Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
+ Responder ao Tópico



  1. #7

    Smile

    Valtersan.

    Com relação a vossa pergunta, o ideal seria não usar placas, mas cada empresa com seu cenário.

    com relação a taxa de dados, imagina a seguinte situação.

    O seu ap seja ele mikrotik ou qq outro ap de plástico que tenha o mercado, qdo operando como um Access Point, ele em um espaço de tempo x vai atender um dos seus clientes, ou seja, o AP NÃO fala com todo mundo ao mesmo tempo. Durante esse atendimento entre seu ap e seu cliente ocorrem perguntas e respostas, sendo que se TX/RX estiverem em 11 mbps qdo operando em 802.11b haverá uma comunicação mais rápida. Agora se o próximo cliente a ser atendido, seu ap estiver em 11 Mbps e seu cliente a 1 mbps, o ap vai demorar 11 vezes mais tempo pra atender esse cliente, do que o cliente que esta em 11 mbps, causando dessa forma um atraso pra o atendimento de todas as próximas requisições.

    Pior do que clientes com 11/1 Mbps é clientes 11/1 Mbps + sinal ruim, qto chegar a esta situação, se vc verificar nos logs de um ap mikrotik vai ver a mensagem de "sent deauth", ai sim literalmente "fx*-u", porque além de uma lentidão na rede os clientes serão desconectados e conectados por alguns instantes, a cada vez que um deauth for enviado, por causa de um cliente trafegando a 1 mbps e com sinal ruim (Se não tem visada, ou o cliente esta fora do “zona de cobertura” não compensa instalar).

    No mikrotik, como outros aps existem recursos como o Access List e recursos de criptografia, por exemplo, para que somente clientes autorizados se conectem no seu Access Point.

    imagine seu access point aberto, ai um cliente do seu concorrente que não entende P*_a nenhuma resolve se associar a sua rede, porem a antena dele tah virada pra outro lado. Não precisa nem falar que o sinal dele vai ficar horrível que não vai conseguir negociar com o ap a 11 mbps, e que este intruso vai te causar uma baita dor de cabeça, para os demais clientes do pop. Portanto procurar usar segurança na rede, desde a simples implementação de access list, ou a implementação de criptografia avançada ira ajudar a minimizar a dor de cabeça.

    Então, resumindo:
    em uma rede ponto-multiponto operando em 802.11b todo mundo deve ficar setado a 11 mbps, se for plaquina explica pro cliente que qdo ligar o pc ele tem que conferir se realmente esta 11 mbps, ou simplesmente que não mexa onde não deve.

    para seus clientes distantes que soh funcionam com 1 mbps (Estranho), tente trocar as placas por rádios Ovislink ou qq ap de plástico com ap router embarcado. ( O ideal seria que fossem todos os seus clientes com Rádios ai vc seta pra 11 mbps no rádio, coloca senha, e pronto).

    Levar em consideração os parâmetros que o sr Sergio postou acima, pois são de fundamental importância.

    Com relação ao que o amigo Demo Bill colocou com relação ao cartão senao, não esta errado, mas isso se aplica a um link ponto a ponto, em situação que o objetivo é uma grande distancia e que a banda pode ser baixa. Setar um cliente para 1 mbps em uma rede ponto-multiponto somente vai ter dor de cabeça.

    Vale ainda lembrar, que se o amigo valtersan for trabalhar para colocar todos os seus clientes do seu access point em 11 mbps, somente vai sentir enorme diferença qdo todos estiverem fixados a 11 mbps enquanto tiver um cliente operando em 1 mbps ele vai continuar atrapalhando todos os demais clientes desse ap.

    espero te ajudado,
    um forte abraço.

  2. #8
    xargs -n 1 kill -9 Avatar de sergio
    Ingresso
    Jan 2004
    Localização
    Capital do Triângulo
    Posts
    5.202
    Posts de Blog
    9

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Gilmar Ver Post
    Valtersan.

    Com relação a vossa pergunta, o ideal seria não usar placas, mas cada empresa com seu cenário.

    com relação a taxa de dados, imagina a seguinte situação.

    O seu ap seja ele mikrotik ou qq outro ap de plástico que tenha o mercado, qdo operando como um Access Point, ele em um espaço de tempo x vai atender um dos seus clientes, ou seja, o AP NÃO fala com todo mundo ao mesmo tempo. Durante esse atendimento entre seu ap e seu cliente ocorrem perguntas e respostas, sendo que se TX/RX estiverem em 11 mbps qdo operando em 802.11b haverá uma comunicação mais rápida. Agora se o próximo cliente a ser atendido, seu ap estiver em 11 Mbps e seu cliente a 1 mbps, o ap vai demorar 11 vezes mais tempo pra atender esse cliente, do que o cliente que esta em 11 mbps, causando dessa forma um atraso pra o atendimento de todas as próximas requisições.

    Pior do que clientes com 11/1 Mbps é clientes 11/1 Mbps + sinal ruim, qto chegar a esta situação, se vc verificar nos logs de um ap mikrotik vai ver a mensagem de "sent deauth", ai sim literalmente "fx*-u", porque além de uma lentidão na rede os clientes serão desconectados e conectados por alguns instantes, a cada vez que um deauth for enviado, por causa de um cliente trafegando a 1 mbps e com sinal ruim (Se não tem visada, ou o cliente esta fora do “zona de cobertura” não compensa instalar).

    No mikrotik, como outros aps existem recursos como o Access List e recursos de criptografia, por exemplo, para que somente clientes autorizados se conectem no seu Access Point.

    imagine seu access point aberto, ai um cliente do seu concorrente que não entende P*_a nenhuma resolve se associar a sua rede, porem a antena dele tah virada pra outro lado. Não precisa nem falar que o sinal dele vai ficar horrível que não vai conseguir negociar com o ap a 11 mbps, e que este intruso vai te causar uma baita dor de cabeça, para os demais clientes do pop. Portanto procurar usar segurança na rede, desde a simples implementação de access list, ou a implementação de criptografia avançada ira ajudar a minimizar a dor de cabeça.

    Então, resumindo:
    em uma rede ponto-multiponto operando em 802.11b todo mundo deve ficar setado a 11 mbps, se for plaquina explica pro cliente que qdo ligar o pc ele tem que conferir se realmente esta 11 mbps, ou simplesmente que não mexa onde não deve.

    para seus clientes distantes que soh funcionam com 1 mbps (Estranho), tente trocar as placas por rádios Ovislink ou qq ap de plástico com ap router embarcado. ( O ideal seria que fossem todos os seus clientes com Rádios ai vc seta pra 11 mbps no rádio, coloca senha, e pronto).

    Levar em consideração os parâmetros que o sr Sergio postou acima, pois são de fundamental importância.

    Com relação ao que o amigo Demo Bill colocou com relação ao cartão senao, não esta errado, mas isso se aplica a um link ponto a ponto, em situação que o objetivo é uma grande distancia e que a banda pode ser baixa. Setar um cliente para 1 mbps em uma rede ponto-multiponto somente vai ter dor de cabeça.

    Vale ainda lembrar, que se o amigo valtersan for trabalhar para colocar todos os seus clientes do seu access point em 11 mbps, somente vai sentir enorme diferença qdo todos estiverem fixados a 11 mbps enquanto tiver um cliente operando em 1 mbps ele vai continuar atrapalhando todos os demais clientes desse ap.

    espero te ajudado,
    um forte abraço.

    hehehehhee... cabra bão. Queria um filho assim.