Página 6 de 9 PrimeiroPrimeiro ... 23456789 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. apta para SCM nao quer dizer que seja gratis, e sim que vc pode licitar ahi canais, mas pagando, depende da resolucao.2,4, e 5,8 e considearado sem uso de radiofrequencia, quando vc tem canais comprados aparece com uso de radio frequancia tal... e claro vc pagando pelos canais. A faixa de 3.3 a 3.7 acho meio ruim pelo fato de estar perto e ate em alguns casao dentro da faixa de banda c recepcao de tv de 3.6 a 4.3ghz vai aparecer loco chiando que nao consegue ver tv depois que colocou internet, rsrsrs

  2. Não só vai aparecer, já apareceram reclamações de usuários de banda C, por causa dos LNBs ruins que foram vendidos para muita gente.

    A norma revisada de 3.5 GHz limita a potência transmitida ou exige a utilização de filtros mecânicos de alta eficácia e apoio da operadora em resolver problemas (leia-se bancar a troca de LNBs de parabólicas perto de suas estações).



  3. Afinal de contas essa frequencia pode ser utilizada pelos provedores? E existem nanos ou kit clientes para essa frequencia?
    THIAGO SANTOS BRASILINK TELECOM LINKS DEDICADOS EM TODO O CEARÁ E VOIP

  4. Anatel aprova consulta pública sobre proposta de edital de licitação de 3,5 GHz
    06 de Maio de 2011

    O Conselho Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) decidiu ontem, 5, em sua 605ª reunião, submeter a consulta pública proposta de edital de licitação para expedição, de forma concomitante ou associada, de autorização de uso de segmentos de radiofrequências na subfaixa de 3.400 MHz a 3.600 MHz para exploração do Serviço de Comunicação Multímidia, do Serviço Telefônico Fixo Comutado e do Serviço Móvel Pessoal.

    A proposta de edital favorece a competição e a participação de pequenas e médias empresas, ao prever 70 áreas de prestação, sendo 3 correspondentes às Regiões I, II e III do Plano Geral de Autorizações do SMP e os demais correspondentes a municípios de cada uma das 67 Áreas de Registro.

    Favorece também o desenvolvimento da indústria nacional, com a exigência de compromisso de aquisição de produto de tecnologia nacional, conforme Portaria nº 950 do Ministério da Ciência e Tecnologia, de 2006.

    Com o objetivo de ampliar a massificação dos serviços de telecomunicações e de acordo com o praticado pela Anatel nos últimos editais, prevê compromisso de abrangência com obrigações de atendimento em municípios a partir de 100 mil habitantes e entre 30 e 100 mil habitantes.

    A realização da licitação se dará em 3 fases com a ampliação do limite de radiofreqüência que poderá ser adquirida por cada Grupo em cada fase, permitindo uma maior efetividade no resultado da licitação.

    A Faixa de 3.400 a 3.600 MHz, objeto do edital de licitação será licitada em subfaixas, conforme indica a figura 1:

    Figura 1: Subfaixas de radiofrequência na faixa de 3,5 GHz
    3.400,00 MHz 3.595,00 MHz 3.600,00 MHz
    10 MHz 35 MHz 35 MHz 35 MHz 10 MHz 10 MHz 10 MHz 10 MHz 10 MHz 10 MHz 10 MHz 10 MHz
    a b c d e f g h i j k l
    As subfaixas Tipo 1 - Lotes 1 a 9 , com 35 MHz cada (na Figura 1 representadas por "b", "c" e "d") serão licitados por Área de Prestação do Plano Geral de Autorizações do Serviço Móvel Pessoal (PGA-SMP), aprovado pela Resolução nº 321, de 27 de setembro de 2002.

    As subfaixas Tipo 2 - Lotes 10 a 545, com 10 MHz cada (na Figura 1 representadas por "e", "f", "g", "h", "i", "j", "k" e "l") serão licitados por Área de Registro do Plano Geral de Autorizações do Serviço Móvel Pessoal (PGA-SMP), aprovado pela Resolução nº 321, de 27 de setembro de 2002, constituída pelos municípios com mesmo Código Nacional (CN).

    Algumas das subfaixas citadas no Tipo 2 não serão objeto da Licitação, de acordo com o que prevê as diretrizes para a redistribuição dos blocos de radiofrequências na faixa de 3,5 GHz com o direito de uso já outorgado na Licitação nº 003/2002/SPV/ANATEL, de novembro de 2002.

    A subfaixa "a" da Figura 1 não constitui objeto da presente licitação, tendo em vista o disposto no art. 4º da Resolução nº 537, de 17 de fevereiro de 2010, que republica, com alterações, o Regulamento sobre Condições de Uso da Faixa de Radiofreqüências de 3,5 GHz.

    Para uma mesma Área de Prestação, cada Lote representa um direito de escolha, pela proponente vencedora no respectivo Lote, da subfaixa desejada na faixa de 3.400 MHz a 3.600 MHz, conforme disposto na figura 1.

    Para cada Área de Prestação disposta, a escolha, pela(s) proponente(s) vencedora(s) da(s) subfaixa(s) desejada(s) na faixa de 3.400 MHz a 3.600 MHz obedecerá à ordem de numeração dos Lotes.

    Assim, a proponente vencedora no primeiro lote, em uma determinada Área de Prestação, será a primeira a escolher a subfaixa desejada na faixa de 3,5 GHz. Da mesma maneira, a Proponente vencedora no segundo Lote na mesma Área de Prestação será a segunda a escolher a subfaixa desejada na faixa de 3,5 GHz, respeitada a escolha da primeira Proponente vencedora, e assim por diante.

    A participação na licitação é ampla e permite inclusive a formação de consórcio, sendo vedada apenas a participação de pessoa jurídica inserida em pelo menos uma das seguintes situações:

    (i) a pessoa jurídica impedida pela legislação;

    (ii) com falência decretada ou em regime de recuperação judicial;

    (iii) proibida de contratar com o Poder Público;

    (iv) que apresente mais de uma proposta para o mesmo Lote,

    (v) que não tenha cumprido, como prestadora do SMP, os compromissos assumidos e já vencidos, em faixas de radiofrequências do SMP.

    Serão exigidas a apresentação de três tipos de Garantia, a saber, Garantia de Manutenção de Proposta de Preço, Garantia de Execução de Compromissos de Abrangência e Garantia de Execução do Compromisso de Aquisição de Produto de Tecnologia Nacional, podendo a interessada optar pelas modalidades eletrônicas de Carta de Fiança Bancária, Títulos Públicos Federais ou Seguro-Garantia.

    O prazo da consulta pública será de 45 dias a partir da publicação do aviso no Diário Oficial da União. Haverá duas audiências, uma em Brasília e outra em São Paulo.

    O critério de julgamento será o de maior preço ofertado pelo lote de interesse. Para obter a autorização de uso de radiofrequência a proponente vencedora deve solicitar pelo menos uma autorização de um desses três serviço ou associá-la à autorização para a prestação desses serviços já detida pela proponente.

    Fonte: Site Anatel



  5. POr gentileza tem como voce me passar o link da antel. Onde tem essa informacao






Tópicos Similares

  1. PROVEDOR WIRELESS E A FREQUENCIA DE 900MHZ
    Por netuai no fórum Redes
    Respostas: 8
    Último Post: 28-11-2011, 14:51
  2. Respostas: 3
    Último Post: 26-12-2008, 11:01
  3. Freqüência de 4.9 GHz, alguém sabe?
    Por balisteri no fórum Redes
    Respostas: 6
    Último Post: 14-03-2007, 07:13
  4. Frequencia de operação da NET
    Por mantunespb no fórum Redes
    Respostas: 1
    Último Post: 03-08-2005, 13:38
  5. Respostas: 2
    Último Post: 07-07-2005, 22:53

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L