+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Amigos, se trabalhar em 2.4G será que é melhor ?

    Amigos, se trabalhar em 2.4G será que é melhora a quantidade de clientes no cartãso e tougputh maior? Obrigado a Todos.

  2. #2

    Padrão

    Amigo, poderia esclarecer mais essa pergunta?



  3. #3

    Padrão

    Eu já tentei, mas o sinal oscilava muito, e as vezes a Taxa de transmissão do cliente passava pra 24mbps aí era FOGO! dava uns ping de 1000ms pra cima, isso com 8 clientes simultaneos..

    agora em B já não tive esse problema..
    Claro que se a rede for daquelas Hyper bem feita, pode até ser que funcione bem, porém não poderá ter muita poluição de sinal e o ack dos clientes tem que estar EXCELENTE!

  4. #4

    Padrão

    Citação Postado originalmente por cristianoduarte Ver Post
    Amigos, se trabalhar em 2.4G será que é melhora a quantidade de clientes no cartãso e tougputh maior? Obrigado a Todos.

    Ola Cristiano ..vou te responder o que acho ok ..com a pouca experiencia de wireless que ainda tenho ..se eu estiver errado por favor me corrijem

    Acho que vc esta se referindo a modulação né B ,, G,, N etc se for ..não tem nada a ver coma qualidade do trougputh nem quantidade de clientes o B G e N (o mais novo) são os principais padrões na família IEEE 802.11 que define principalmente a frequencia e a tranferencia e a capacidade teorica de tranferencia que cada modulação pode chegar o que faz o trougputh melhorar e a quantidade de clientes melhorar são varios outros fatores : ex visada perfeita antenas de alto ganho trabalhar com uma potencia mais baixa onde sera gerado menos ruidos fechar enlaces com alta qualidade de cabo placas ..servidores fortes no hardware e bem configurados etc etc ..resumindo toda sua infra estrutura tanto hardware quanto software em harmonia ....e lembrando que os provedores usao como padrao outdoor a modulação B



    da uma lida aqui que vc ira entender melhor abraços

    Os principais padrões na família IEEE 802.11 são:
    IEEE 802.11a: Padrão Wi-Fi para freqüência 5 GHz com capacidade teórica de 54 Mbps.
    IEEE 802.11b: Padrão Wi-Fi para freqüência 2,4 GHz com capacidade teórica de 11 Mbps. Este padrão utiliza DSSS (Direct Sequency Spread Spectrum – Seqüência Direta de Espalhamento de Espectro) para diminuição de interferência.
    IEEE 802.11g: Padrão Wi-Fi para freqüência 2,4 GHz com capacidade teórica de 54 Mbps.
    Wi-Fi Protected Access (WPA e WPA2): padrão de segurança instituído para substituir padrão WEP (Wired Equivalent Privacy) que possui falhas graves de segurança, possibilitando que um hacker pudesse quebrar a chave de criptografia após monitorar poucos minutos de comunicação.
    A família 802.11 inclui técnicas de modulação no ar que usam o mesmo protocolo básico. Os mais populares são os definidos pelos protocolos 802.11b e 802.11g e são emendas ao padrão original. O 802.11-1997 foi o primeiro padrão de rede sem fio, mas o 802.11b foi o primeiro largamente aceitado, seguido do 802.11g e 802.11n. A segurança foi, no início, propositalmente fraca devido a requisitos de exportação de alguns governos, e mais tarde foi melhorada através da emenda 802.11i após mudanças governamentais e legislativas. O 802.11n é uma nova tecnologia multi-streaming de modulação que está ainda em desenvolvimento, mas produtos baseados em versões proprietárias do pré-rascunho já são vendidas. Outros padrões na família (c-f, h, j) são emendas de serviço e estensões ou correções às especificações anteriores.
    802.11b e 802.11g usam a banda 2.4GHz ISM, operando nos estados unidos sobre a Part 15 do US Federal Communications Commission Rules and Regulations. Por causa desta escolha de frequência de banda, equipamentos 802.11b e g podem, ocasionalmente, sofrer interferências de fornos microondas e telefones sem fio. Dispositivos Bluetooth, enquanto operando na mesma banda, em teoria não interferem no 802.11b/g por que usam um método chamado frequency hopping spread spectrum signaling (FHSS) enquanto o 802.11b/g usa um método chamado direct sequence spread spectrum signaling (DSSS). O 802.11a usa a banda 5GHz U-NII, que oferece 8 canais não sobrepostos ao invés dos 3 oferecidos na frequência de banda 2.4GHz ISM.
    O seguimento do espectro da frequência de rádio utilizado varia entre os países. Nos EUA, dispositivos 802.11a e 802.11g podem operar sem licença, como explicado na Parte 15 do FCC Rules and Regulations. Frequências usadas por canais um a seis (802.11b) caem na banda de rádio amador de 2.4GHz. Operadores licenciados de rádio amador podem operar dispositivos 802.11b/g sob a Parte 97 do FCC Rules and Regulatins, permitindo uma saída maior de energia mas não conteúdo comercioal ou encriptação.



  5. #5

    Padrão

    Agora sim entendi que seria o padrão ......O aconselhavel e mais estavel para redes outdoor seria o 801.11B mesmo.....

  6. #6

    Padrão

    Citação Postado originalmente por WWANInternet Ver Post
    Ola Cristiano ..vou te responder o que acho ok ..com a pouca experiencia de wireless que ainda tenho ..se eu estiver errado por favor me corrijem

    Acho que vc esta se referindo a modulação né B ,, G,, N etc se for ..não tem nada a ver coma qualidade do trougputh nem quantidade de clientes o B G e N (o mais novo) são os principais padrões na família IEEE 802.11 que define principalmente a frequencia e a tranferencia e a capacidade teorica de tranferencia que cada modulação pode chegar o que faz o trougputh melhorar e a quantidade de clientes melhorar são varios outros fatores : ex visada perfeita antenas de alto ganho trabalhar com uma potencia mais baixa onde sera gerado menos ruidos fechar enlaces com alta qualidade de cabo placas ..servidores fortes no hardware e bem configurados etc etc ..resumindo toda sua infra estrutura tanto hardware quanto software em harmonia ....e lembrando que os provedores usao como padrao outdoor a modulação B



    da uma lida aqui que vc ira entender melhor abraços

    Os principais padrões na família IEEE 802.11 são:
    IEEE 802.11a: Padrão Wi-Fi para freqüência 5 GHz com capacidade teórica de 54 Mbps.
    IEEE 802.11b: Padrão Wi-Fi para freqüência 2,4 GHz com capacidade teórica de 11 Mbps. Este padrão utiliza DSSS (Direct Sequency Spread Spectrum – Seqüência Direta de Espalhamento de Espectro) para diminuição de interferência.
    IEEE 802.11g: Padrão Wi-Fi para freqüência 2,4 GHz com capacidade teórica de 54 Mbps.
    Wi-Fi Protected Access (WPA e WPA2): padrão de segurança instituído para substituir padrão WEP (Wired Equivalent Privacy) que possui falhas graves de segurança, possibilitando que um hacker pudesse quebrar a chave de criptografia após monitorar poucos minutos de comunicação.
    A família 802.11 inclui técnicas de modulação no ar que usam o mesmo protocolo básico. Os mais populares são os definidos pelos protocolos 802.11b e 802.11g e são emendas ao padrão original. O 802.11-1997 foi o primeiro padrão de rede sem fio, mas o 802.11b foi o primeiro largamente aceitado, seguido do 802.11g e 802.11n. A segurança foi, no início, propositalmente fraca devido a requisitos de exportação de alguns governos, e mais tarde foi melhorada através da emenda 802.11i após mudanças governamentais e legislativas. O 802.11n é uma nova tecnologia multi-streaming de modulação que está ainda em desenvolvimento, mas produtos baseados em versões proprietárias do pré-rascunho já são vendidas. Outros padrões na família (c-f, h, j) são emendas de serviço e estensões ou correções às especificações anteriores.
    802.11b e 802.11g usam a banda 2.4GHz ISM, operando nos estados unidos sobre a Part 15 do US Federal Communications Commission Rules and Regulations. Por causa desta escolha de frequência de banda, equipamentos 802.11b e g podem, ocasionalmente, sofrer interferências de fornos microondas e telefones sem fio. Dispositivos Bluetooth, enquanto operando na mesma banda, em teoria não interferem no 802.11b/g por que usam um método chamado frequency hopping spread spectrum signaling (FHSS) enquanto o 802.11b/g usa um método chamado direct sequence spread spectrum signaling (DSSS). O 802.11a usa a banda 5GHz U-NII, que oferece 8 canais não sobrepostos ao invés dos 3 oferecidos na frequência de banda 2.4GHz ISM.
    O seguimento do espectro da frequência de rádio utilizado varia entre os países. Nos EUA, dispositivos 802.11a e 802.11g podem operar sem licença, como explicado na Parte 15 do FCC Rules and Regulations. Frequências usadas por canais um a seis (802.11b) caem na banda de rádio amador de 2.4GHz. Operadores licenciados de rádio amador podem operar dispositivos 802.11b/g sob a Parte 97 do FCC Rules and Regulatins, permitindo uma saída maior de energia mas não conteúdo comercioal ou encriptação.
    Amigo, o que você sugere para trabalhar com melhor banda disponivel e maior quantidade de clientes em apenas um ponto(uma torre)? Obrigado



  7. #7

    Post Amigos, se trabalhar em 2.4G será que é melhor ?

    Olá amigo como você perguntou se for para um ponto só sugiro utilizar uma Router boarde 411 ah com cartão r52, assim vai ter um desempenho melhor e uma quantidade maior de clientes neste unico ponto ok . Agora se tiver uma quantidade de clientes grande , é um troughtput maior sugiro levantar mais ap's nesta torre .

  8. #8

    Padrão

    Olha com certeza, em provedores na frequencia 2,4 é bem melhor o padrão B, sem dúvidas, na minha opnião o padrão G fica melhor em ambiente interno.



  9. #9
    SUPORTE E CONSULTORIA Avatar de Acronimo
    Ingresso
    Oct 2008
    Localização
    Rio de Janeiro - RJ
    Posts
    2.109
    Posts de Blog
    1

    Padrão

    Amigos, eu tive problemas em uma cidade com Padrao B devido a spectro extremamante poluido, faltava canais disponivel rsr
    e meu ping ia a 1000 ou 2000
    mesmo o sinal estando excelente,
    o que eu fiz foi migrar pra G setando 17 dbm, potencia padrao, eu no caso diminuiria minha area de cobertura, (pouca coisa)
    nunca mais tive problema de lentidao, ping alto, sai da interferencia, e meus clientes, ficam com no minimo 24 mpbs no windows, melhoria tremenda, 2 anos sem se preocupar, o B é sim mais robusto, mas devido a todos usarem se torna, popular demais, ja vi muita gente sentar o pau no padrao G, mas perguntei uma vez se ja usaram a resposta foi "um amigo me disse" ou "ja ouvi falar que é ruim", entao teste os dois padroes, e veja qual é melhor pra sua aplicação
    abraços