Página 3 de 3 PrimeiroPrimeiro 123
+ Responder ao Tópico



  1. #13

    Padrão

    Citação Postado originalmente por MarceloGOIAS Ver Post
    1929,

    não é necessário diminuir a potência, pois a placa PCI operando em modo cliente (receptora), na prática, não interfere e nem polui o espectro radio-elétrico. Porém, para operar como transmissora não é permitido segundo normas da Anatel.
    Este fato é novo para mim. Pensei que iria dar interferência. Porque não?

    E quanto ao uso como transmissora, é devido ao fato de não ser homolgoda? Mas na prática nem como cliente não estaria liberada.

  2. #14
    Eng. Eletricista/Eletrôni Avatar de MarceloGOIAS
    Ingresso
    Feb 2007
    Localização
    Goiânia
    Posts
    2.120
    Posts de Blog
    2

    Padrão

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Este fato é novo para mim. Pensei que iria dar interferência. Porque não?

    E quanto ao uso como transmissora, é devido ao fato de não ser homolgoda? Mas na prática nem como cliente não estaria liberada.
    Interferência operando em modo cliente? É possível, mas na prática raramente acontece. O que pode acontecer de fato é a mesma captar múltiplas redes e tentar conectar em todas. Desse modo geraria um campo eletromagnético "desnecessário". Imagine você uma placa de 600mW operando em conjunto com uma omnidirecional de 15dBi com 30 cm de cabo. Em modo cliente essa placa receberia o sinal de praticamente todos os transmissores que operam na mesma frequência de toda a região. Isso causaria lentidão ao AP em que a mesma estivesse conectada e, principalmente, em si mesma.

    Quanto a homologação ainda não apareceu interessados em homologá-la no Brasil. É uma placa relativamente nova e poucos sabem de sua existência. O mini-PCI EMP-8602 Plus S tem 630mW em modo B e mesmo assim é homologado; ou seja, não é devido a potência que a 3601S não é homologada.