Página 6 de 8 PrimeiroPrimeiro ... 2345678 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #31

    Padrão

    Lí por aí que as antenas para 2.4Ghz são sintonizadas no canal 6. O comprimento do cabo deve casar com a antena e não com o canal do rádio estou certo?

  2. #32

    Padrão

    Citação Postado originalmente por bjaraujo Ver Post
    Lí por aí que as antenas para 2.4Ghz são sintonizadas no canal 6. O comprimento do cabo deve casar com a antena e não com o canal do rádio estou certo?
    As antenas são construidas para o máximo de rendimento para o meio da faixa de frequencia.
    Então teoricamente o canal 6 seria o ideal. Mas muitos outros fatores fazem com que ela não tenha o melhor rendimento no canal 6. Para mim, na verdade ficou muito melhor no 14. Só que não é liberado pela legislação.

    E quanto a comprimento de cabo, stub, etc. é na maior parte "purismo" da nossa parte.
    Com o menor comprimento de cabo e uma antena de boa qualidade vai resolver.
    Mas tem casos onde fica muito complicado, e aí, fazer o correto casamento de impedância pode ser a diferença entre navegar ou não.
    Mas concordo com o Castilhos, que é um saco trabalhar nestas medidas tão pequenas.
    Só em último caso, mas os princípios são os mesmos para qualquer frequencia.

    Nós incentivemos ao ver o exemplo do radioamador maluco. Imagine o que este sujeito calculou e depois deve ter testado inúmeras vêzes até chegar no resultado que ele queria.



  3. #33

    Padrão

    Pelo que entendi na figura o stub é um pedaço de cabo "solto" no "T" que deve ser cortado para ajustar a "sintonia" é isso? E depois eu deixo ele solto lá? Posso enrola-lo?

  4. #34

    Padrão

    Citação Postado originalmente por bjaraujo Ver Post
    Pelo que entendi na figura o stub é um pedaço de cabo "solto" no "T" que deve ser cortado para ajustar a "sintonia" é isso? E depois eu deixo ele solto lá? Posso enrola-lo?
    é isso.Só que não é solto. É fixado no T e a ponta dele sim é que é livre mas encircuitada quando achar a sintonia certa.
    Eu achei mais fácil usar um T modelo F, pois é simples de conectar. Mas não é para todos os casos não.
    Só vai dar resultados visíveis naqueles casos mais difíceis de recepção.
    Mas não faz milagre também. Se não recebe nada de sinal, não vai adiantar.
    Em situações onde está recebendo bem, acho que não vale a pena o esforço.

    Eu tenho um cabo pronto aqui. Mais tarde passo a mão numa câmera e tiro uma foto e posto.



  5. #35

    Padrão

    Quero muito ver essa foto ;-). O que seria "encircuitada"? Esse stub seria então não um melhorador de ganho mas um "afastador" de interferência (interferômetro, hehe)?


    Off: sabe dizer se o ap WR 542 G tp-link repassa mac com cliente bridge?

  6. #36

    Padrão

    Aqui vão fotos do que eu fiz.

    Aproveitei um conector T modelo F.
    No meu caso eu fiz um comprimento total do coaxial de 120cm, o que corresponde a 10x o comprimento de onda.
    Daí, cortei nos 12cm que é um comprimento de onda e coloquei o conector T

    O pedaço que não tem nada numa das pontas é o stub propriamente dito.
    Tem 36 cm, o que corresponde a 3x o comprimento de onda.
    Este é que vai tirando aos poucos, de 1 em 1 cm e de´pos encircuita.

    Tem um post do Sérgio mais atrás que tem um esquema da geringonça.
    Nesta parte da sintonia, dá uma olhada mais para trás onde tem um post do Jodrix que explica.
    Miniaturas de Anexos Miniaturas de Anexos Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         IMGP6146-1.jpg
Visualizações:	165
Tamanho: 	138,8 KB
ID:      	3816   Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         IMGP6147-1.jpg
Visualizações:	161
Tamanho: 	148,2 KB
ID:      	3817