Página 5 de 5 PrimeiroPrimeiro 12345
+ Responder ao Tópico



  1. E ai cara.. como ta os andamentos.. e sobre as interferencias.. tu naum ta sofrendo??

    Abraços

  2. Ola senhores.... Apos um sinistro, tenebroso e grande inverno, estamos de volta para postar nossas conclusões finais sobre redes mesh e a solução gi-link completa.
    Nossa rede esta implantada e operacional a exatos 10 meses. Atualmente temos 46 nós ativos, cobrindo uma região de quase 5km².
    Vou tentar ser breve (me conheço e sei q quando me empolgo nao consigo.. mas tentarei...) e responder as principais questões feitas no topico alem de alguns comentarios e sensações.

    Atualmente estamos utilizando o dashboard com a gestão de usuários fornecida pela propria gi-link. Sobre essa solução: Pratica e funcional se vc nao precisa de nada do tipo de controle financeiro e venda de acesso, serve basicamente para liberar usuários e bloqueá-los,controlar sua banda e only this.

    A melhor solução para distribuição dos radios pela cidade que encontramos foi realmente posicioná-los nos postes do padrão das residencias. O consumo do radio é muito baixo.. algo na baixa de 2watts hora...temos algo em torno de uns 50watts/dia ou 600watts/mes .. no meu caso, como estou no Paraná, o kilowatt por aqui é algo em torno de R$ 0,30 (vc pode conferir qual o custo na sua regiao no site da aneel) entao, temos q R$ 0,30 x 0,6kwatt = R$ 0,90/mes de energia eletrica... ta bom né??? Facil de convencer o proprietario da casa.. rsrsrsrs

    Os valores a q me referia no post (aprox 650,00 por kit) incluiam - 01 radio + 01 antena OIW 8Dbi externa + 01 Cx Hermetica Firemax + PigTail.

    Com relação a cache (proxy), gestão de sites, etc, etc, etc, ou qualquer outra coisa q se queira colocar no meio do caminho, a solução é mais na cara q nariz. Basta posicionar o servidor com as ferramentas entre a saida do gateway e a internet e liberar o acesso direto ao Dashboard (ou painel de administração da rede, onde os radios fazem o acesso para baixar as configurações ou se atualizarem), e pronto, o resto passa por dentro do server e vc pode fazer o q bem entender... atualmente uso no meio do caminho um PFsense que da conta com um dos pés nas costas e com um olho vendado.

    Essas sao, acredito, as principais considerações "administrativas" sobre a solução.

    Obviamente vcs devem estar se perguntando "nossa.. ate agora nao vimos nenhuma critica... a solução é miraculosa entao... ou sera q ele nao esta contando tudo?"
    Vamos espalhar os problemas entao... (admito que sao poucos).
    Apos alguns dias no ar, alguns radios começaram a apresentar um problema recorrente.. travamento. Apos algumas horas, os bichos simplesmente travavam e so retornavam ao funcionamento apos um sumario cold boot (o popular desligar e ligar de novo). Apos contatos com a squitter, chegamos a conclusão que, o unico problema capaz de causar isso, seria a variação eletrica da rede. Solução??? Apenas a mais dolorosa... substituir todas as fontes dos radios por fontes com carregadores de bateria e baterias 12V seladas juntamente.... Sim, é uma solução cara, pouco pratica e trabalhosa, porém absurdamente estavel. Com essa solução praticamente acabaram os problemas de travamento dos radios, e quando raras vezes acontece, o watch dog interno do radio, da conta de detectar isso e reseta-lo automaticamente. Apos a instalação dessa solução, da pra contar nos dedos de uma das mãos quantos radios necessitaram ser resetados manualmente (estou desconsiderando aqui, uma trombada q um caminhão deu em um poste na cidade que fez q com q a energia ficasse baleada, meia fase, sei la o q, e dae as baterias acabaram e tivemos q fazer um cold boot em praticamente toda a rede).

    Com relação a durabilidade dos radios: Tivemos em 10 meses apenas 6 radios queimados por raio(considere que estamos em uma das regiões do Brasil com o maior indice de raios registradas, por conseguinte, pra quem nao sabe, o Brasil é um dos paises do mundo com maior nro dessas incidencias, ou seja, a rede esta numa das regiões com maior nro de incidencias de descarga eletrica atmosferica, o nome bonito do raio, do mundo). Alem disso, tivemos 3 fontes queimadas, e 2 baterias com defeito. Essa foi toda a manutenção de equipamentos q tivemos até o momento.

    Interferencia por outras redes ou outros sistemas até o momento nao causaram grandes problemas. Na verdade fizemos algumas medições em vários pontos para tentar mensurar as perturbações no espectro. Posso garantir que são absurdas... É provedor wireless com amplificador de 2watts (o.O), é neguinho usando telefone sem fio do paraguay 2.4ghz com antena de 30mts de altura, torre de alta tensão da Copel e por ae vai... mas... até o momento nada disso influenciou significativamente na operação da plataforma.

    Um outro problema encontrado e sem uma explicação plausivel ou ao menos sustentavel é de que, em alguns momentos, alguns nós da rede simplesmente param de fornecer dhcp, é como se eles simplesmente perdessem a comunicação com a rede. É verdade que apos algum tempo, ja chegou a ser algumas horas, eles simplesmente voltam a funcionar. Nao tivemos uma resposta do desenvolver sobre essa atitude de autimos de alguns nós em alguns momentos. Sei lá.. vai ver q em algum momento o radio resolve q ele precisa de um momento so seu, so no seu mundinho... pensando na sua vida... rsrsrsrs o fato é que acontece. Na pratica, o que nos desconfiamos que aconteça, é que, por questões desconhecidas, algum outro nó, entrou no seu raio de alcance, e ele esta testando se pode chegar ao gateway através dele, se a latencia por esse nó será menor, se é uma femea e ela vai aceitar sair tomar uma birita com ele... nao sei... mas parece ser por ae... um momento de interação entre os nós, procurando novas rotas. Esse inclusive é a principal desvantagem do sistema. Na hora do up da rede, vc nunca deve levantar todos os nos simultaneamente. Se fizer isso... esqueça... abandone tudo e va dormir.. pq os radios vao entrar num bate papo tão grande q vao esquecer de vc.. vc vai se sentir ignorado e vai ter problemas de rejeição... rsrsrsrs entao nossa sugestão é: ative nó por nó até q eles encontrem-se e possam criar suas rotas. Obvio q em determinado momento, alguns novos nós vao entrar na area de outros nós ja ativos, e vao de qualquer maneira passar a conversar entre eles, ignorando vc, por mais que vc tente chamar sua atenção... isso pode levar algum tempo.. O up de um novo nó na rede as vezes tambem é problematico, nao sei se pq se forma uma panelinha entre os vizinhos ja conhecidos e eles simplesmente passam a ignorar o novato... mas... o fato é que em alguns casos o bixinho so entra de fato na rede apos varios e varios cold boots, e algumas horas abandonado no canto ligado.. o negocio é deixar ele do lado usando seu sex apel e seu charme para conversar com os veteranos e se enturmar.... mas sério, uma coisa q facilita bastante, é, logo apos vc incluir um novo nó na rede nao tentar ativa-lo diretamente na rede, e sim espetalho em um modem ou uma saida para a net cabeada com dhcp ativo. Isso fara com que o radio suba mais rapidamente na primeira vez, localize de maneira mais rapida o dashboard, e faça o download das configurações gerais da rede pra dentro dele. Obvio que ele vai subir como um GW na primeira vez.. mas depois vc rebaixa ele.. joga ele no seu lugar e ele que se vire com o complexo de inferioridade dae.. rsrsrsrsrsrs

    Bom meus amigos... acho que consegui dar uma apanhado geral sobre a operação q ativamos. Querem um balanço pessoal sobre tudo? Ok.. mesmo q nao queiram, aqui vai... rsrsrssrsrs
    A solução é extremamente funcional e pratica. Tem boa estabilidade e confiabilidade. É de longe a melhor solução para distribuição de "acesso a internet" em regiões onde se precisa de grande capilaridade com a melhor relação custo x beneficio atualmente. Pq destaquei "acesso a internet" ?
    Pq normalmente o acesso a internet se dá através do famoso trafego de rajada, ou seja despeja-se o trafego e se recebe o retorno em rajadas mesmo. Nos testamos aplicações q dependem de alguma estabilidade e trafego constante de dados, exemplo de Voz e Imagem (nao estou falando de skype ou webcams, estou falando de aplicação profissional de voip, utilizando gws profissionais ips e telefones ips, e cameras de vigilancia tambem profissionais). Para essas aplicações ainda a solução NÃO É VIAVEL. Ela apresenta momentos de latencia alta, com momentos de baixa latencia. Acredito que, isso seja causado pela falta de um backhaul exclusivo e de alta capacidade, ou pela falta de QOS na rede, impedindo um controle mais apurado das aplicações. No balanço geral, sim, a solução vale o investimento, vale a luta, vale a surra q tomamos para aprender e vale antes de tudo o gosto de dizer "Vim, vi, ME FUDI, mas venci"....

    Amplexos a todos... espero q nao tenha sido muito longo.. rsrsrsrs



  3. Quero parabeniza-lo pela excelene exposição sobre a real situação.
    Deste que assisti 4 vezes aquela apresentação patrocinada pela Dinamic Wirelles, esta coisa não me saiu da cabeça. Mas por outro lado estranhei o fato de que nem mesmo o distribuidor estava trabalhando em cima do produto. O Sr. Ajax da Squitter sempre foi muito prestativo nas informações, mas notei que o assunto ficou em "banho-maria". E agora entendo porque.
    Ainda preicsa de mais refinamento para a coisa andar quase que sozinha. Este negócio de ter que ir anexando um nó de casa vêz em caso de uma pane, pode deixar qualquer um louco.
    Isto com certeza não condena ao ostracismo o projeto, mas mostra que ainda temos um caminho razoável a ser seguido.. Seria muito bom que os responsáveis pelo projeto se pronunciassem mais a respeito. E outra coisa que me deixou de certo modo desconfiado, é o fato de não ser tomada nenhuma ação no sentido de homologar estes equipamentos. Quem confia toma de cara estas providências.
    Ainda hoje de tarde comentei com uma pessoa do meu suporte: que maravilha se pudessemos colocar um rádio Gi-link em cada quarteirão, quando vi que uma empresa estava fazendo substituição de postes antigos por modernos postes de concretos e bem mais altos. Até compensaria um aluguel de poste para uma estrutura em mesh.
    Mas continuo na expectativa.

  4. Grato pela atenção prestada a todos do forum, parabéns pelo projeto. Aproveitando o assunto do tópico, temos recursos Mikrotik para Mesh, será que alguém está testando mais a fundo como nosso amigo?



  5. A Proxim tem uma linha completa de produtos no Brasil que va desde solucoes de enlaces de backhaul (linhas QB-5054 e QB-8100), completa com sistemas de redes Ponto a Multiponto (linha MP-8100) e redes Mesh (AP4000 para interior de predios e AP4000MR para redes de cidades digitais completas).
    A grande vantagem e que todo o equipamento pode ser configurado e monitorado em modo remoto e a frequencia de uso tambem pode ser configurada, entao se voce acha interferencia de outros usuarios na sua cidade pode em segundos mudar a frecuencia de operacao da sua rede completa. Isso pode ser feito na comodidade do seu escritorio com o sistema de gerenciamento ProximVision.
    Bem mais em conta que outras marcas no mercado, pronta entrega em Sao Paulo, suporte de pre e post venda local e garantia de fabrica.
    Se compara preco por cliente atendido sem duvidas achei neles o menor do mercado hoje.
    A Proxim tem distribuidores autorizados no Brazil. Proxim tem instalacoes funcionando no Brasil ja faz mais de 10 anos.






Tópicos Similares

  1. Viabilidade de uma Rede Mesh
    Por Zucchi no fórum Redes
    Respostas: 1
    Último Post: 09-11-2011, 22:55
  2. Respostas: 2
    Último Post: 16-11-2006, 13:16
  3. Como controlar a banda de uma rede?
    Por Bit no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 5
    Último Post: 15-12-2005, 14:25
  4. Coyote mais de uma rede
    Por agl77 no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 27-08-2005, 10:19
  5. Desenvolvimento de uma Rede Segura
    Por ATNunes no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 25-11-2002, 18:26

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L