Página 3 de 4 PrimeiroPrimeiro 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por kleberbrasil Ver Post
    Eu uso fundo de acabamento http://www.solventex.com.br/site/pro...inha=2&grupo=3 é super resistente é 4X o valor do zarcão, mas vale a pena.
    Kleber, esta pode ser utilizada como fundo e também já ficar como acabamento, né?
    Uma coisa que estou pensando é fazer uma torre toda aparafusada. E daí pintar os componentes todos por imersão.

    Mas na ficha técnica desta tinta manda diluir em tinner 50%. Fica bem mais fluida que na pistola.
    E diz que é uma demão só. Achei estranho isso. Pois por ser mais diluida a película ficará mais fina que na pistola. Eu mergulharia numa segunda demão.

    Outra coisa que é fundamental na pintura, a preparação da superfície. Sabemos que o ferro vem com uma camada oleosa bem discreta, mas tem. Isso precisa ser retirado para que a aderencia do fundo seja o melhor possível. Talvêz por isso que às vezes se vê pinturas que solta tudo.
    Para os que fazem suas torres, como estão fazendo esta limpesa? Só passar um pano não vai remover esta gordura que tem no ferro.
    Na pintura eletrostática eles mergulham as peças em ácido para a decapagem (clorídrico se não me engano).
    Depois numa solução neutralizante e vai para secagem. Só depois é que vai para a pintura.

  2. Eu uso isso substituindo o Zarcão e tinta, passo só uma mão, mas no site recomenda duas mão, outro milagre desse produto é a oleosidade do ferro, a tinta não descasca... Vc só vai acreditar quando usar.



  3. Muito massa esta torre, parabens !!!

  4. Pessoal, gostei deste tópico, dêem uma olhada no meu Tópico tmbm, muito interessante!
    Super-TORRE Alto-Portante 30MTS



  5. Pessoal depois de muito estudo também estou fabricando minha primeira torre autoportante, juntamente com um amigo que é engenheiro civil, assim q ela estiver pronta irei disponibilizar as fotos da mesma.

  6. Citação Postado originalmente por kleberbrasil Ver Post
    Eu uso isso substituindo o Zarcão e tinta, passo só uma mão, mas no site recomenda duas mão, outro milagre desse produto é a oleosidade do ferro, a tinta não descasca... Vc só vai acreditar quando usar.
    Com certeza Kleber.
    Só para quem já passou por pintura em torre já em pé é que dá valor a uma excelente pintura, durável...

    Não dá para economizar na tinta



  7. Citação Postado originalmente por kleberbrasil Ver Post
    Cantoneira é melhor e acredito que seja mais barata... Posta mesmo os resultados, se for caso faremos um update nesse projeto.. Abraços!!
    amigo desculpe mais faz so um teste coloque uma cantoneira desda q deseja usar no chão e levante uma ponta dela somente por 2metros, depois repita isso com um tubo galvanizado de 1"1/4 uma polegada e 1quarto para ver se vc muda sua ideia de resistência anter mesmo um tubo de 1 polegada vai ser mais forte doq uma cantoneira de 1 ou 1/2 depende da chapa e claro, mais fica a dica oq.

  8. Citação Postado originalmente por GRKNET Ver Post
    amigo desculpe mais faz so um teste coloque uma cantoneira desda q deseja usar no chão e levante uma ponta dela somente por 2metros, depois repita isso com um tubo galvanizado de 1"1/4 uma polegada e 1quarto para ver se vc muda sua ideia de resistência anter mesmo um tubo de 1 polegada vai ser mais forte doq uma cantoneira de 1 ou 1/2 depende da chapa e claro, mais fica a dica oq.
    Com certeza o tubo é mais resistente. O problema que vejo no tubo é a questão da manutençao.
    Se ocorrer uma corrosão interna só iremos saber quando der um problemão.
    Uma vêz contratamos uma empresa especializada em estruturas metálicas para fazer uma cobertura de uma área. Daí o engenheiro me disse que não usavam tubo metalon porque quando da soldagem, pelo lado de dentro ocorre no local uma emissão de gases que irão corroer o metal mesmo que não haja umidade.
    Eles fizeram com perfil aberto, Foi pintado e nunca mais... até hoje, 25 anos está lá perfeito.
    Nunca me esqueci das palavras dele e até comecei a observar estruturas de tesouras metálicas onde é utilizado tubo. Já ví várias terem de ser substituidas.
    Agora, se depois dos módulos prontos da torre, tiver como passar por processo de galvanização novamente, daí a conversa muda de figura.
    Ou se houvesse como pintar o tubo internamente por imersão.



  9. Bom dia ,

    Projeto e ART pode ser executado por qualquer metalurgica...Caso tenha enteresse nos fornecemos o Projeto e ART.

    Icasol

  10. Muito bom, pode ler a opinião de cada um, e ver que hoje se preocupam em ter qualidade, bem diferente de milhares de torres que já estão instaladas e foram montadas sem previsão de cargas. Como engenheiro mecânico e há pouco tempo neste mercado, tenho sido convidado por alguns fabricantes de torres, para justamente calcular as cargas em função do número de antenas que são previstas no projeto, já quando a torre está instalada podem colocar outras antenas além do projeto, que é previsto a carga máxima, carga variável, força de arrasto do vento, peso da estrutura, e ai podem viabilizar a torre, gastar menos e ter maior segurança, com a memória de cálculo hoje é muito mais viável uma torre projetada por engenheiro mecânico, com certeza não haverá riscos, o que além de tudo existe empresas de seguros que podem lhe dar a devida segurança em casos de sinistros por algum tipo de erro, do tipo material comprado fora da especificação de projeto na hora da montagem, o cliente querer alterar o projeto, ai mudando alguma peça do projeto por questão de economia momentanea, corre o perigo de isentar o engenheiro mecânico que emitiu a ART - Anotação de Responsabilidade Técnica, mudou dados na memória de cálculo, ai os riscos recaem sobre quem adulterou o projeto, e o engenheiro mecânico é isentado das responsabilidades inerentes, não existe mais dizer que o engenheiro é responsável se for provado que algo mudaram no projeto original, ai meu caro voce é o responsável por não ter feito de acordo com o projeto original, tipicamente dizer que pediu ao engenheiro um projeto para suportar até 600 kilos de antenas, e coloca 750 kilos, ai passa a ser problema teu, quem vai responder civil e criminal e não o engenheiro, sacou. Deste modo, siga a bula do engenheiro, ou o projeto como foi projetado por ele, não terá problemas futuros, por que ai a responsabilidade é de quem aceitar responsabilidades sobre a estrutura metálica. Um projeto bem feito deve ter a colaboração dos seguintes engenheiros: mecânicos (estrutura metálica), elétrico (cálculo da irradiação e para raios) e do civil (fundação).



  11. A disposição

    Paulo Luporini Pastore
    Engenheiro Mecânico Pós Graduado em Mecânica USP
    CREA RS, BA, PA, SC, PR, MG, SP, GO, RJ, RO e TO
    www.treisc.eng.br - Fotos de Trabalhos Atuais
    Tel. 16 3307.5217 Vivo
    Cel. 16 8118.2522 Tim

  12. Pretendo fazer a base assim! Mas não sou engenheiro. Mas fazer um bloco de 250cmx250x250cm como um cubo parece ser exagero. A profundidade da mais segurança do que o excesso de robustez.
    E não é qualquer prédio que comporta uma coluna com esse diâmetro de 60cm

    Engenheiros fiquem a vontade para contestar!

    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         base.jpg
Visualizações:	440
Tamanho: 	600,1 KB
ID:      	47537



  13. também não sou engenheiro, mas eu penso que em vez de colocar um pilar só com 60cm de diâmetro, colocaria 4 pilares com 30cm diâmetro, um em cada canto.

    Porque penso assim? Uma torre autoportante, há um movimento que chamam de "balanço", além do peso próprio da estrutura.
    Isto forma um componente de força muito grande no pé da torre que tende a deitar todo o conjunto. Por isso que 4 pilares contrapõe melhor esta força.

    A base quadrada oferece a resistência ao afundamento pelo peso da torre.
    Mas também influi aí a ferragem e o tipo de dobra incluído nela. Só mesmo engenheiro para calcular isso.

  14. Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    também não sou engenheiro, mas eu penso que em vez de colocar um pilar só com 60cm de diâmetro, colocaria 4 pilares com 30cm diâmetro, um em cada canto.

    Porque penso assim? Uma torre autoportante, há um movimento que chamam de "balanço", além do peso próprio da estrutura.
    Isto forma um componente de força muito grande no pé da torre que tende a deitar todo o conjunto. Por isso que 4 pilares contrapõe melhor esta força.

    A base quadrada oferece a resistência ao afundamento pelo peso da torre.
    Mas também influi aí a ferragem e o tipo de dobra incluído nela. Só mesmo engenheiro para calcular isso.

    Acredito que assim daria uma ótima estabilidade nos quatro sentidos, cumpri a função dos quatro pilares que você sugeriu e aumenta a estabilidade.

    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         piramede_2.jpg
Visualizações:	335
Tamanho: 	696,1 KB
ID:      	47604

  15. Oi Kleber, nao estou conseguindo baixar a planta da torre de 25 metros, vc pode me disponibilizar o link?

  16. Alguem teria de formato quadrado, tubular e modulos soldados em tudo tubular?

  17. Bom dia,

    Projetos disponiveis no site da Icasol

    www.icasol.org

  18. Não encontrado!!!!!!

  19. interessante

  20. Alguns desenhos de projetos de torres telecom com diferentes tipos de perfis existem, o que não existe é um conhecimento mais profundo sobre a montagem de cada uma, é certo, que tem profissionais que conhecem, mas estes não tem tempo de ficarem em redes sociais explicando, enfim o comércio é para todos, tipo o médico quem sabe tudo, e para o paciente ele passa estritamente o necessário para um caso, assim é o mundo dos vivos, os que sabem só falam se houver uma troca de ganho, por que todos necessitam manter sua sobrevivência. Aqui não é diferente, as vezes alguma pessoa diz boas coisas, e resolve para quem tenha uma dúvida, ou várias dúvidas. No caso, do formato quadrado pela junção de depoimentos neste grupo, pude averiguar que não é tão quanto aplicada, devido que se tu tem uma de formato triangular, basta, e resolve na maioria dos casos, devido que a de formato quadrado, vai aumentar o peso, o custo e assim é desnecessário, é lógico que deverás a algum objetivo, que fortifica ao uso quadrado, salvo exceção, que pode ser devido as condições climáticas da região, ou o aporte do números de antenas, existem razões que alguns utilizam o formato quadrado, de ordem técnica, com certeza. Já o mérito do autor do projeto é atender o seu cliente, ou ele é o autor do projeto para si, para o fabrico de torres, e coloca no mercado formato quadrado como um tipo de assentamento, devido que na parte de engenharia em resistências dos materiais, mais um vértice implica em maior resistência para não haver torção da torre, é um item que diminui a incidência de rotação da estrutura, é mais sólida e maior resistência contra tempestades. Na memória de cálculo, implica a utilização de equação de torção, também para a de formato triangular, sim, mas aumenta a rigidez da torre, com isto, se diminui o números de elementos mecânicos, por um lado, mas aumenta-se o número de vértice, tudo vai do projetista que a projeta e pode aliviar ou não o peso. Já o fato de ser tubular, é um uso de quem quer esta finalidade, sabendo de suas desvantagens e vantagens, que é de maior resistência aos esforços solicitantes externos, sim, mas tem a desvantagem da corrossão interna que não é perceptivel. Um perfil X tem suas vantagens e desvantagens, outro perfil Y outro tipo de emprego, e assim se vai, existem os perfis metálicos que vai em função do projetista e seu cliente optarem pela melhor solução e custo. Os fabricantes fabricam e colocam no mercado os mais variados tipos de formatos e de elementos mecânicos, em base hoje de software´s que fazem o cálculo da estrutura, já a memória é um trabalho a parte vai do engenheiro como ele agrega parâmetros para que o projeto sai de acordo com uma finalidade, assim software´s e memórias de cálculos se integram num cenário para dar a uma torre sua devida adequação a finalidade a qual foi projetada, cada caso é um caso, assim dizer que os desenhos de projetos possam ser genéricos, não o são, por que podem ter variantes de tipos de empregos de elementos construtivos, que pode se dize fabricação artesanal, muito diferente da fabricação seriada ou alternativa por parte de um fabricante. Mais informações procure um engenheiro mecânico, ou um de telecomunicações, ou um elétrico, ou um civil, ou um técnico em telecomunicações, ou todos e tenha uma equipe multidisciplinar aonde cada um é parte de um todo, nunca faça um projeto sem ter a colaboração de cada um destes profissionais, ou que vem de praxe, e tenha padrão próprio para fabricação em base de experiências anteriores, e de que o projeto de sua torre é baseada em obras de autores anteriores com relevado sucesso. Se faltou algo, por favor adicione, ou se tem alguma porém fora do escopo, por favor acrescente, ou diga, para que possamos ter uma real claridade deste assunto, que no Brasil ainda estamos engatinhando perto dos europeus.






Tópicos Similares

  1. Modelo de Projeto de Cabeamento Óptico em Poste
    Por kleberbrasil no fórum Redes
    Respostas: 18
    Último Post: 28-10-2016, 16:04
  2. sistema para elaboraçao de projetos de fibra
    Por tamanho no fórum Redes
    Respostas: 3
    Último Post: 23-05-2016, 07:49
  3. Preciso de projeto de torre 15 ou 20 metros!!
    Por TreiscBr no fórum Redes
    Respostas: 0
    Último Post: 14-12-2015, 07:21
  4. Preciso de Projeto de torre auto portante ou estaiada
    Por joceliomarques no fórum Redes
    Respostas: 2
    Último Post: 13-03-2015, 07:01
  5. Respostas: 5
    Último Post: 03-04-2008, 04:30

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L