num tipo de almanaque que eles recebem mensalmente com todas as assinaturas válidas no estado. Creio que em outros deve ser semelhante.
    Mas mesmo assim, a filial precisa ser muito bem alicerçada para dar segurança. Afinal, a empresa vai colocar o dela na reta.
    Uma procuração para gerir os negócios da filial exclusivamente na cidade, a cobrança de relatórios mensais, com a possiblidade de rompimento imediato caso qualquer situação duvidosa ocorra, ou outros instrumentos legais que eu não conheço, talvêz de tranquilidade.
    Principalmente se os equipamentos utilizados forem de propriedade do responsável pela filial, ele não vai querer perder tudo para a Anatel.
    Vamos ver se conseguimos amadurecer uma idéia.

  2. Amigos,

    Esse é um assunto muito polemico, como somos bastante ignorados pelo governo, nosso trabalho não tem o devido reconhecimento (a verdadeira inclusão digital).

    Para sobrevivermos as vezes temos que andar no fio da navalha, na beira da lei, nem a legalidade nen na ilegalidade, mas na tenue linha que separa os dois.

    A anatel está buscando fechar essas falhas na legislação, buscando inviabilizar nossa operação. (essa é a minha opinião).

    É preciso que nós nos concentremos na busca por melhores modelos de negocio na area de parceria SCM, filial/franquia. todos são legais, depende do metodo de utilização e da seriedade dos envolvidos.

    Estou estudando isso juntamente com contadores e advogados, buscando viabilizar um modelo de negocios, ate o momento pensamos em cooperativa.

    Quem tiver interesse ou quiser colaborar com o estudo entre em contato.


    Abraço
    Última edição por rogeriosims; 07-01-2009 às 22:23.



  3. [quote=1929;368952]As boas vindas é também pelo desejo de continuarmos o papo de um modo tranquilo.

    Brow boa noite;
    Então vamos la vou explica 1º funciona e depois vou dar um ex. básico e o que achei mais simples de entender e claro.

    Como funciona na real a franquia da ShTurbo?
    * Ao se franquear a SHTURBO configura e verifica remoto ou no local todos os equipamentos usando pelo franqueado! Inclusive liberando acesso aos mesmo de somente leitura, pois os equipamentos passam a ser de propriedade da SHTURBO por pede que seja a lei. O franqueado apenas vai ter acesso para verificar o que esta ocorrendo, nunca para criar ou alterar nada pois o a rede o sistema passa a ser da SHT, certo!
    * O franqueado ganha acesso a um sistema remoto onde ele vai ter acesso aos clientes de sua região, para verificar quantas cobranças foram emitidas quantas foram pagas e quem autenticou ou não.
    * Ex de uma região franqueada da SHT: Posse de goias, la tem 2 empresa que prestam SCM uma é a SHTURBO e a outra e a CULTUXXXX , a SHT tem SCM a Culturxxx não! (esta cultxxx) tem parceria scm com Gi , então se alguem ligar na cidade e pergunta quem vende intenet a radio na cidade, vão dizer a Cultuxxxx e a SHTURBO, a pessoa de la não vai dizer e fula que ter parceria ou se franqueou a SHT e a SHTURBO quem vende. Por quê? Porque a propaganda, o sinais, as cobranças, o telefonema atendido na central de vendas e Shturbo bom dia ou o período do momento o suporte, todos os documento referente a SCM é SHTURBO, se o franqueado de la for vender uma Lápis ai é da empresa dele, não tem nada haver com SHTURBO e nota F dele, responsabilidade dele.
    A SHTURBO esta pagando o imposto dos cliente da região como manda a lei, até por que no SICI é informado quantos cliente tem em cada região, então a anatel manda este relatório para o fisco para o fisco ver quando do imposto vai ser recolhido naquela região.


    Agora vamos num ex de uma empresa que todo Brasil conhece atende todo Brasil mais tem cede apenas em grandes centros e alguns apenas, SKY

    Ex: SKY que faz o sistema a muito tempo e da certo e nunca ouviram falar em Anatel fiscalizado ou até mesmo fechando algum representante da mesma!
    Nem de filias da SKY aberta em todas a cidade e estados brasileiros, isso que a mesma atende todo Brasil via satélite e a outorga pra TV a cabo, todos sabem que é um absurdo.

    COMO QUE FUNCIONA A SKY?
    A SKY vende apenas representações comercias(centrais de vendas e instalações).
    O que e um representante da SKY faz?
    Um representante da SKY apenas tem o direito de VENDER, INSTALAR e dar MANUTENÇÂO em sua região. Correto?
    O que o representante da SKY ganha?
    Ai varia muito, tem lugar que ganham a adesão por completo mais manutenções, tem lugares que ganhos X% da venda + 60 a 100,00 por instalação e manutenções.
    E QUEM FAZ A INTERCONEXÇÃO DO CLIENTE E FORNECE O SERVIÇO?
    E A SKY central, que é quem cobra, fatura e paga os imposto.

    AGORA A PERGUNTA: QUEM JÁ OUVIU FALA QUE ANATEL FECHOU ALGUM REPRESENTANTE DA SKY?
    Já ouvi fala muito de técnico que descobre a falha do sistema e vende o ponto com craker mais só cobra uma vez pois sabe que a pena por pirataria de sinal de tv é muito grande e grave,
    O sistema funciona e é bom, mais é como o Rafael falou tem que se fazer com uma empresa seria que monitore e fiscalize o sistema periodicamente, para evitar gatos.

    Aff, galera não achei que iria ficar tam grande essa explicação... depois dessa preciso tirar outras férias...rsrsrs
    Me desculpem pelo livro de hj....
    Aconselho aos amigos a procurar empresas como a SKY pra verificar como funciona e as vantagens e desvantagens, pois, eu falando isso fica parecendo que só quero vender o meu peixe.... e não bem isso mais é claro q tem uma ponta de veracidade..rsrsrs

  4. Trocando idéias é que se pode achar saidas.

    No caso da Sky, a interconexão é uma só. O satélite.
    A geração do sinal é feita num só ponto. Por isso é diferente.

    Mas no caso do exemplo dos dois provedores na mesma cidade, eles estarão fazendo a interconexão na cidade.
    E é aí que a pessoa que me atendeu no telefone salientou sobre a necessidade da empresa que tem SCM, ter também documentação de empresa legalmente constituida na cidade, com toda a documentação para provar a existencia real da empresa. A SCM dá o direito de explorar o serviço de comunicação mulltimidia em todo o território nacional, mas não isenta das documentações normais de uma filial.
    E daí para frente, pode até haver um contrato de parceria com uma empresa local para prestar o serviço de manutenção, representação e até mesmo cobrança em nome do outorgado. Os equipamentos podem ser de propriedade de quem faz a manutenção, desde que sejam passados em comodato para o outorgado.
    Então a questão me parece mais de documentação.
    Infelizmente, com estas informações e tantas indagações que eu tinha, acabei não anotando o nome da pessoa que me atendeu.

    E eu vou mais longe. O ALAMDIAS, já disse uma vez que não queria mais voltar ao assunto, mas pesquisando no site da Anatel, não achei nada sobre registro de bases da Claro e Tim e Vivo na minha cidade, mas elas estão aqui. Mas só consta a BrasilTelecom com base cadastrada na minha cidade. E além disso, com endereço, com prédio e escritório, que na maior parte do tempo passa fechado, mas está lá. As outras, tem só a torre e equipamentos. Será que é pelo fato de não terem uma administração local é que eles não registraram suas bases? Já os representantes comerciais da Claro Tim e Vivo, nem tomam conhecimento da base, como é o caso dos representantes da SKY.

    Então o que eu quero dizer é que se a fiscalização engrossar como promete, eles vão enveredar por este caminho da papelada na junta comercial. E é isso que está me tirando o sono. Eu não pretendia tirar SCM, basicamente por causa não enquadramento no simples, mas agora que o simples já enquadra esta atividade, é de pensar de novo no assunto. E principalmente se eu tirar o meu concorrente da frente.
    Tu acha que se alguém tem SCM não vai brigar para derrubar alguém que esteja trabalhando a sombra de outra empresa?
    Então só sobram duas opções, a meu ver: tirar SCM ou trabalhar para trazer uma filial de alguém outorgado para cá.
    Tomara que eu tenha entendido errado.



  5. [quote=1929;369029]Trocando idéias é que se pode achar saidas.

    Brow bom dia,
    Na verdade não!
    A claro , vivo , sky e as demais e estão fazendo a mesma coisa que a shturbo ou o inverso.. eles são mais velhos então nos estamos nos espelhando neles.... rsrs
    Justamente a interconexão que é o que importa a anatel e feita pela empresa outorgada, a claro e as demais so colocam a torre, pedem um link de troca com a operadora da região e a interconexão e feita pela dana da torre.. não havendo necessidade de ter uma filial e sim uma central de vendas(claro que esse representante, tem que ter seu alvará tudo certinho, senão a fiscalização vai fechá-lo mais mesmo fechando não vai acontecer nada com a outorgada) Como por ex em Posse, se hj a junta comercial for na central de e multa o representante por alguma irregularidade dele, O serviço da SHTURBO continua operando normalmente sem problemas, apenas vamos parar de vender na região até a central voltar ao normal, porque o autuado não foi nem era problema com SHTURBO e sim com a empresa do representante, assim pode acontece cm um representante da vivo, claro e etc...
    Há sim outra coisa que vcs tem que entender, no caso de posse-go, campo grande-ms, gaúcha do norte-mt por ex, se algum pirata liga na anatel tentando fazer alguma denuncia na anatel, o pirata vai ligar e dizer o que, o a shturbo ta vendendo Internet aqui na minha cidade... a anatel vai falar a shturbo tem outorga pra isso, ai individuo pode quere argumentar mais não o pessoa de Brasília e um morador daqui q vende, a Anatel pergunta, mais em nome de quem, o individuo da shturbo mesmo... mais e o cara daqui, a anatel responde se é a Shturbo não tem irregularidade nenhuma, sabemos que ela vende sem sua região e declara os clientes que tem ai todo trimestre....
    Isso sim é totalmente legal desde que as operadoras paguem o imposto arrecadado com os clientes da região..
    Assim que fazemos.
    E pode ter certeza quem nos mostrou o ex de como fazer há época foram os srs Borges (Engenheiros Chefe da fiscalização na anatel) e o Sr. Maciel (Adv da anatel) e o Sr. Evangelista (Membro do Conselho aprovador de Outorgas)
    Sempre que surgem duvidas entramos em contato com essas 3 feras.

    Esse é o trecho que a anatel publicou, da uma lida:
    5- Não sou autorizado do SCM. Posso prestar serviço de telecomunicações usando a autorização de prestação do SCM de outra empresa?
    Não! A legislação do setor de telecomunicações estabelece que somente empresas com concessão, permissão ou autorização emitida pela Anatel podem explorar serviços de telecomunicações no país. A legislação prevê também que a prestadora do serviço de telecomunicações poderá contratar com terceiros o desenvolvimento de atividades inerentes, acessórias ou complementares ao serviço. Entretanto, a prestadora será integralmente responsável pela exploração e execução do serviço perante o assinante usuário de telecomunicações. o link esta na minha assinatura.

    Justamente no nosso caso quem presta o telecom e a shturbo e não o franqueado, é por isso que vcs estão se equivocando... vcs acho que podem continuar prestando o serviço de telecom... se franqueando vc passaram a ser apenas um serviço complementa a telecom, o bendito cujo SVA, que seria apenas a venda e instalação, o resto é com a outorgada...
    Ha lembre só pra ter uma idéia no caso de uma instalação na região franqueada, quem libera o acesso na rede da shturbo e so a matriz o franqueado não tem acesso a isso. Por que? porque não é o franqueado que presta o Telecom, somos nos....
    Bem espero ter esclarecido um pouco mais... abraços, qualquer coisa tem o telefone do Maciel ADV da anatel na minha assinatura também..
    Última edição por Shturbo Internet; 08-01-2009 às 09:02.






Tópicos Similares

  1. Parceria SCM LocalNet
    Por evil_inside no fórum Redes
    Respostas: 2
    Último Post: 06-06-2007, 18:29
  2. Parcerias SCM - Poste sua experiência
    Por netosdr no fórum Redes
    Respostas: 20
    Último Post: 18-04-2007, 23:31
  3. Parceria SCM AIP
    Por marcelomg no fórum Redes
    Respostas: 8
    Último Post: 03-03-2007, 17:43
  4. parceria scm no RS
    Por acnunes no fórum Redes
    Respostas: 3
    Último Post: 10-12-2006, 15:24
  5. Parceria SCM & Anatel quem tem?
    Por oxito_jesus no fórum Redes
    Respostas: 5
    Último Post: 22-09-2004, 10:11

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L