+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Uso de CPU para Servidor PPPoE

    Olá pessoal,

    Está semana realizei algumas modificações em minha rede e, uma delas foi implementar em uma RB600A autenticação por PPPoE, tudo funcinou e está funcionando corretamente, porém ela está com uso de CPU muito elevado (em minha opinião), ficando em torno de 40%, isso para aproximadamente 45 clientes conectados simultaneamente.
    Antes a RB600A fazia somente papel de bridge e seu processamento ficava em torno de 5%.

    Gostaria de saber do pessoal que utiliza PPPoE se é isso mesmo o processamento ou se à, algo que seja possível fazer para melhorar.

  2. #2

    Padrão

    Pra gerenciar vc poderia ter optado por uma RB450g, essa RB600 é boa somente para bridge mesmo, ou seja, trasmitir para os clientes!!!



  3. #3

    Padrão

    eu tenho um athlon x2 sendo servidor central de pppoe, em media 600~800 sessoes simultaneas.. consome 50.. 55% de cpu.. e 1.4gb de ram !

  4. #4

    Padrão

    Então,

    Eu possuia um servidor PPPoE central (servidor IBM Dual Core 2GB), porém minha rede é constituida de 8 torres ligadas todas com WDS (350~450 sessões simultaneas), comecei a ter alguns problemas na rede, ai centralizei a conexão em cada torre nas RB600A e o problema foi soluciado.

    Como que vocês fazem a ligação das torres para repassar o mac?

    Obrigado.



  5. #5

    Padrão

    O ponto que tenho maior concentração pppoe chega 250 conexão simultaneas (pentium dual-core 2Gb de ram) não passa de 20% do consumo da CPU.
    Nos outros pontos (torres e condominios rb433ah) não deixo passar de 40 conexão simultaneas ao passar disso instalo uma casinha com PC para consentrar a autenticação.
    RB não é feita para situações onde se exige um grande processamento e mais 40 conexão simultaneas para mim RB não serve.

  6. #6

    Padrão

    Citação Postado originalmente por renatopissinati Ver Post
    Olá pessoal,

    Está semana realizei algumas modificações em minha rede e, uma delas foi implementar em uma RB600A autenticação por PPPoE, tudo funcinou e está funcionando corretamente, porém ela está com uso de CPU muito elevado (em minha opinião), ficando em torno de 40%, isso para aproximadamente 45 clientes conectados simultaneamente.
    Antes a RB600A fazia somente papel de bridge e seu processamento ficava em torno de 5%.

    Gostaria de saber do pessoal que utiliza PPPoE se é isso mesmo o processamento ou se à, algo que seja possível fazer para melhorar.
    Uso de CPU de PPPoE é alto mesmo. Talvez usar a RB-800, mas ela não custa o dobro.



  7. #7

    Padrão

    Citação Postado originalmente por renatopissinati Ver Post
    Então,

    Eu possuia um servidor PPPoE central (servidor IBM Dual Core 2GB), porém minha rede é constituida de 8 torres ligadas todas com WDS (350~450 sessões simultaneas), comecei a ter alguns problemas na rede, ai centralizei a conexão em cada torre nas RB600A e o problema foi soluciado.

    Como que vocês fazem a ligação das torres para repassar o mac?

    Obrigado.
    O jeito com melhor performance de repassar MAC seria habilitar MPLS/VPLS nas suas torres, tunelando para seu concentrador PPPoE central. A rede seria toda roteada mas você teria o MAC chegando no concentrador. Vide exemplo em
    Transparently Bridge two Networks using MPLS - MikroTik Wiki

  8. #8

    Padrão

    Bom dia,

    Quanto ao uso do MPLS/VPLS entendi com é feito a ligação entre as torres, mas ficou alguns "?" em minha mente. No esquema do WDS fazia a seguinte configuração:

    As interfaces dos clientes estavam na mesma bridge do enlace, e na outra ponta todos era mesma situação, ou seja, todos os clientes das torres estavam na mesma bridge (existia regras para bloquear a comunicação entre eles), mas o que me afetava (acredito eu) era a quantidade de broadcast que era emitida na rede, tanto pelo concentrador quanto por alguns virus nos pcs dos clientes.

    Portando, no MPLS/VPLS tudo é repassado de uma torre para outra ou somente o MAC? E caso se for habilitado no concentrador um servidor de DHCP para fornecer ips ao clientes, irá funcionar?

    Obrigado.



  9. #9

    Padrão

    Citação Postado originalmente por renatopissinati Ver Post
    Bom dia,

    Quanto ao uso do MPLS/VPLS entendi com é feito a ligação entre as torres, mas ficou alguns "?" em minha mente. No esquema do WDS fazia a seguinte configuração:

    As interfaces dos clientes estavam na mesma bridge do enlace, e na outra ponta todos era mesma situação, ou seja, todos os clientes das torres estavam na mesma bridge (existia regras para bloquear a comunicação entre eles), mas o que me afetava (acredito eu) era a quantidade de broadcast que era emitida na rede, tanto pelo concentrador quanto por alguns virus nos pcs dos clientes.

    Portando, no MPLS/VPLS tudo é repassado de uma torre para outra ou somente o MAC? E caso se for habilitado no concentrador um servidor de DHCP para fornecer ips ao clientes, irá funcionar?

    Obrigado.
    Só vai ter broadcast na rede se as máquinas dos clientes estiverem mal configuradas, pois elas só deviam ter na placa ligada ao provedor o protocolo PPPoE, não qualquer outro protocolo como IP, IPX ou Netbeui. O IP só vai existir no adaptador PPPoE, não na placa de rede onde tem PPPoE.

    Concentrador PPPoE pega IP do pool, não precisa ter DHCP habilitado para fornecer IP para os clientes... me parece que você está misturando as coisas...

  10. #10

    Padrão

    Olá amigo,

    Temos um servidor p4 3.0Ghz com 2Gb de memoria para pppoe sendo o concentrador e autenticador ainda, pois estamos implantando o radius

    media de 800 con/simult.

    processamento - 60%
    memoria - 150Mb.