Página 2 de 8 PrimeiroPrimeiro 1234567 ... ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Uma vez me pediram este laudo aqui, como eu não tinha na época, me autuaram e me deram 30 dias para emissão do mesmo.

  2. Parece que esse tópico tem fundamento, muitos aqui estão recebendo ofícios da ANATEL solicitando Laudo Radiométrico de suas respectivas estações, mesmo aqueles que usam radiação restrita.

    ACÓRDÃO Nº 2658/2009 - TCU - Plenário
    1. Processo nº TC 031.964/2008-8
    2. Grupo I - Classe II - Assunto: Solicitação do Congresso Nacional
    3. Interessado: Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara dos
    Deputados
    4. Entidades: Ministério das Comunicações e Agência Nacional de Telecomunicações - Anatel
    5. Relator: Ministro Raimundo Carreiro
    6. Representante do Ministério Público: não atuou
    7. Unidade: Sefid
    8. Advogado constituído nos autos: não há
    9. Acórdão:
    Vistos, relatados e discutidos este autos que cuidam de solicitação do Congresso Nacional
    requerendo a este Tribunal a realização de auditoria sobre os atos de fiscalização da Agência Nacional de
    Telecomunicações - Anatel relativos ao atendimento, pelas estações de radiocomunicação que operam na
    faixa de 9 kHz a 300 GHz, de limites de exposição humana à radiação não ionizante originada de suas
    estações.
    ACORDAM os Ministros do Tribunal de Contas da União, reunidos em Sessão do Plenário, diante
    das razões expostas pelo Relator, nos termos do art. 250 do Regimento Interno, em:
    35
    9.1. determinar à Agência Nacional de Telecomunicações - Anatel que:
    9.1.1. com base nos arts. 61 a 63 da Resolução Anatel nº 303/2002, requeira o envio, pelos
    responsáveis, no prazo de 90 dias, das declarações baseadas nos relatórios de conformidade de todas as
    estações que foram licenciadas antes de 10/7/2002, data da publicação da referida Resolução, caso não as
    tenham enviado à Agência até a presente data;
    9.1.2. informe este Tribunal, no prazo de 120 dias, acerca do recebimento das declarações de que
    trata o item 9.1.1 supra;
    9.1.3. comprove a este Tribunal, no prazo de 90, o atendimento às novas obrigações estabelecidas
    pela Lei nº 11.934/2009, contemplando, obrigatoriamente, o sistema de monitoramento de campos
    eletromagnéticos em tempo real e o cadastro informatizado, com fulcro no art. 12, inciso II, e no art. 17,
    caput, inciso I e § 3º, da aludida lei;
    9.1.4. com base no art. 12 da Lei nº 11.934/2009, remeta a este Tribunal, no prazo de 120 dias, os
    novos procedimentos de medição dos níveis de radiação não ionizante das estações de radiocomunicação,
    destinados a padronizar as ações dos agentes de fiscalização e atender os requisitos da legislação e da
    regulamentação, ou apresente os motivos que justifiquem a impossibilidade de sua adoção no referido
    prazo;
    9.2. determinar ao Ministério das Comunicações e à Agência Nacional de Telecomunicações -
    Anatel que implementem, em sua regulamentação que trata da aplicação de sanções às prestadoras de
    serviços de telecomunicações e às prestadoras de serviços de radiodifusão, a sanção de multa diária, com
    fulcro no art. 18, parágrafo único, da Lei nº 11.934/2009;
    9.3. recomendar à Agência Nacional de Telecomunicações - Anatel que:
    9.3.1. elabore os procedimentos a serem observados nos cálculos para determinação dos valores
    teóricos de radiação não ionizante das estações, a fim de que o sistema de que trata o art. 12, inciso II, da
    Lei nº 11.934/2009, apresente informações consistentes quanto aos níveis de radiação não ionizante;
    9.3.2. com base no art. 12, § 1º, da Lei nº 11.934/2009, adote critérios estatísticos que permitam o
    dimensionamento de amostras representativas para a fiscalização de aspectos relacionados à radiação não
    ionizante em estações de radiocomunicação, conferindo maior ênfase aos locais multiusuários e às áreas
    críticas;
    9.3.3. implemente o mecanismo de avaliação de produtos certificados comercializados no mercado
    (Post Market Surveillance), com o objetivo de complementar o processo de certificação de terminais
    portáteis quanto a aspectos relacionados à radiação não ionizante, e defina os critérios a serem utilizados
    na seleção das amostras e na periodicidade dos testes;
    9.3.4. considere, na disponibilização do sistema de que trata o art. 12, inciso II, da Lei nº
    11.934/2009, a utilização de dados georreferenciados que possibilitem uma visualização amigável em
    mapas digitais por meio do sítio da Anatel, esclarecendo à população se os valores informados pelo
    sistema são resultados de medições ou de cálculos teóricos;
    9.3.5. com base no art. 12, § 2º, da Lei nº 11.934/2009, estabeleça a regulamentação necessária para
    que as medições possam ser executadas por organismos avaliadores designados, com o objetivo de
    garantir uma maior confiabilidade e padronização para as medições e relatórios de radiações não
    ionizantes;
    9.3.6. verifique a necessidade de aquisição de novos equipamentos, desenvolvimento de sistemas de
    informática e acréscimo do número de horas de fiscalização com o objetivo de compatibilizar sua
    estrutura e seus recursos às obrigações trazidas pela Lei nº 11.934/2009;
    9.3.7. tendo em vista os dispositivos da Lei nº 11.934/2009 e dos novos requisitos impostos à
    Anatel e às prestadoras, proceda uma análise da regulamentação existente, especialmente da Resolução nº
    303/2002, promovendo as alterações necessárias para a sua adequação aos aspectos previstos,
    considerando os prazos estabelecidos;
    9.4. recomendar ao Ministério das Comunicações que crie mecanismos ou desenvolva
    procedimentos ou métodos que dêem maior celeridade à análise de processos referentes a projetos de
    instalação e utilização de equipamentos dos serviços de radiodifusão, seus ancilares e auxiliares, bem
    como de processos destinados à alteração de características técnicas nas estações que operam tais
    serviços, de modo a manter atualizados os registros dos sistemas informatizados que reúnem dados
    técnicos das estações;
    36
    9.5. recomendar ao Ministério das Comunicações e à Agência Nacional de Telecomunicações -
    Anatel que:
    9.5.1. aprimorem suas ações de comunicação e diálogo com os usuários e outros órgãos da
    Administração, por meio, por exemplo, da distribuição de cartilhas em eventos especializados, da
    realização de palestras, da apresentação amigável de informações em seu sítio na Internet, entre outros, a
    fim de conferir maior efetividade na divulgação de informações sobre radiação não ionizante à sociedade;
    9.5.2. adotem estratégia de divulgação, junto às emissoras de radiodifusão e às prestadoras de
    serviços de telecomunicações, dos novos requisitos impostos pela Lei nº 11.934/2009 e dos prazos para o
    seu cumprimento, visto que não há um acompanhamento sistemático e tempestivo, por parte de muitas
    empresas outorgadas, acerca de alterações na legislação do setor;
    9.6. remeter cópia deste acórdão, bem como do relatório e voto que o fundamentam, à Comissão de
    Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara dos Deputados, ao Ministério das
    Comunicações, à Agência Nacional de Telecomunicações e à Terceira Câmara de Coordenação e
    Revisão do Ministério Público Federal;
    9.7. declarar integralmente atendida a presente solicitação, com fulcro no art. 14, inciso IV, c/c art.
    17, inciso II, da Resolução TCU nº 215/2008;
    9.8. determinar à Sefid que monitore o cumprimento deste acórdão em processo especialmente
    constituído para esse fim;
    9.9. arquivar os presentes autos.
    10. Ata n° 48/2009 - Plenário.
    11. Data da Sessão: 11/11/2009 - Ordinária.
    12. Código eletrônico para localização na página do TCU na Internet: AC-2658-48/09-P.
    13. Especificação do quorum:
    13.1. Ministros presentes: Valmir Campelo (na Presidência), Walton Alencar Rodrigues, Augusto
    Nardes, Aroldo Cedraz, Raimundo Carreiro (Relator), José Jorge e José Múcio Monteiro.
    13.2. Auditor convocado: Marcos Bemquerer Costa.
    13.3. Auditores presentes: Augusto Sherman Cavalcanti, André Luís de Carvalho e Weder de
    Oliveira.




  3. Vou me adiantar e executar esses laudos. Alguém conhece empresas sérias que executam essas medições?

    Desde já, agradeço.



  4. Hoje eu recebi uma circular da Anatel, alertando sobre este laudo! Alguem já fez este laudo, onde conseguiu?






Tópicos Similares

  1. Engenheiro que ja fez laudo radiométrico
    Por Atunes no fórum Redes
    Respostas: 16
    Último Post: 30-09-2015, 22:42
  2. Laudo Tecnico para Banco
    Por sneeep no fórum Sistemas Operacionais
    Respostas: 9
    Último Post: 05-08-2012, 15:56
  3. Respostas: 32
    Último Post: 14-03-2012, 21:10
  4. LAUDO RADIOMETRICO
    Por Genis no fórum Redes
    Respostas: 2
    Último Post: 14-03-2012, 11:54
  5. Laudo Técnico
    Por luciano9135 no fórum Redes
    Respostas: 6
    Último Post: 26-12-2010, 23:26

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L