Página 4 de 4 PrimeiroPrimeiro 1234
+ Responder ao Tópico



  1. #61

    Padrão Re: Homologação de Equipamentos

    Bom galera, se é que alguém se interessa, caso optemos por importar os equipamentos legalmente e em conjunto, o negócio valerá a pena após o RTU, mas antes disso, não é nada muito vantajoso.
    Encontrei os produtos em Hong Kong com um preço razoavel, então segue o exemplo de um produto orçado:

    Nanobridge m5 22db, sendo o pedido minimo de 30 unidades - 69 USD por unidade + 580USD de frete para as 30 unidades.
    Assim sendo, chegariam aqui por 88,33USD, que convertendo ao cambio de hoje daria 154,58 reais por unidade.
    O problema é o imposto de 60%, pois com ele a unidade vai para 247 reais.

    A nivel de comparações, o mesmo equipamento nas revendas oficiais do Brasil custa 290 reais + o frete que dependendo de onde se encontra da uma boa diferença no custo.

    A diferença não é tão grande à primeira vista, mas lembrando que é um pedido de 30 unidades, a diferença passa seguramente de 1300 reais.

    Agora, se a RTU realmente passar a valer, com o custo de 86 dolares no PY + o imposto unico de 42,5%, mesmo com o custo da viagem até o PY e da diferença do cambio doido que eles usam, e ainda será um ótimo negócio se enquadrar na RTU.

  2. #62

    Padrão Re: Homologação de Equipamentos

    MUITO COMPLEXOOOO!! É impressionante como burocratizam um procedimento que deveria ser tão simples... Acho que uma idéia para derrubar isso seria uma legislação, pelo menos uma "desburocratizando" a homologação para equipamentos de Radiação Restrita, com a justificativa de fomentar o PNBL. Alguém conhece Deputados Federais para encaminharmos um projeto?
    Miniaturas de Anexos Miniaturas de Anexos Procedimentos.pdf  



  3. #63

    Padrão Re: Homologação de Equipamentos

    estive lendo esse documento, realmente é um processo muito burocraticado.
    conheço candidato a senador apenas.

    Citação Postado originalmente por kleberbrasil Ver Post
    MUITO COMPLEXOOOO!! É impressionante como burocratizam um procedimento que deveria ser tão simples... Acho que uma idéia para derrubar isso seria uma legislação, pelo menos uma "desburocratizando" a homologação para equipamentos de Radiação Restrita, com a justificativa de fomentar o PNBL. Alguém conhece Deputados Federais para encaminharmos um projeto?

  4. #64

    Padrão Re: Homologação de Equipamentos

    Pelo que vi na resolução 242/2000, os valores dos emolumentos são:
    Homologação de Certificado de Conformidade R$ 500,00
    Homologação de Declaração de Conformidade R$ 200,00
    Renovação de Homologação R$ 200,00

    Será que esse valor já foi atualizado? Mesmo assim, o caro deve ser o custo do laboratório OCD.

    Alguém tem alguma informação sobre os valores?



  5. #65

    Padrão Re: Homologação de Equipamentos

    Citação Postado originalmente por kleberbrasil Ver Post
    MUITO COMPLEXOOOO!! É impressionante como burocratizam um procedimento que deveria ser tão simples... Acho que uma idéia para derrubar isso seria uma legislação, pelo menos uma "desburocratizando" a homologação para equipamentos de Radiação Restrita, com a justificativa de fomentar o PNBL. Alguém conhece Deputados Federais para encaminharmos um projeto?

    Kleber se você tiver bem detalhado, ai com uma boa justificativa, pediria para você me enviar: Por dois motivos

    1º Atendemos uma empresa do Deputado Estadual Rafael Grega e Filhos.
    2º Nosso Governador do Estado Roberto Requião afastado e Pessuti, aprovaram o PEBL - plano estadual de banda larga e a Pinhais Telecom é participante.

    Posso encaminhar tanto para o Deputado Rafael Greca, como para o governador do Estado Orlando Pussuti, assim como para o Governadro Requião, afastado para concorrer a um cargo de Senador, com a justificativa, desde que bem fundamentada, como fatores, que poderiam impedir o crescimento e o desenvolvimento do projeto para levar internet as familias de baixa renda que participam dos programas sociais do governo estadual e do governo federal:

    • bolsa familia
    • bolsa alimentação
    • vale gás
    • leite da familia


    etc:


    fico no aguardo.

  6. #66

    Padrão Re: Homologação de Equipamentos

    Galera, não vamos começar a patinar e viajar na maionese...
    Pedir uma mudança legislativa para um deputado ou senador seria inviavel, ainda mais em se tratando de ano eleitoral, isso iria talvez para a pauta do ano que vem, e se for, deverá ser votada em mais um ou dois anos, e pensando positivo, caso nada nem ninguém queira rever ou auterar a proposta, teriamos isso entrando em vigor daqui uns 3 anos ou quatro.

    Precisamos nos organizar na homologação agora e com as regras vigentes. Complicado eu sei que é, afinal é por isso que estamos aqui discutindo, pois fosse fácil fariamos cada um por si.
    Devemos seguir as atuais regras e tentar conseguir a homologação. Apesar de dificil, sabemos que não é impossivel, pois tem varias empresas que homologam os produtos quando lhes convém, então acho que é hora de botarmos a mão na massa e começar a fazer.

    Se quiserem tentar, podem contar comigo no que for preciso, mas se for para esperar favores politicos já aviso de antemão que estou fora.



  7. #67

    Padrão Teimosia da minha parte

    -----Mensagem original-----
    De: kleber brasil [mailto:[email protected]]
    Enviada em: sexta-feira, 20 de agosto de 2010 06:21
    Para: CC - RFCEC
    Assunto: Homologação de Equipamentos

    Estou pretendendo importar um equipamento de telecom que ainda não esta homologado/certificado pela ANATEL, os distribuidores de Telecom não tem interesse em investir devido a demanda mínima, minhas dúvida são:

    1 - Posso usar os testes do fabricante que foram reportados ao FCC e aproveita-los em um eventual processo de homologação/certificação de um equipamento de telecomunicações?

    2 - É requisito obrigatório contratar um OCD e Laboratórios para homologação/certificação de um equipamento para uso próprio?

    3 - A ANATEL possui alguma cartilha mostrando os procedimentos de homologação/certificação? Qual o procedimento menos burocrático para homologar/certificar um equipamento de telecom?


    Grato
    --
    Kleber de Albuquerque Brasil
    CEL: 63 8402-7676
    Email: [email protected]
    Web: BLZ NET - Soluções em Acesso à Internet

    ---------- Mensagem Respondida ----------
    De: CC - RFCEC <[email protected]>
    Data: 24 de agosto de 2010 20:25
    Assunto: RES: Homologação de Equipamentos
    Para: kleber brasil <[email protected]>


    Prezado Kleber,

    Respondendo as suas perguntas:

    Para certificação de determinados tipos de aplicações do produto é possível o reconhecimento do certificado da FCC (exemplo: equipamentos de radioamador). Contudo, mesmo, para uso próprio da empresa, se o equipamento for utilizado na prestação de um serviço de telecomunicações o certificado da FCC não poderá ser utilizado e seria obrigatório a certificação junto à um Organismo de Certificação Designado (OCD).

    Qualquer outra dúvida sobre o processo, solicitamos entrar em contato com um dos OCD (que estão capacitados para instruir sobre o procedimento de certificação) ou entrar em contato com nossa Gerência de Certificação por um dos telefones: (61) 2312-2318 ou (61) 2312-2254.

    Atenciosamente,
    RFCEC - Gerência de Certificação
    Anatel - Agência Nacional de Telecomunicações

  8. #68

    Padrão Re: Homologação de Equipamentos

    Esta é uma das poucas vêzes que vejo uma resposta clara para uma consulta.
    Daí que para homologar vai complicar mesmo.



  9. #69

    Padrão Re: Teimosia da minha parte

    Citação Postado originalmente por kleberbrasil Ver Post
    -----Mensagem original-----
    De: kleber brasil [mailto:[email protected]]
    Enviada em: sexta-feira, 20 de agosto de 2010 06:21
    Para: CC - RFCEC
    Assunto: Homologação de Equipamentos

    Estou pretendendo importar um equipamento de telecom que ainda não esta homologado/certificado pela ANATEL, os distribuidores de Telecom não tem interesse em investir devido a demanda mínima, minhas dúvida são:

    1 - Posso usar os testes do fabricante que foram reportados ao FCC e aproveita-los em um eventual processo de homologação/certificação de um equipamento de telecomunicações?

    2 - É requisito obrigatório contratar um OCD e Laboratórios para homologação/certificação de um equipamento para uso próprio?

    3 - A ANATEL possui alguma cartilha mostrando os procedimentos de homologação/certificação? Qual o procedimento menos burocrático para homologar/certificar um equipamento de telecom?


    Grato
    --
    Kleber de Albuquerque Brasil
    CEL: 63 8402-7676
    Email: [email protected]
    Web: BLZ NET - Soluções em Acesso à Internet

    ---------- Mensagem Respondida ----------
    De: CC - RFCEC <[email protected]>
    Data: 24 de agosto de 2010 20:25
    Assunto: RES: Homologação de Equipamentos
    Para: kleber brasil <[email protected]>


    Prezado Kleber,

    Respondendo as suas perguntas:

    Para certificação de determinados tipos de aplicações do produto é possível o reconhecimento do certificado da FCC (exemplo: equipamentos de radioamador). Contudo, mesmo, para uso próprio da empresa, se o equipamento for utilizado na prestação de um serviço de telecomunicações o certificado da FCC não poderá ser utilizado e seria obrigatório a certificação junto à um Organismo de Certificação Designado (OCD).

    Qualquer outra dúvida sobre o processo, solicitamos entrar em contato com um dos OCD (que estão capacitados para instruir sobre o procedimento de certificação) ou entrar em contato com nossa Gerência de Certificação por um dos telefones: (61) 2312-2318 ou (61) 2312-2254.

    Atenciosamente,
    RFCEC - Gerência de Certificação
    Anatel - Agência Nacional de Telecomunicações
    Kleber, e tem alguma idéia dos custos da certificação no OCD?
    Um amigo engenheiro de uma telecom, me disse que o processo custa entre 3.000 e 5.000 reais dependendo das especificações do fabricante.

    Digamos que seja 5.000, e com os custos da propria anatel chegue a 7.000, ainda assim acho muito barato para um grupo de empresas e empresários como nós somos na maioria aqui no Underlinux.

    Acho que hoje o airmax 5,8GHZ é a tendencia geral para o atendimento ao publico nos proximos anos, então se unirmos 10 empresas para homologar as airgrids, 700 reais é muito barato face a possibilidade de importação do produto já homologado e até de possiveis multas evitadas durante os proximos anos de uso da tecnologia.

    Enfim, creio que devemos nos focar agora nos custos e designar uma empresa para fazer a homologação. Poderia ser um rodizio entre nós e cada um homologa um equipamentos de cada vez em seu nome, ou se você se dispor Kleber, poderia vc fazer a homologação em seu nome após o rateio de custos entre os interessedos.

    Enfim, da minha parte estou disposto a por a mão no bolso para que façamos a coisa andar o mais rapidamente possivel.

  10. #70

    Padrão Re: Teimosia da minha parte

    Tbm acho um valor bem baixo se um grupo de provedores se unirem para homologarem determinado equipamento.

    outra coisa... referente a NF do produto e a responsabilidade de homologacao/solicitante.
    estive analisando aqui o necessidade ou nao de se ter a NF do equipamento.
    Geralmente os fiscais solicitam NF para comprovar data de compra do equipamento (90% dos fiscais) e em alguns casos ate a sua procedencia (10% dos fiscais)... apesar de que um fiscal nao pode aplicar uma multa/PADO somente pela procedencia (ja que o produto pode ter passado por 2, 3 ou mais revendas... impossivel um fiscal ter certeza da procedencia).
    Em todo caso, a homologacao de um equipamento serve para certificar que determinado equipamento/produto esta de acordo com as normas Brasileiras e que possue um representante/responsavel legal no país.
    Logo, a homologacao pode ser feito em nome de qualquer um... e essa empresa autorizar a quem interessar que use o devido codigo de homologacao.
    assim, as empresas que participaram da homologacao poderiam comprar o equipamento/produto em qualquer lugar... porem, continuaria a solicitante da homologacao como sendo um representante/responsavel legal no país

    Citação Postado originalmente por rjunior543 Ver Post
    Kleber, e tem alguma idéia dos custos da certificação no OCD?
    Um amigo engenheiro de uma telecom, me disse que o processo custa entre 3.000 e 5.000 reais dependendo das especificações do fabricante.

    Digamos que seja 5.000, e com os custos da propria anatel chegue a 7.000, ainda assim acho muito barato para um grupo de empresas e empresários como nós somos na maioria aqui no Underlinux.

    Acho que hoje o airmax 5,8GHZ é a tendencia geral para o atendimento ao publico nos proximos anos, então se unirmos 10 empresas para homologar as airgrids, 700 reais é muito barato face a possibilidade de importação do produto já homologado e até de possiveis multas evitadas durante os proximos anos de uso da tecnologia.

    Enfim, creio que devemos nos focar agora nos custos e designar uma empresa para fazer a homologação. Poderia ser um rodizio entre nós e cada um homologa um equipamentos de cada vez em seu nome, ou se você se dispor Kleber, poderia vc fazer a homologação em seu nome após o rateio de custos entre os interessedos.

    Enfim, da minha parte estou disposto a por a mão no bolso para que façamos a coisa andar o mais rapidamente possivel.



  11. #71

    Padrão Re: Homologação de Equipamentos

    sindicato? que tipo?
    a area de informatica é uma das poucas que nao tem sindicato...
    ate educação fisica tem... menos nos ^^
    Citação Postado originalmente por JorgeAldo Ver Post
    isso era função do sindicato

  12. #72

    Padrão Re: Homologação de Equipamentos

    acho que ate uma assossiacao seria uma alternativa.
    se pegarmos como exemplo a ANID... que deve ter mais de 1000 associados...
    um custo de ate R$ 10 mil para homologar determinado equipamento... teria um custo irrisorio para cada um...
    R$ 10,00 por associado.

    com esse valor... creio que daria para homologar uns 5 equipamentos por mês....
    Citação Postado originalmente por JorgeAldo Ver Post
    exatamente, seria uma das funções do sindicato de provedores via radio, homologar equipamentos uteis à todos os provedores.