Citação Postado originalmente por MarceloGOIAS Ver Post
Meu caro,

exceto os gatos que de vez em quando eu vejo, ADSL é coisa para "gente grande"! A resposta para sua pergunta é meio complexa.

Para começar a Anatel não aceita muito bem a topologia e sistema via cabo com uma central e repetidoras em SCM; ou seja, diferentemente do sistema via rádio (2.4GHz e 5.8GHz - ISM) no sistema via cabo não é possível repetidora. Isso quer dizer caso tenha uma central IP DSLAM em um bairro X não é aceito uma "repetidora" da mesma central em um bairro Y. Logo, terá de implantar uma outra central IP DSLAM no bairro Y, pagar novas TFI e TFF anualmente.

Bem, até que considero estranha o termo de repetidora via cabo. Além disso, considera-se que de uma estação à outra ocorra multiplexação de sinal no início e desmultiplexação na outra ponta, o que não deixaria o sistema em ponte (bridge) ou transparente. Então, seriam necessários novos servidores de autenticação, gerenciamento e de controle de banda na nova central, descaracterizando assim, a função de repetição. Há outros poréns, entretanto caso não tenha SCM própria nem vale à pena pensar no assunto.

Quanto aos cabos de redes em postes fico impressionado com a coragem de muitos. Vejo em algumas cidades os postes das concessionárias de energia tomados por esses cabos. Além de uso indevido (roubo??) dos postes, crime de telecomunicações (sem licença), não há nenhum projeto do sistema. Ainda bem que ninguém morreu até hoje eletrocutado (que eu saiba).
Marcelo, pelo que diz acima, então as operadoras de telefonia ( OI-TELEMAR ) teria que registrar todas as suas URAS com velox, pois so aqui em São Gonçalo, eles abriram umas 20 e pelo que entendi, eles teria que registrar as 20, né?

ou essa lei so é valido para os pequenos provedores,