Página 6 de 15 PrimeiroPrimeiro ... 234567891011 ... ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #31

    Padrão

    rodrigorozario tambem não é assim o lance do bambu não rsrsr.

    Essa semana está sendo caça as bruxas ak em Teresina, por alto de uma fonte segura, chegaram fiscais de outra capital e fizeram a festa, 7 provedores lacrados e teve nego que se escondeu e veio a PF para atuar o cidadão, e tem mais, isso só foi em uma zona da cidade fora as outras, ou melhor, lai vem chumbo grosso!!!!

  2. #32

    Padrão

    Citação Postado originalmente por multlink Ver Post
    rodrigorozario tambem não é assim o lance do bambu não rsrsr.

    Essa semana está sendo caça as bruxas ak em Teresina, por alto de uma fonte segura, chegaram fiscais de outra capital e fizeram a festa, 7 provedores lacrados e teve nego que se escondeu e veio a PF para atuar o cidadão, e tem mais, isso só foi em uma zona da cidade fora as outras, ou melhor, lai vem chumbo grosso!!!!
    Falei de forma figurada. Tenho ciencia de que a tia ana vem fiscalizando essa área sim.

    Mas eu disse que isso aconteceria se não necessitasse de scm pra operar. rsrsrs

    Desculpe ai qualquer coisa.



  3. #33

  4. #34

    Padrão

    O STJ decidiu já faz um tempinho pela não incidência do ICMS para provedores, entendendo que os mesmos NAO PRESTAM serviço de telecomunicações:

    Súmula 334 do STJ: "O ICMS não incide no serviço dos provedores de acesso à Internet"

    Assim o SVA não precisa pagar ICMS! SCM precisa!

    Ambos estão no Simples Nacional!

    As coisas lentamente estão ajudando a gente!

    Agora, aquela "pegadinha" do início do tópico: é uma viagem jurídica muito perigosa! Cuidado!!

    Abraços
    Fabrício



  5. #35

    Padrão

    Fabricio, não questiono a lei, já que está escrito.
    Mas agora com tua citação, minha cabeça começa a rodar de novo.

    Se o STJ entendeu que provedor não presta serviço de telecomunicações, fica uma contradição na legislação, pois a LGT diz claramente que o serviço é de telecomunicações.

    A não ser que seja assim: provedor de acesso é o serviço de autenticação, hospedagem etc. etc.
    E o serviço de transmissão não é propriamente provedor. Aí então precisa de SCM.
    Neste caso precisaria alterar a tabela de codigos CNAE, já que provedor de acesso está no código começando com 61 que é dentro de telecomunicações.
    SE este for o entendimento, precisamos acostumar a separar as coisas desde já.
    Provedor de acesso não seria toda a estrutura com radios etc. como estamos acostumados a nos referir, mas somente a parte de autenticação, enquanto que a estação ( que precisa de SCM) é toda a estrutura montada para transmitir, seja via wireless ou via cabo.
    É isso?

    Editando: Para SCM tem um código CNAE específico.

    Citação Postado originalmente por FabricioViana Ver Post
    O STJ decidiu já faz um tempinho pela não incidência do ICMS para provedores, entendendo que os mesmos NAO PRESTAM serviço de telecomunicações:

    Súmula 334 do STJ: "O ICMS não incide no serviço dos provedores de acesso à Internet"

    Assim o SVA não precisa pagar ICMS! SCM precisa!

    Ambos estão no Simples Nacional!

    As coisas lentamente estão ajudando a gente!

    Agora, aquela "pegadinha" do início do tópico: é uma viagem jurídica muito perigosa! Cuidado!!

    Abraços
    Fabrício
    Última edição por 1929; 13-02-2009 às 00:50.

  6. #36

    Padrão

    SCM tb é Simples Nacional... Mas paga mais do que o Provedor! Ambos são CNAE 61!

    Veja só: esquece o CNAE e pensa no serviço:

    A ANATEL exige que exista um SCM responsável pela telecom. Tal exigência é importante, pois assim a ANATEL mantém um cadastro e controle para que o usuário final possa ter com quem reclamar!

    Por isso que devem existir os contratos com todos os usuários em nome da SCM: para que este possa RECLAMAR na ANATEL caso o serviço não esteja de acordo.

    Todos os usuários de todos nossos parceiros tem contratos assinados com a LocalNET. Nós recebemos aqui muitas ligações em nosso 0800 e damos andamento nas reclamações.

    Se o problema não for resolvido o usuário liga la na ANATEL e reclama da LocalNet! Graças a Deus isso ainda não aconteceu. Aliás é muito interessante verificar como os parceiros são atenciosos aos chamados do 0800! Todos tem uma grande preocupação em resolver o problema!

    Mas a idéia é justamente essa: obrigando a ter contratos com o usuário final a ANATEL quer ele tenha uma "arma" para me obrigar a atendê-lo bem. Eu, tendo medo dessa "arma", me obrigo a atendê-lo bem, cobrando celeridade do meu tomador de serviços e assim vai.. o usuário sempre fica feliz no final!

    Nós paramos de fazer contratos com links adsl pq:

    - ja estamos vendo que a coisa tá complicando para o lado deles. as teles não estão gostando disso e pressionando a ANATEL para parar com isso.

    - o número de ligações no 0800 de quem tem adsl é maior do que quem tem Link Dedicado, ou seja, tenho receio de prejudicar nossa rede toda por causa de um ADSL da vida!

    Voltanto aos impostos:

    SCM e Provedores SVA estão no Simples Nacional

    Todavia o SCM paga a mais, pois deve pagar o ICMS também!

    Abraço!
    Fabricio