Página 7 de 9 PrimeiroPrimeiro ... 23456789 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por BrasileiroNet Ver Post
    É o primeiro tópico que as respostas não correspondem a pergunta, mas muito obrigado pelas aulas de economia.
    pode ter certeza que nao é o primeiro nao...

    mas, depois de ler tanta resposta... vejo que:
    se os camaradas acima estao trabalhando em provedor... entao estao trabalhando no lugar errado... kkkkkkkkkkk




  2. Citação Postado originalmente por BrasileiroNet Ver Post
    É o primeiro tópico que as respostas não correspondem a pergunta, mas muito obrigado pelas aulas de economia.
    Citação Postado originalmente por BrasileiroNet Ver Post
    Boa tarde a todos!!!!

    Galera é o seguinte, fiz um ptp com 2 nanos5 a 1,9Km passando 20Mbps (antena interna) até ai tudo bem, gostaria da opinião de vocês HOJE(2010), pois os relatos e posts que le são de 2006 a 2008. Gostaria de saber se eu colocar um Bullet5 com uma Omni de 12dbi 5.8Ghz OIW, atenderia uns 30 clientes? Clientes no máximo com 512k de down e 256k up em uma distancia de 4 a 5Km os clientes com nano5 e nano5loco. Aqui ja tem muita rede 2.4Ghz contando com a minha, rsrs.

    Ou colocaria 3 ou 4 nanos5 como ap-wds e clientes com nano5L. Já tenho um nano5 nesse prédio do ptp, com 2 clientes a 3Km passando 13Mbps. Gostaria de colocar a Omni pois utilizaria só dois canais, o do ptp e o do bullet5. (tudo como ponte) para se logar no hotspot.

    Obs: Não pretendo colocar rb e cartões pois fiz um investimento de +ou- 7 mil em 2.4ghz.

    Opinem... agradeço desde já.
    BrasileiroNET.

    Nós já esculhambamos seu post, vou tentar responder suas perguntas:


    Instalando Omni no bullet, vai fazer 30 clientes?
    É possível que não. Os Nanos e os Bullets (802.11) atendem no máximo 25 clientes simultâneos. Pela pequena capacidade de memória, não vai além disso.
    Sua opção é o Bullet M, que faz uma média de 50 clientes. Porém, este não é equipamento para estação base. O ideal é usar um Mikrotik com XR5.

    Distância de 4 a 5 KM a partir da base:
    É uma distância segura e coerente.

    Rede de 5.8 no lugar de 2.4 GHz:
    É questão de tempo (pouco tempo) até a frequência de 5.8 estar detonada. E isso vai acontecer bem rápido porque em 5.8 outdoor só se pode usar 4 canais de 20 MHz (resolução 506 ANATEL). Em 2.4 são 11 canais e a restrição de EIRP é muito mais severa. Ou seja, logo logo a turma deixa o 5.8 de lado e volta pra 2.4 GHZ.
    Os canais da frequencia 5.8 GHz autorizados para uso outdoor são 5745, 5765, 5785, 5805.

    3 ou 4 nanos5 como ap-wds:
    O nano também não é equipamento para estação base. Entretando, colocando vários, você divide a carga entre vários rádios e consegue atender mais clientes (além do limite de 25 do bullet 5).
    Lembra que os Nanos têm antena com ângulo de abertura de 60 graus, isto quer dizer que para atender 360 graus você vai precisar de 6 NanoStation.

    clientes com nano5L:
    É o equipamento ideal para essa aplicação (cliente). Pena que não está homologado, mas tem gente que usa e está feliz.

    ...utilizaria só dois canais:
    Não é obrigatório usar canais diferentes se os rádios não criam interferência entre si. Se todos os provedores utilizassem apenas um canal para suas redes, haveria menos interferência, mas isto é mera utopia da minha parte.

    Desculpe-nos pela bagunça no teu tópico. Se precisar de mais informação entre em contato comigo via mensagem particular ou e-mail.

    Abraço,

    ZéAlves

  3. Zé Alves, a faixa média de 5 GHz, o conhecido 5.4, pode usar em outdoor sim. Desde que respeite os limites:

    5.4 GHz (5470 MHz - 5725 MHz):
    Limite do transmissor: 250 mW (24 dBm)
    Limite de EIRP: 1 W (30 dBm)
    Uso obrigatório de DFS com radar detect.



  4. Zé Alves,
    ate onde conheco, as faixas que podemos usar sao:

    5150 a 5350 Mhz
    - O uso dessa faixa deve ficar confinado ao interior de edificações, ou seja, independentemente de potencias e antenas, etc, qualquer uso outdoor dessa faixa está irregular.
    - Mesmo internamente A potencia máxima EIRP (potencia do transmissor + ganho da antena) máxima permitida é de 200 mw (23 dBm)
    - Para trabalhar na eirp acima é necessário que o equipamento tenha TPC (Controle de potencia de transmissão)

    e caso não tenha o valor deve ser reduzido para 100 mw
    - para um pedaço dessa faixa (5250 a 5350) é necessário ainda que o equipamento possua DFS (Seleção dinâmica de frequencia).

    **5470 a 5725 Mhz
    - Potencia máxima do transmissor 250 mw (24 dBm) - ou seja, R52H, SR5, XR5, etc sem redução de potencias estão irregulares.
    - Potencia máxima EIRP 1 Watt (30 dBm)
    - Para trabalhar na eirp acima é necessário que o equipamento tenha TPC (Controle de potencia de transmissão) e caso não tenha o valor deve ser reduzido para 250 mw
    - É necessário que o equipamento possua DFS (Seleção dinâmica de frequência)


    **5725 a 5850 Mhz:
    - Potencia máxima do transmissor de 1 Watt (30 dBm)
    - Eirp máxima de 36 dBm (4 Watts)
    - Para sistemas multi-ponto é possível utilizar antenas de qualquer ganho, desde que não se excedam os valores acima
    - Para sistemas ponto a ponto é possível utilizar antenas de qualquer ganho desde que o limite do transmissor seja respeitado






Tópicos Similares

  1. Novo POP com Intelbras !
    Por RadNet no fórum Intelbras
    Respostas: 1
    Último Post: 26-02-2016, 08:00
  2. Respostas: 0
    Último Post: 06-12-2015, 11:22
  3. novo pop em queimados para link dedicado
    Por OMASTERTELECOM no fórum Redes
    Respostas: 0
    Último Post: 17-11-2014, 19:22
  4. Abrir novo POP
    Por Maxs França no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 10-03-2014, 09:04
  5. NOVO POP
    Por mwst no fórum Redes
    Respostas: 12
    Último Post: 20-12-2005, 08:21

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L