Página 2 de 4 PrimeiroPrimeiro 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #21

    Padrão

    Exatamente, tem que abrir os estais.

    É a mesma coisa com um pugilista. Quando ele está na luta e consegue manter as pernas abertas, se sabe que ele está firme. Mas quando ele começa a perder as pernas, dando passos mais fechados, já era. Logo, logo vai prá lona.

    E não esquecer de colocar também um sistema anti-torção sobre o meio da torre.

  2. #22

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Magal Ver Post
    Exemplo de uma torre estaiada de 24 mts.

    Alguns cuidados quanto a instalação da Torre
    No caso de se instalar um para-raio, o cabo de descida do
    mesmo deve ser isolado da torre.

    Torres acima de 15 metros devem ser sinalizadas com
    lâmpada de topo conforme Normas da Força Aérea.

    Nos estaios pode-se usar cordoalha de aço ou cabo de aço.

    Usar esticadores p/ esticar os estaios e balizar a torre.

    Não ligar o aterramento dos equipamentos ao terra do para-raio.

    Não fixar os estaios em árvores e também evitar fixá-los em
    muros fracos ou pontos não confiáveis.

    tu prefere torres de tubo ou cantoneira. poderia me indicar alguma?



  3. #23

    Padrão

    Citação Postado originalmente por agpnet Ver Post
    Pessoal, segue algumas imagens de uma das minhas torres, todas da Icasol, conforme projeto deles a fundação para os estaios fica +- 10 M do centro da torre.
    (detalhe, na foto dos estaios, a torre ainda não estava toda montada)
    Essas torres da icasol balança muito com ventos? Ela tem sistema de distorção? estou pesando em comprar uma

  4. #24

    Padrão

    Citação Postado originalmente por osgemeosucam Ver Post
    Essas torres da icasol balança muito com ventos? Ela tem sistema de distorção? estou pesando em comprar uma
    Bem estaiada na vai balançar.
    E tem o anti-torção.
    Dá para ver no vídeo que tem no site.



  5. #25

    Padrão

    Citação Postado originalmente por WWANInternet Ver Post
    pelo que entendi é a metade tipo a da foto que o magal mostrou tem 24 metros ai a distancia é 12 metros ..ai para 15 metros a distancia seria 7,5 metros acho que é isso ..pois a somados catetos é igual ao quadrado da ipotenusa elevado ao cubo rsrsrsrsrs
    O calculo é feito em porcentagem 33% da altura da torre 15Mt 4,95Mt.

  6. #26

    Padrão

    Estaios com arame de aço, uso a muito tempo aqui no Tocantins, nunca tive problemas, inclusive balançam menos que cabos de aço e não da manutenção em ter que ficar esticando, arame não relaxa como o cabo. Porém limito a 30 metros, acima disso é muito peso e tração do vento.
    Miniaturas de Anexos Miniaturas de Anexos Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         09122009(002).jpg
Visualizações:	898
Tamanho: 	95,8 KB
ID:      	10611   Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         09122009(001).jpg
Visualizações:	791
Tamanho: 	84,6 KB
ID:      	10612  

    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         09122009.jpg
Visualizações:	781
Tamanho: 	82,3 KB
ID:      	10613  
    Última edição por kleberbrasil; 15-04-2010 às 22:57.



  7. #27

    Padrão

    Esqueci mais essa foto, essa usei um parabolt em uma rocha, só uso essa técnica em torres com até 15 metros...
    Miniaturas de Anexos Miniaturas de Anexos Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         22032010.jpg
Visualizações:	1326
Tamanho: 	296,3 KB
ID:      	10614  

  8. #28

    Padrão

    Afinal, quanto é o cálculo da distancia dos estaios: 1/3 ou 50% do tamanho da torre?



  9. #29

    Padrão

    Eu uso 1/3

  10. #30

    Padrão

    Citação Postado originalmente por kleberbrasil Ver Post
    Eu uso 1/3
    Eae kleber, tudo bem?

    Com esta configuração:
    Usa até quantos metros as torres?
    A torre não balança muito?
    Qual o tamanho da base para os esticadores (profundidade e largura)?
    As torres são de cantoneiras? Qual medida?



  11. #31

    Padrão

    Altura máxima que uso é de 30 metros
    A torre com arame fica mais firme do que com cabo
    Profundidade da base dos estaios é de um metro, nestes mando fazer ganchos com aço e ao concretar, coloco também treliça para dar mais firmeza.
    Cantoneiras, não lembro as medidas, isso quem cuida é meu serralheiro...

    Abraços..

  12. #32

    Padrão

    Bom dia,

    Kleber, o arame é mas economico mas engenehiro nao aprova...Ideal cabo de aço minimo 4mm.
    Por fim, a empresa de telecomunicação que adquiriu a torre deverá providenciar o pedido de licenciamento junto aos órgãos competentes para a sua instalação (CREA, Prefeitura, Meio Ambiente, etc.).
    Após a instalação e fiscalização dos órgãos acima citados, o empreendimento é concluído, aprovado e licenciado. Se houver algum acidente, com vítima fatal ou não, os órgãos competentes, a Polícia Investigativa e/ou CREA, deverão apurar as responsabilidades do fato.
    Assim, caso a empresa tenha descumprido algum item do projeto para fabricação, instalação e manutenção corretiva/preventiva, o engenheiro responsável por alguma dessas etapas poderá responder civil e criminalmente.

    Antes de subir na torre observar sempro a base dos estaios...caso estaio esteja comprometido..substitua antes do tecnico subir.

    Abraço.

    Rubens Andrade
    Portal Icasol



  13. #33

    Padrão

    Muito bem lembrado, Rubens!
    E quanto a cabo de aço, tem que ver ainda o material da alma (miolo) dele. Tem alguns que a alma é de nylon e ele estica a vida inteira.

  14. #34

    Padrão

    Citação Postado originalmente por zerubao Ver Post
    Bom dia,

    Kleber, o arame é mas economico mas engenehiro nao aprova...Ideal cabo de aço minimo 4mm.
    Por fim, a empresa de telecomunicação que adquiriu a torre deverá providenciar o pedido de licenciamento junto aos órgãos competentes para a sua instalação (CREA, Prefeitura, Meio Ambiente, etc.).
    Após a instalação e fiscalização dos órgãos acima citados, o empreendimento é concluído, aprovado e licenciado. Se houver algum acidente, com vítima fatal ou não, os órgãos competentes, a Polícia Investigativa e/ou CREA, deverão apurar as responsabilidades do fato.
    Assim, caso a empresa tenha descumprido algum item do projeto para fabricação, instalação e manutenção corretiva/preventiva, o engenheiro responsável por alguma dessas etapas poderá responder civil e criminalmente.

    Antes de subir na torre observar sempro a base dos estaios...caso estaio esteja comprometido..substitua antes do tecnico subir.

    Abraço.

    Rubens Andrade
    Portal Icasol
    Agradeço sua preocupação Rubens, mas nem sempre essa burocracia é necessária ou seguida, vc está certo em orientar seus clientes sobre esses tópicos, mas temos que ser atentos em uma coisa, a tecnologia evolui e a área de telecomunicações não se limita a rádios e antenas, as torres ainda são partes essenciais na fruição das nossas atividades e para tudo existe normas, resoluções e padrões. Em 1997 a Telebrás publicou o "Procedimentos de Projeto para Torres Metálicas Auto-suportadas, Estaidas e Postes Metlálicos" a título de comparação, a galvanização deve ser feito conforme os artigos 4.15 à 4.18 com "Revestimento de Zinco por imersão a quente", pode até ser que você segue esse procedimento, mas em seu site vc anuncia: Torre Galvanizada C / Pintura EPOXI. Nem questiono a qualidade dessa tinta, já li muito sobre ela e nem sabia que tanta coisa resistente ao meu lado usava esse tipo de tecnologia, isso é evolução... Quanto ao estaio de arame, quem não conhece assusta mesmo, mas a industria siderúrgica não fica para trás, ela investe constantemente no melhoramento de suas ligas, isso é perceptível desde quando instalei minha primeira torre a 5 anos atrás, comparadas com as de hoje... A norma da Telebrás não cita arame, nem mesmo a espessura mínima da bitola do estaio, pelo contrário, "diâmentro máximo de 16mm" (art. 5.39)... Só finalizando, o arame é galvanizado, tem bitola de 3,5mm e é altamente resistente, se um dia experimentar, vai ver que realmente é viável não só econômico, mas tecnicamente também.

    Fonte: http://sistemas.anatel.gov.br/sdt/Pr...bras/01264.pdf



  15. #35

    Padrão Re: Exemplo de uma torre estaiada

    Citação Postado originalmente por kleberbrasil Ver Post
    Agradeço sua preocupação Rubens, mas nem sempre essa burocracia é necessária ou seguida, vc está certo em orientar seus clientes sobre esses tópicos, mas temos que ser atentos em uma coisa, a tecnologia evolui e a área de telecomunicações não se limita a rádios e antenas, as torres ainda são partes essenciais na fruição das nossas atividades e para tudo existe normas, resoluções e padrões. Em 1997 a Telebrás publicou o "Procedimentos de Projeto para Torres Metálicas Auto-suportadas, Estaidas e Postes Metlálicos" a título de comparação, a galvanização deve ser feito conforme os artigos 4.15 à 4.18 com "Revestimento de Zinco por imersão a quente", pode até ser que você segue esse procedimento, mas em seu site vc anuncia: Torre Galvanizada C / Pintura EPOXI. Nem questiono a qualidade dessa tinta, já li muito sobre ela e nem sabia que tanta coisa resistente ao meu lado usava esse tipo de tecnologia, isso é evolução... Quanto ao estaio de arame, quem não conhece assusta mesmo, mas a industria siderúrgica não fica para trás, ela investe constantemente no melhoramento de suas ligas, isso é perceptível desde quando instalei minha primeira torre a 5 anos atrás, comparadas com as de hoje... A norma da Telebrás não cita arame, nem mesmo a espessura mínima da bitola do estaio, pelo contrário, "diâmentro máximo de 16mm" (art. 5.39)... Só finalizando, o arame é galvanizado, tem bitola de 3,5mm e é altamente resistente, se um dia experimentar, vai ver que realmente é viável não só econômico, mas tecnicamente também.

    Fonte: http://sistemas.anatel.gov.br/sdt/Pr...bras/01264.pdf
    assim vamos sempre colaborando entre nós, aprendendo a cada dia.

  16. #36

    Padrão Re: Exemplo de uma torre estaiada

    - Uso Aqui Torres Quadradas, acho bem mais firmes, e não torcem quaseeee nada.
    - Uso Cordolha (São 3 fios daqueles de pareiral enrolados) guentam 1480 kg esticando, mais barato e melhor que cabo de aço na minha opinião.
    - Um par de Estaio a cada 6 metros.
    - distacia do estaio da torre é a metada da altura, exemplo para torre de 30 mts:
    nos primeiros 6,12 e 18 metros o estaio fica à 9 metros, o 21,24,27 e 30 fica à 15 metros. no meu caso que é quadrada ficam 8 estaios, muito mais seguro e nao balança e não torce tão facil.

    usamos aqui, cantoneira de 1" 1/4 a grossura nem lembro;
    ferro roliço maciço de 1/2 pol.

    veja em minhas fotos, tem exemplo de uma de 18 metros
    https://under-linux.org/members/gzan.../albums/album/
    Última edição por gzanatta00; 12-07-2010 às 23:15.



  17. #37

    Padrão Re: Exemplo de uma torre estaiada

    Quero agora fazer uma auto-sustentavel de 12 metros (sem os cabos de aço).

    alguem ai tem algum projeto? profundidade da base, largura, ferros, etc etc?

  18. #38

    Padrão Re: Exemplo de uma torre estaiada

    Citação Postado originalmente por gzanatta00 Ver Post
    - Uso Aqui Torres Quadradas, acho bem mais firmes, e não torcem quaseeee nada.
    Então gustavo, vc já viu uma cadeira "bamba"? Pois é, ela tem quatro pernas e está sujeita a isso... Agora vc já viu um tripé "bambo"? Não existe, ou é firme ou cai, o formato triangular é o mais estável que existe e não é diferente com as torres...

    Sobre torre autoportantes, segue: https://under-linux.org/f170/modelo-...rtante-139711/



  19. #39

    Padrão Re: Exemplo de uma torre estaiada

    Citação Postado originalmente por kleberbrasil Ver Post
    Então gustavo, vc já viu uma cadeira "bamba"? Pois é, ela tem quatro pernas e está sujeita a isso... Agora vc já viu um tripé "bambo"? Não existe, ou é firme ou cai, o formato triangular é o mais estável que existe e não é diferente com as torres...

    Sobre torre autoportantes, segue: https://under-linux.org/f170/modelo-...rtante-139711/
    Disse tudo Kleber.
    Triangulo é a figura geométrica mais estável. Ela já é travada por natureza.
    Vou fazer uma aqui. Mas descobri uma empresa que me entrega o material aqui e corta e dobra chapa até 5mm, se for preciso.
    Vou mandar cortar chapa de 4mm para os verticais e triangulos das cabeças e chapa de 2mm para os travamentos. Eu fui ver uma. Não tem mistério.
    os verticais dobra em forma de U mas não em 90º, mas com as abas mais abertas. Não me lembro agora o angulo desta abertura. Já me mandam tudo cortado nos tamanhos que preciso, módulos de 3metros. E as travessas de travamento nós vamos cortando aqui de acordo com o fechamento superior da torre.
    Como não tenho zincagem na região, vamos pintar com Zarcão duas demãos bem fortes, e depois damos a cor branco e vermelho.
    Pelo que estamos planejando não vai ficar muito mais que uma estaiada, menos que o dobro da estaiada.
    A Estaiada quase ninguém faz as contas dos estais. Cabo de aço está pela hora da morte.
    Achei com AF por 2,00 o metro. Mas este vai espichando com o tempo. Com alma de aço o mais barato 4,00 o metro. 1000 metros já vai consumir quase toda a diferença de custo entre a estaiada e a autoportante. Soma aí esticadores, que precisam ser parrudos, e são 40, já viu onde vai parar. Logicamente uma autoportante exige mais alicerce.

  20. #40

    Padrão Re: Exemplo de uma torre estaiada

    Citação Postado originalmente por kleberbrasil Ver Post
    Então gustavo, vc já viu uma cadeira "bamba"? Pois é, ela tem quatro pernas e está sujeita a isso... Agora vc já viu um tripé "bambo"? Não existe, ou é firme ou cai, o formato triangular é o mais estável que existe e não é diferente com as torres...

    Sobre torre autoportantes, segue: https://under-linux.org/f170/modelo-...rtante-139711/
    Valeu pela auto-portante!

    será mesmo que a triangular é melhor que a quadrada? as que fiz quadradas aqui tem ficadas show de bola! mas ....