Página 7 de 12 PrimeiroPrimeiro ... 234567891011 ... ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. 1929,

    Minha resposta é não. Não vai prejudicar toda a rede. A filosofia de acesso do wi-fi (CSMA/CA) é egoísta no sentido de que se um usuário tá com sinal ruim o problema é dele, não dos demais (não "ecziste" sistema de rádio Comunista). A jogada é entre o AP do POP e o cliente individualmente, não tem nada a ver com os outros. Isso acontece por que cada usuário tem seu tempo de transmitir e escutar individualmente o AP do POP e os usuários não se comunicam diretamente entre si.

    Sobre o CCQ não sei bem do que se trata, mas pelo que vi é alguma medida de sinal em porcentagem né? Se for isso mesmo, repito as palavras do post anterior. Não se baseie em porcentagem, e sim em potência em dBm tendo sempre em mente o seguinte: Próximo de -30 dBm você tem saturação e próximo de -90 dBm seu sinal está sumindo. Você tem esse intervalo pra trabalhar, onde cada cliente só precisa ter o sinal suficiente pra passar a banda contratada. Outra coisa é respeitar a capacidade de escoar tráfego que o POP tem e não pendurar usuário demais, por que aí não tem mágica.

    Espero que tenha ajudado.

    Sds,


    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Eu tenho feito o acompanhamento pelo CCQ.

    Outra coisa Mota, no caso de um cliente com sinal ruim, ele vai prejudicar mesmo toda a rede? E esse prejuízo ocorre sempre ou só quando o rádio está sobrecarregado com muitos usuários online?
    Pergunto isso, pois tenho dois assinantes que ainda não consegui melhorar este valor, mas como os Nano não estão sobrecarregados, não dá para notar prejuizo aos demais.
    Pois notei que mesmo com o CCQ com 20 a 30% ele navega, meio reclamando, mas vai.
    E esta medida em porcentagem no CCQ é também fictício como a porcentagem de sinal medida nos firmwares?
    Última edição por motacosta; 01-10-2009 às 10:29.

  2. Citação Postado originalmente por motacosta Ver Post
    1929,


    Sobre o CCQ não sei bem do que se trata, mas pelo que vi é alguma medida de sinal em porcentagem né? Se for isso mesmo, repito as palavras do post anterior. Não se baseie em porcentagem, e sim em potência em dBm tendo sempre em mente o seguinte: Próximo de -30 dBm você tem saturação e próximo de -90 dBm seu sinal está sumindo. Você tem esse intervalo pra trabalhar, onde cada cliente só precisa ter o sinal suficiente pra passar a banda contratada. Outra coisa é respeitar a capacidade de escoar tráfego que o POP tem e não pendurar usuário demais, por que aí não tem mágica.

    Espero que tenha ajudado.

    Sds,
    No Nano, tem como analisar a chegada do sinal do cliente. CCQ seria a qualidade de sinal recebido do cliente. E tem também a medida em dbm. Quando dá um sinal mais fraco, como -75 a -80 dbm, o CCQ cai. Mas não sei em que parâmetro se baseia para fazer este cálculo.

    Tenho clientes com 100% de CCQ e navegação supertranquila. Com sinal acima de -65dbm praticamente todos batem em 80 a 100%.
    Mas tenho com 20% que navega mas tem mais lentidão. Em todos o ping é bom, nestes de sinal mais baixo não fica muito bom. O mesmo acontece com clientes bem próximos da base que usam notebook direto. Navegam mas o sinal em dbm sempre é mais baixo e consequentemente o CCQ também.



  3. 1929, entendi sobre o CCQ. Tem que ver os parâmetros que o CCQ do Nano leva em conta para atribuir uma "qualidade de sinal" aos usuários. Se é somente na potência recebida em dBm ou se ele leva em conta interferências, por exemplo. Eu já tive casos onde o sinal em dBm tava ótimo mas a taxa estava ruim por causa de interferência de outros APs.

    Me diz uma coisa, já tentou aumentar o ganho nas antenas desses usuários com sinal fraco?

    Valeu.


    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Eu tenho feito o acompanhamento pelo CCQ.

    Outra coisa Mota, no caso de um cliente com sinal ruim, ele vai prejudicar mesmo toda a rede? E esse prejuízo ocorre sempre ou só quando o rádio está sobrecarregado com muitos usuários online?
    Pergunto isso, pois tenho dois assinantes que ainda não consegui melhorar este valor, mas como os Nano não estão sobrecarregados, não dá para notar prejuizo aos demais.
    Pois notei que mesmo com o CCQ com 20 a 30% ele navega, meio reclamando, mas vai.
    E esta medida em porcentagem no CCQ é também fictício como a porcentagem de sinal medida nos firmwares?
    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    No Nano, tem como analisar a chegada do sinal do cliente. CCQ seria a qualidade de sinal recebido do cliente. E tem também a medida em dbm. Quando dá um sinal mais fraco, como -75 a -80 dbm, o CCQ cai. Mas não sei em que parâmetro se baseia para fazer este cálculo.

    Tenho clientes com 100% de CCQ e navegação supertranquila. Com sinal acima de -65dbm praticamente todos batem em 80 a 100%.
    Mas tenho com 20% que navega mas tem mais lentidão. Em todos o ping é bom, nestes de sinal mais baixo não fica muito bom. O mesmo acontece com clientes bem próximos da base que usam notebook direto. Navegam mas o sinal em dbm sempre é mais baixo e consequentemente o CCQ também.
    Última edição por motacosta; 01-10-2009 às 11:01.

  4. Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    No Nano, tem como analisar a chegada do sinal do cliente. CCQ seria a qualidade de sinal recebido do cliente. E tem também a medida em dbm. Quando dá um sinal mais fraco, como -75 a -80 dbm, o CCQ cai. Mas não sei em que parâmetro se baseia para fazer este cálculo.

    Tenho clientes com 100% de CCQ e navegação supertranquila. Com sinal acima de -65dbm praticamente todos batem em 80 a 100%.
    Mas tenho com 20% que navega mas tem mais lentidão. Em todos o ping é bom, nestes de sinal mais baixo não fica muito bom. O mesmo acontece com clientes bem próximos da base que usam notebook direto. Navegam mas o sinal em dbm sempre é mais baixo e consequentemente o CCQ também.
    CCQ é a eficiência da transmissões, muitas perdas na rede geram retransmissoes. Seria como se fazer a seguinte pergunta... quantos % dos pacotes transmitidos estão sendo recebidos pelo cliente? se o valor for 90% por exemplo, 10% dos pacotes estao sendo perdidos e tem q ser retransmitidos, causando assim um pequeno atrazo na rede...



  5. Legal, froyer.
    Então o CCQ do Nano não depende somente da potência recebida em dBm, depende do ambiente onde aquela rede está. E ae o culpado disso é o velho problema de poluição em excesso em 2.4 GHz. Com interferência você tem mais retransmissões dos segmentos TCP e com isso a taxa final é menor. Na minha opinião esse é o real causador da maioria dos problemas ligados a RF nesse forum, incluindo o problema do QuickTelecom que originou esse tópico e do 1929.

    Sds,

    Citação Postado originalmente por froyer Ver Post
    CCQ é a eficiência da transmissões, muitas perdas na rede geram retransmissoes. Seria como se fazer a seguinte pergunta... quantos % dos pacotes transmitidos estão sendo recebidos pelo cliente? se o valor for 90% por exemplo, 10% dos pacotes estao sendo perdidos e tem q ser retransmitidos, causando assim um pequeno atrazo na rede...
    Última edição por motacosta; 01-10-2009 às 13:57.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 16
    Último Post: 12-11-2012, 14:33
  2. Respostas: 20
    Último Post: 06-04-2012, 13:45
  3. Respostas: 9
    Último Post: 27-10-2011, 17:10
  4. PROBLEMA EM UMA TORRE - AJUDEM
    Por caiojunior no fórum Redes
    Respostas: 9
    Último Post: 27-09-2011, 09:50
  5. Como resolver o problema de vários PoE em uma torre
    Por kleberbrasil no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 16
    Último Post: 18-04-2011, 08:23

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L