+ Responder ao Tópico



  1. Apesar do conceito parecer estranho e até um abuso para alguns, o que se paga, na maiorias dos casos, é propriedade intelectual: o caso do sujeito que perde noites, ganha apelidos 'pouco apreciáveis' e não quer que um f#$%d#%$p saia por aí copiando e modificando o logo vendendo 'mais barato' e chamando o criador de ladrão (por cobrar mais caro e dar suporte). Infelizmente o meio mais eficiente de proteger é fechando. O criar algo um linguagem compilada (C++, C) e tornar a cópia muito difícil ou instável.

  2. Citação Postado originalmente por bjaraujo Ver Post
    Apesar do conceito parecer estranho e até um abuso para alguns, o que se paga, na maiorias dos casos, é propriedade intelectual: o caso do sujeito que perde noites, ganha apelidos 'pouco apreciáveis' e não quer que um f#$%d#%$p saia por aí copiando e modificando o logo vendendo 'mais barato' e chamando o criador de ladrão (por cobrar mais caro e dar suporte). Infelizmente o meio mais eficiente de proteger é fechando. O criar algo um linguagem compilada (C++, C) e tornar a cópia muito difícil ou instável.
    É só se registrar no escritório de patentes dos EUA, depois declarar seu projeto como GNU com a FSF. Aí, qualque resquício de se software se for pego em qualquer lugar, poderar dar processo de toda a FSF.



  3. Citação Postado originalmente por osmano807 Ver Post
    Corrigindo: forum under-mikrotik.

    Tou p*to da vida, ainda vou pagar alguém para fazer um "winbox" para linux, e distribuir os fontes. Isso se eu mesmo não fazer uma coisa aprecida...


    Quero saber, o Mikrotik é baseado em que? Ou fizeram um kernel novo?
    osmano807, o Mikrotik é uma interface que gerencia as aplicações do Linux (netfilter, htb/tc, iproute2, e mais várias outras). Se você montar as partições dele verá que todo sistema está aberto e o que é fechado e criptografado são os NPK, que é a interface (um programa em c). Eles fizeram algumas coisas sim (aplicativos como pppoe, proxy e mais algumas coisas) e até onde sei não precisam licenciar sob GPL, pois o código foi escrito do zero.

    Bom, essa é a história que eles contam, mas sinceramente, não sei os detalhes da coisa. Sei apenas que; eles enviaram vários pacthes quando na época do 2.9.x, para as alterações que faziam no código sob GPL. Eles usam uma pá de coisa do NetFilter e o cara de lá é o presidente (pelo menos era) da GPL Violations e acredito que se fosse para dar mer$#@ já teria ocorrido. Não sei exatamente como eles comercializam o software deles.

    Veja a licença que eles usam: MIKROTIKLS MIKROTIK SOFTWARE END-USER LICENCE AGREEMENT
    Última edição por sergio; 14-08-2009 às 18:16.




  4. Então a coisa era pior do que eu pensava...
    Eles deixam claro algumas coisas, mas eles modificaram o kernel, colocaram drivers específicos, então violaram a GPL.
    Mas mesmo assim, vou ver se abro um HD com mirkotik para ver o que tem lá






Tópicos Similares

  1. como retirar o modo single do linux! ?????????
    Por MAJOR no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 6
    Último Post: 26-11-2002, 10:26
  2. Como inserir meu script no boot do linux
    Por wrochal no fórum Segurança
    Respostas: 2
    Último Post: 21-11-2002, 17:41
  3. Respostas: 13
    Último Post: 14-11-2002, 08:39
  4. instalacão do linux apartir do HD
    Por vanilia_sky no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 06-09-2002, 19:37
  5. executar programa na inicialização do linux!
    Por joe_fox no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 3
    Último Post: 15-08-2002, 21:50

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L