+ Responder ao Tópico



  1. Kleber, uma coisa:

    Esse aí é um ofício assinado pela Anatel de Mato Grosso do Sul, que é muito famosa por possuir entendimentos particulares sobre o tema.

    Você pode ver que no ofício que vc passou eles pedem o contrato de interconexão. Pelo ofício que eu mostrei lá no começo do tópico a ANATEL Brasília é bem clara: o contrato de interconexão não precisa estar obrigatoriamente em nome do SCM.

    Então para que pedir o contrato se o link pode estar em nome do PSCI ou do SCM? Veja, é uma interpretação particular de MS...

    Infelizmente a ANATEL é dividida em regionais que possuem bastante autonomia. O que acontece é que algumas vão criando entendimentos próprios, muitas vezes opostos aos de Brasília.

    Isso aconteceu, por exemplo, no caso do cadastramento de repetidoras. Algumas regionais passaram a exigir o cadastramento de TODAS as repetidoras enquanto Brasília dizia que não precisava (com algumas ressalvas, claro).

    É interessante ressaltar que a ANATEL de Brasília, quando vai cadastrar uma estação em qualquer lugar não exige CREA ou mesmo Inscrição Estadual do estado onde se irá atuar.

    Fabrício

  2. Pois é Fabrício,

    Em relação ao contrato de Interconexão, nem polemizei, o entendimento é marjoritário, o "contrato de interconexão" não precisa estar no nome do SCM, a norma 004/95 do MC e mais uma meia dúzia de documentos da superintendencia da ANATEL deixou claro sobre isso.

    A polêmica é sobre a Inscrição Estadual e CREA na localidade da prestação do serviço, existe a possibilidade de recolher o ICMS sem ter inscrição, basta entrar no site da coletroria estadual, declarar os valores e especificar o serviço, imprimir um boleto e pronto, em cima dessa atitude, fiz um questionamento para a Secretaria de Fazenda de São Paulo, veja a resposta em anexo.

    Em relação ao CREA, não fiz nenhuma consulta, mas "minha" interpretação da lei sobre a inscrição da empresa que presta serviço de engenharia na localidade é que ali ela seja inscrita no CREA. É como uma construtora, ela só tem um CNPJ, mas para onde ela vai, abre um I.E. naquele estado e precisa do visto do CREA local para efetuar suas obras, porque conosco seria diferente?

    Não quero complicar as coisas, só penso que devemos deixar de engatinhar, aprender a andar ou correr em busca do profissionalismo e da incontestabilidade do nosso negócio. Nossos verdadeiros concorrentes (as teles) tem força (econômica, política e tecnológico - backbone IP) para nos incomodar, quanto menos erros estivermos exercendo, mais difícel será de nos desbancar.

    Abraços!
    Miniaturas de Anexos Miniaturas de Anexos ICMS SP.pdf  



  3. Olá a todos e muito grato pelas informações.

    Tudo está bem claro, até mesmo porque, consultamos a sucursal daqui e as informações procedem.

    A dúvida que não quer calar, como é feito a cobrança do SCM diante ao cliente ? Como vocês fazem ? Enviam todo mes boleto aos parceiros, para que estes enviem aos seus clientes ?

    Isso eu ainda não entendi

    É permitido, em um mesmo boleto, informar que o valor de R$10,00 está sendo cobrando pela SCM, etc.. e tal ?

    Abraços

  4. Citação Postado originalmente por alamdias Ver Post
    Olá a todos e muito grato pelas informações.

    Tudo está bem claro, até mesmo porque, consultamos a sucursal daqui e as informações procedem.

    A dúvida que não quer calar, como é feito a cobrança do SCM diante ao cliente ? Como vocês fazem ? Enviam todo mes boleto aos parceiros, para que estes enviem aos seus clientes ?

    Isso eu ainda não entendi

    É permitido, em um mesmo boleto, informar que o valor de R$10,00 está sendo cobrando pela SCM, etc.. e tal ?

    Abraços
    Oi AlamDias,

    Apesar da resolução 272/2001, em seu Art. 48, dizer:
    II - contratar com terceiros o desenvolvimento de atividades inerentes, acessórias ou
    complementares ao serviço.
    A Agência entende que essa terceiricação é ilegal e caracteriza a entidade como SCM (no nosso caso), a cobrança pode até ser feita pelo SVA, mas com os boletos da SCM (Razão Social e CNPJ).

    Em anexo, uma consulta esclarecendo melhor um pouco sobre isso..
    Miniaturas de Anexos Miniaturas de Anexos ConsultaAnatelCobrança.pdf  



  5. Não necessáriamente o boleto "da scm", mas sim que conste no boleto a razão social e CNPJ do SCM. O ofício não diz que a razão social e o CNPJ devam estar no campo do 'cedente' do boleto. Mesmo porque não faz sentido a cobrança ser feita por terceiros se no campo cedente está o SCM.. Senão o terceiro é seria somente um "motoboy" na história...

    Acredito estarmos falando da terceirização da cobrança em si e não da simples entrega do boleto para o usuário final.

    Dessa forma as empresas colocam no campo 'instruções' do boleto o nome e o CNPJ do SCM. E devem claro ter um contrato que os autorize a fazer essa cobrança.

    Sobre o CREA: A ANATEL não tem competência para exigir o CREA. Quem tem é o CREA da Região.. Mais uma vez vamos ter regiões autônomas agindo conforme determinado, no caso, pelo CONFEA e pela Regional do CREA.

    Sobre o ICMS: São 27 legislações diferentes. Cabe à empresa que irá explorar em cada estado se encaixar na legislação pertinente, inclusive na alíquota...

    Eu vejo assim!

    Abraço!
    Fabrício






Tópicos Similares

  1. Link em Horário de Pico, fica ruim.
    Por ailton.del no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 16
    Último Post: 16-04-2014, 07:45
  2. Respostas: 2
    Último Post: 17-08-2012, 10:57
  3. Colocar 4 Links em 1placa de rede ?
    Por leoneoliveira no fórum Redes
    Respostas: 8
    Último Post: 08-10-2011, 18:43
  4. Ptp Para buscar link em pop de operadora !
    Por Sp4celan no fórum Redes
    Respostas: 19
    Último Post: 04-06-2010, 21:12
  5. Mandar um LINK em forma de quase uma PIRAMEDE.
    Por lopesgvo no fórum Redes
    Respostas: 13
    Último Post: 28-05-2010, 19:47

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L