+ Responder ao Tópico



  1. #67

    Padrão

    Amigos, a situação do companheiro é extremamente delicada.
    Certo que houve alguns exageros da parte de alguns, mas releiam os posts.
    Ele perguntou o que fazer, mas ele parece que não aceitou nenhuma sugestão.

    Ele quer se safar da Anatel mas quer continuar operando. Se ele partir para legalização agora, pode colocar alguns meses em cima até regularizar. Enquanto isso, o correto é baixar tudo e ficar bem quietinho. Mas ele não quer.
    Com essa atitude ele acabou atraindo os comentários negativos de alguns. Mas ele pediu isso.

    Amigo, ouça as sugestões, até as mais bizarras, pondere e se decida logo, pois o tempo está passando.
    Todos querem te ajudar, mas o máximo que podemos é dar algumas idéias, mas tu precisa colaborar também.
    Dem uma olhada logo na primeira página. A solução está lá. Pelo menos dois companheiros da área se prontificaram.
    Ele reclamou da secretária do Fabrico, que ela disse que não podia fazer nada. E é lógico que não. Ele não é parceiro. Se fosse, a situação seria bem diferente. Empresa nenhuma terá condições de defender alguém que já está com uma notificação. Daí é querer demais.
    E para de colocar Deus na jogada. Ter fé é uma coisa, e realmente muito séria, mas daí querer que Ele vá contra a lei, também não é coerente.
    Amigo, não fique chateado comigo, estou desabafando isso, porque já estou nervoso com esta situação tua. Já se passou uma semana. Volto a dizer, tua solução está na primeira página do tópico.

  2. #68

    Padrão

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Amigos, a situação do companheiro é extremamente delicada.
    Certo que houve alguns exageros da parte de alguns, mas releiam os posts.
    Ele perguntou o que fazer, mas ele parece que não aceitou nenhuma sugestão.

    Ele quer se safar da Anatel mas quer continuar operando. Se ele partir para legalização agora, pode colocar alguns meses em cima até regularizar. Enquanto isso, o correto é baixar tudo e ficar bem quietinho. Mas ele não quer.
    Com essa atitude ele acabou atraindo os comentários negativos de alguns. Mas ele pediu isso.

    Amigo, ouça as sugestões, até as mais bizarras, pondere e se decida logo, pois o tempo está passando.
    Todos querem te ajudar, mas o máximo que podemos é dar algumas idéias, mas tu precisa colaborar também.
    Dem uma olhada logo na primeira página. A solução está lá. Pelo menos dois companheiros da área se prontificaram.
    Ele reclamou da secretária do Fabrico, que ela disse que não podia fazer nada. E é lógico que não. Ele não é parceiro. Se fosse, a situação seria bem diferente. Empresa nenhuma terá condições de defender alguém que já está com uma notificação. Daí é querer demais.
    E para de colocar Deus na jogada. Ter fé é uma coisa, e realmente muito séria, mas daí querer que Ele vá contra a lei, também não é coerente.
    Amigo, não fique chateado comigo, estou desabafando isso, porque já estou nervoso com esta situação tua. Já se passou uma semana. Volto a dizer, tua solução está na primeira página do tópico.
    Gostei do desabafo, acredito que as providências a serem tomadas são por aí mesmo!
    Rsrsrsrs



  3. #69

    Padrão apelo

    Citação Postado originalmente por outorgas Ver Post
    Gostei do desabafo, acredito que as providências a serem tomadas são por aí mesmo!
    Rsrsrsrs


    ja demos ideias sugestoes de tudo um pouco agora eu acho que só nos resta rezar para o amigo tomar alguma atitude, boa sorte

  4. #70

    Padrão Acho que ja deu o que tinha que dar

    Ai galera acho que pra mim ja deu, concordo com os ultimos post's tb, e fui.



  5. #71
    Eng. Eletricista/Eletrôni Avatar de MarceloGOIAS
    Ingresso
    Feb 2007
    Localização
    Goiânia
    Posts
    2.120
    Posts de Blog
    2

    Padrão

    Eu idem,

    concordo. Penso até que podemos resumir sobre o que fazer, senão o colega e outros podem ler e ficam mais confusos ainda.

  6. #72

    Talking

    Concordo com o Amigo Marcelo,

    Na minha concepção o procedimento correto ao ser notificado pela anatel é:

    1ª - Verificar a autenticidade da comunicação.
    2ª - Ler completamente a comunicação, Entender as solicitações e preparar as informações e docs necessarios para defesa/atendimento da notificação.
    3ª - Caso não tenha todas as informações disponiveis para atender as solicitações, procurar orientação seja de Advogado particular ou atraves das associações.
    4ª - Se necessario paralisar as atividades ate segunda ordem.

    Quem tiver mais informações uteis poste ai.

    Abraço