Página 2 de 3 PrimeiroPrimeiro 123 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #7

    Padrão

    Pra mim valeu a pena sim em vários casos.

    A maneira correta de uso, é verifica quais os canais menos utilizados em suas torres, e comprar para este canal específico.

    O equip até não é tão caro assim, paguei em torno de R$300,00 a algum tempo atrás.

    Os entendidos de legislação me corrijam se estiver errado, mas como um equipamento passivo não necessita de homologação.

  2. #8
    Eng. Eletricista/Eletrôni Avatar de MarceloGOIAS
    Ingresso
    Feb 2007
    Localização
    Goiânia
    Posts
    2.120
    Posts de Blog
    2

    Padrão

    Sim luock,

    filtro não é o mesmo que amplificador. Não vejo nenhum empecilho na legislação para não usar.



  3. #9

    Padrão

    tudo q é usado do RF necessita de homologação sim.

    Ainda mais se altera de alguma forma o RF

    Pode dar treta sim na Anatel.

    Abraços

  4. #10
    Eng. Eletricista/Eletrôni Avatar de MarceloGOIAS
    Ingresso
    Feb 2007
    Localização
    Goiânia
    Posts
    2.120
    Posts de Blog
    2

    Padrão

    Citação Postado originalmente por alamdias Ver Post
    tudo q é usado do RF necessita de homologação sim.

    Ainda mais se altera de alguma forma o RF

    Pode dar treta sim na Anatel.

    Abraços

    Ok. Mas você sabe o que é um filtro? rs

    Altera em quê o sinal?



  5. #11

    Padrão

    Exato, como em que ele altera a onda? Ele apenas "barra" as ondas maiores ou menores que serão filtradas.


    E como disse acima, é um equipamento passivo, não necessita nem mesmo de alimentação para funcionar. Diferente do amplificador que tem fonte e componentes que aumentam a potencia do sinal.

  6. #12
    Eng. Eletricista/Eletrôni Avatar de MarceloGOIAS
    Ingresso
    Feb 2007
    Localização
    Goiânia
    Posts
    2.120
    Posts de Blog
    2

    Padrão

    Além disso, o filtro não modula nenhuma frequência. Somente, como o próprio nome diz, filtra ruídos e, como você disse, frequências mais altas ou mais baixas desnecessárias ou prejudiciais à frequência principal.