+ Responder ao Tópico



  1. OVO DE COLOMBO
    Conta-se que em uma certa ocasião, após o grande feito da descoberta daAmérica, Cristovão Colombo foii convidado para um banquete. No banquete, um dos presentes, enciumado com oglamour de Colombo, fez a seguinte pergunta:
    - "Se você não tivesse descoberto a América, por acaso não existem outros homens na Espanha que poderiam fazê-lo?"
    Colombo então, longe de se exaltar, não respondeu diretamente à pergunta, mas propôs um desafio aos presentes. Pegou um ovo de galinha e desafiou todos os que estavam ali para colocar o dito ovo em pé, sobre uma das extremidades, o desafio foi bem aceito, todos ávidos por ganhar de Colombo. Após algum tempo, Colombo solenemente pediu sua vez, pegou o ovo e deu leves batidas contra a mesa até que a casca levemente se quebrasse embaixo, e com esse achatamento, foi simples colocá-lo de pé.
    O homem que havia iniciado o desafio exclamou:
    - "Assim qualquer um pode fazê-lo!"
    E Colombo retrucou:
    - " Sim, qualquer um! Mas "qualquer um" ao que se lhe tivesse ocorrido fazê-lo."
    E acrescentou: - "Uma vez que eu mostrei o caminho ao Novo Mundo", "qualquer um" poderá segui-lo. Mas "alguém" teve antes que ter a idéia. E "alguém" teve depois que decidir-se a colocá-la em prática."
    Nem tudo que não para em pé é ovo.
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Ovo_de_Colombo

  2. Ao menos se o colombo estivesse vivo iria colocar essa do ovo no YOUTUBE.



  3. A OSMOSE NO PORTAL
    Coisinha enrolada este triangulo de canais, resoluções e clientes. Claro que tudo passa pelo crivo do resultado econômico de como ganhar mais. Existe uma perfeita equivalência entre esses três, os gregos foram os primeiros a perceberem relações perfeitas nos nossos construtos hipotéticos. Quem não se lembra do velho sábio Pitágoras? Este pilar intelectual anunciou para todos os homens vivos e para todos os que nasceriam depois que um triangulo retângulo guarda uma perfeita relação de equivalência entre os seus lados. Que feito. É muito poético o enunciado. NUM TRIANGULO RETANGULO O QUADRADO DA HIPOTENUSA É IGUAL À SOMA DOS QUADRADOS DOS CATETOS.
    Passaram dois mil e quinhentos anos e bem aqui nos peitos do Under-Linux, com muito descaro vou parodiar o velho sábio. Que atrevimento, mas lá vai.
    Imaginem que num POP, (H) seja o número de clientes, (A) seja a Anatel e (C) número de canais. Estes três se relacionariam assim, H2 =C2 + A2
    Onde A por certo seria o cateto menor. Sentiram?
    Ao montarmos um POP qual o principal interesse? Respondo: Que neste POP possa haver o máximo de clientes possíveis. Quanto mais clientes pagando, maior é o resultado financeiro daquele POP. Olha que o ângulo não importa, tanto faz olhar o triangulo ou o POP daqui ou daí, todo mundo quer mesmo é o máximo resultado financeiro.
    Como o nobre Mancebo sempre realça aqui, só existem 4 canais disponíveis no wifi e conseqüentemente, até então, apenas quatro rádios poderiam ser usados quando ligados á quatro setoriais. Coisa dêmodê,
    Quando dizem que eu sou um veio gagá estão só cinqüenta por cento certo, vou provar.
    Se as mesmas quatro antenas estiverem sendo utilizadas com dois T Mágicos o resultado maravilhoso é que podemos colocar quatro rádios á mais naquela mesma instalação e
    Continua...

  4. Continuação...
    conseqüentemente poderemos alimentar o dobro de clientes. Poderíamos ter os canais (1 e 5) irradiando para o norte com uma antena e para o sul com outra antena. Os canais (9 e 13) irradiando com uma antena para o leste e com outra para o oeste.
    O dindinho dobra o bolso enche e a comunidade agradece. Legal né? Tem cinqüenta por cento mais versáteis que muitos cem por cento.
    Mancebão, deixa de ser teimoso e agrega. O camaleão só sobrevive porque sabe trocar de cor. Troque de opinião e aumente a sua hipotenusa. Não faça como o Dunga, escale o Ronaldinho, quero dizer o T Mágico, que a taça vem.
    Um dia tomando um bom vinho vamos liquidificar o T Mágico e o MIMO. Verás que com imaginação sempre se pode inventar um novo coquetel, esta é exatamente a beleza das telecomunicações. Se exagerarmos na quantidade bebida, quem sabe possamos navegar no meu próximo desafio chamado CICULADOR? Gostaria muito da tua ajuda. Podes ter certeza, eles nunca terão sossego, sou descendente do Mal Das Trevas, lembra? Se não lembras não faz mal, foi coisa aqui no Under, escrita por mim no ano passado quando eu queria mostrar que o tripé arte, ciência e filosofia não se separam e que o resto é só luzinha piscando.
    Quando eu forneço o T Mágico, eu cobro para que não digam que é um presente grego. Para os menos capciosos, quis dizer que tem garantia.
    Dirijo-me agora para aqueles que venceram todas estas linhas. Prestem atenção: Não tentem separar o tripé, correm o risco não conseguirem cruzar o portal onde ocorre a osmose entre a mágica e a realidade e então ficarão no mundo do faz de conta onde até interferência e poluição existe.
    Perseverar sem o T Mágico é quase tão difícil quanto perseverar sem o teorema de Pitágoras. Gostou desta?
    Vai por mim.
    Um abraço.



  5. Chega... meu cérebro dói tentando entender essa filosofia...
    Espero que se queiram continuar, criem um tópico claro.






Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L