Página 2 de 3 PrimeiroPrimeiro 123 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #21

    Padrão Re: Linha UBNT MIMO 3,65GHZ e 900MHZ.

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Esta diferencça de preços é coisa que poderá cair com o tempo. Os Nano no início eram mais caros e cairam.
    Mas mesmo assim não jusltifica. Se a Flytec vende por 170dolares, é porque comprou por muito menos da Ubiquiti.
    E como a WDC compra direto, ela deve pagar também menos.
    Quanto a homologação, a WDC é autorizada da Ubiquiti. Eu acho que a p´ropria Ubiquiti deveria pressionar o distribuidor para que ele se agilize. Mesmo que o nosso mercado ainda seja pequeno, ele é expressivo.
    Por Ex: Saiu lá, a WDC já deveria ser informada com antecedência para que começasse seu projeto de homologação. O que parece mesmo é que eles esperam a reação do mercado. Nós confiamos mais nos produtos Ubiquiti que os distribuidores oficiais.
    1929, a Flytec vende o rocket M5 a 85 dolares. O preço de 170 é em reais.
    Acho que seria interessante para a propria UBNT subsidiar as revendas nacionais na homologação.
    Creio que valeria a pena a UBNT bancar 100% dos custos da homologação para suas revendas autorizadas como no caso a WDC, e elas homologarem o produto com nome e marca originais, pois já que não vão gastar com homologação, o que venderem será lucro e fruto de competencia.
    Essa tatica de homologar o produto sobre outra marca é mais uma das tantas sacanagens que nós pequenos provedores temos que aguentar nesse país.
    Como eu disse, já tenho comprados aqui nada menos que 50 Kits airmax só esperando a homologação para irem para os telhados dos clientes, e não vou mentir, foram todos comprados via PY com direito a 40% do "freteiro" que trás as peças e ainda assim é quase a metade do preço do equipamento vendido nas revendas nacionais.
    Eu tenho muita vontade de comprar 100% dos produtos legalizados aqui no Brasil, mas com esse preço extorsivo não dá.
    Como empresário reconheço as dificuldades do mercado nacional na questão fiscal e claro que compraria o produto mesmo com certa diferença de preço acima dos de origem de descaminho, mas o preço que cobram aqui beira a piada.

    Em contato com as revendas elas sempre colocam a culpa na carga tributária e no baixo volume de vendas, mas se elas proprias acreditassem no mercado e praticassem preços realistas com o mercado, tenho certeza que todos nós optariamos pelo produto legal.

    Enquanto isso, tenho previsão de compra para mais 50 Kits nos proximos 3 meses, e sou praticamente obrigado a mais uma vez usar de meios excusos.

    Essa questão da WDC licenciar sob outra marca, vai acabar como os Aprouters, que são os ABOCONs vendidos no Alibaba por 9 dolares a PCB OEM para 100 peças e que chegam no Brasil com frete, impostos e tudo por cerca de 50 reais (eu já comprei direto). É querer demais que eu acredite que um firmware copiado da WAPPRO e sem liberação das fontes GPL e uma caixinha de plastico qualquer valham 200 reais.

  2. #22

    Padrão Re: Linha UBNT MIMO 3,65GHZ e 900MHZ.

    hmmmm muito bom essa notícia hein, so falta vermos a coisa funcionando na pratica, coisa que infelizmente nao chega aos pés da teoria.
    Agora me respondam uma coisa, a frequencia de 900MHz, nao causa interferencia com as empresas de telefonia celular?

    É complicado essa questão dos preços abusivos que temos que pagar para entrar na "legalidade", ate hj eu me imagino pra quem é essa legalidade, pq agente é roubado na cara dura e pelo jeito nao tem previsão de parar com esse assaulto

    Regards!



  3. #23

    Padrão Re: Linha UBNT MIMO 3,65GHZ e 900MHZ.

    Citação Postado originalmente por DarthLodis Ver Post
    hmmmm muito bom essa notícia hein, so falta vermos a coisa funcionando na pratica, coisa que infelizmente nao chega aos pés da teoria.
    Agora me respondam uma coisa, a frequencia de 900MHz, nao causa interferencia com as empresas de telefonia celular?

    É complicado essa questão dos preços abusivos que temos que pagar para entrar na "legalidade", ate hj eu me imagino pra quem é essa legalidade, pq agente é roubado na cara dura e pelo jeito nao tem previsão de parar com esse assaulto

    Regards!
    Temos se não me falha a memória, 3 canais de 10MHZ ISM dentro dos 900MHZ, então se cair no gosto popular, continuaremos limitados pela interferencia, mas já é um bom começo.

  4. #24

    Padrão Re: Linha UBNT MIMO 3,65GHZ e 900MHZ.

    Puxa pessoal,

    Nós temos que valorizar as empresas que geram negócios aqui no Brasil para sermos valorizados também. Eu não sei a tributação que a WDC sofre, nem sei como ela importa seus produtos, mas sei que é uma das poucas empresas que vai homologar a linha Ubiquiti.

    Presumir a margem de lucro de um lojista sem conhecer a fundo todos os custos de sua operação é tolice.

    O que vocês sentem quando o cliente diz? "O provedor paga R$ 290 por um mega e me revende o mesmo mega por R$ 700. Tudo um bando de oportunista tirando vantagem de nós pobres coitados que dependemos deles pra ter internet".

    Quando o cliente diz isso dos provedores, eles não sabem que pra pagar R$ 290 por mega, o provedor precisa contratar 100 megas mensais e terá um compromisso de fidelidade com a empresa de link. É a velha estória do "TODO MUNDO VÊ AS PINGAS QUE EU TOMO,MAS NINGUÉM VE OS TOMBOS QUE LEVO"

    Vamos voltar pro debate técnico. Falar de dinheiro, futebol e religião é esquentar os ânimos desnecessáriamente.

    ZéAlves



  5. #25

    Padrão Re: Linha UBNT MIMO 3,65GHZ e 900MHZ.

    Citação Postado originalmente por lgiudice Ver Post
    Acho que não, pelo que estou reparando a RocketDISH vai ficar apenas no 5.8 mesmo.
    O Rocket900M seria para usar com a setorial mesmo.

    Acredito que as RocketDISH eles idealizaram para backhaul, para alimentar POPs em 900, 2.4 e 5.8.

    Fico curioso com um POP com Rocket900M com as setorial da Ubnt e nos cliente esse Nano loco 900, acredito que o throughput por cliente não seria muito alto.
    Se realmente for isso, vai pro chapéu meus planos de interligar os pontos com tudo Ubiquiti.

    Vou apelar pra 4 Yagi... hehehehehehehe

    ZéAlves

  6. #26

    Padrão Re: Linha UBNT MIMO 3,65GHZ e 900MHZ.

    Zé, realmente falar de custos é complicado, mas acabei agora de orçar as airgrid M5 de 23 db em uma revenda nacional por 290 reais.
    No PY a mesma airgrid M5 23 db é 120 reais.

    Mas eu comprarei mesclando Br e Py para tanto para incentivar as revendas nacinais quanto me manter no negócio, mas no caso da WDC, elas não estão homologando os equipamentos ubnt, estão montando aqui e homologando com marca propria para cobrarem o que quiser, e aí também não acho nenhuma justiça no processo.



  7. #27

    Padrão Re: Linha UBNT MIMO 3,65GHZ e 900MHZ.

    O Zé tem razão na questão da valorização dos distribuidores oficiais.
    Eu comprei semana passada da WDC a preços mais baixos que a última compra e ainda parcelo no cartão em 6x sem juros.
    Na questão financeira, a maioria de voces não viveu a crise da década de 80. Inflação de mais de 80% ao mês. Isso criou uma memória inflacionária muito forte que aos poucos vai se dissipando.
    Porém os governantes não deram o exemplo em baixar custos. Continuamos com uma das maiores cargas tributárias do mundo, com um dos maiores juros do mundo. Tudo isso com certeza influi no preço final. Se o plano Real deu certo é porque a sociedade civil como um todo comprou a idéia. Mas os governantes só se regalam ao apresentar cada vêz mais recordes de arrecadação. O dia que estes carar realmente encararem uma reforma tributária decente, nós vamos ver uma explosão de produção e consumo como nunca no país. Eles alegam que consumo de mais é perigoso para a inflação. Se não houver aumento de produção realmente, senão é balela.
    Qualquer hora eu vou abrir um tópico sobre a DRU e daí voces vão se arrepiar do que esses caras fazem com a gente. Paro por aqui, pois o Zé tem razão. Finanças é outro campo.

  8. #28

    Padrão Re: Linha UBNT MIMO 3,65GHZ e 900MHZ.

    Galera, mas vamos voltar pra parte tecnica que é o que interessa...

    Será que a aplicação multiponto em 900mhz trará realmente uma boa banda nLOS e NLOS?
    Alguém sabe qual a EIRP maxima permitida pela anatel para aplicações WIFI em 900mhz?

    A nivel de comparação, qual é a EIRP de um modem 3G e das ERBs 3G para termos uma noção ?



  9. #29

    Padrão Re: Linha UBNT MIMO 3,65GHZ e 900MHZ.

    Citação Postado originalmente por rjunior543 Ver Post
    ... estão montando aqui e homologando com marca propria para cobrarem o que quiser, e aí também não acho nenhuma justiça no processo.
    Puxa Junior,

    Pode acreditar que não é isso não. Eu conheço o dona da WDC e a última coisa que ele seria nessa vida é monopolizador. Ele é um homem de negócios como você eu eu, tentando faturar pra manter a empresa saudável e continuar gerando empregos...

    O que vou escrever agora é minha percepção pessoal e não representa a realidade da WDC ou qualquer outra empresa associada deles:
    No "frigir dos ovos" essa criação de uma marca OEM é para preservar o investimento em homologação. Ouvi dizer que custa R$ 15 mil para homologar um equipamento. Qual a graça de você fazer o investimento e um terceiro vender de carona na sua homologação?

    Desculpem por abordar o assunto novamente, mas precisava dizer isso

    ZéAlves

  10. #30

    Padrão Re: Linha UBNT MIMO 3,65GHZ e 900MHZ.

    Citação Postado originalmente por granlabor Ver Post
    Puxa Junior,

    Pode acreditar que não é isso não. Eu conheço o dona da WDC e a última coisa que ele seria nessa vida é monopolizador. Ele é um homem de negócios como você eu eu, tentando faturar pra manter a empresa saudável e continuar gerando empregos...

    O que vou escrever agora é minha percepção pessoal e não representa a realidade da WDC ou qualquer outra empresa associada deles:
    No "frigir dos ovos" essa criação de uma marca OEM é para preservar o investimento em homologação. Ouvi dizer que custa R$ 15 mil para homologar um equipamento. Qual a graça de você fazer o investimento e um terceiro vender de carona na sua homologação?

    Desculpem por abordar o assunto novamente, mas precisava dizer isso

    ZéAlves
    Então Zé, eu concordo que o sistema brasileiro é desestimulante para a empresa investir em novos equipamentos. É muita sacanagem o cara investir 15 mil para dar carona para a concorrencia e por isso creio que todos os revendedores deveriam se unir e brigar com a fabricante para que ela assuma os custos da homologação.
    Poderia ser em nome da empresa A, B ou Z, mas se a fabricante banca o processo, todas as revendas e a propria marca sairiam ganhando.
    15 mil reais por equipamento é realmente pesado para uma unica empresa bancar e ainda carregar a concorrencia nas costas, mas para a UBNT tendo em vista um mercado do tamanho potecial que é o mercado brasileiro, 15 mil são menos de 7 mil dolares e tenho certeza que no minimo triplicaria a venda de seus produtos e firmaria a marca no mercado de maneira hegemonica.

    Sem a desculpa dos custos de homologação, a relação entre a revenda e o cliente final certamente seria muito mais transparente, e a concorrencia seria muito mais leal.

    Por mais que saibamos que o custo brasil é uma sacanagem, não há como se explicar uma diferença de quase 200% sobre o produto vendido no Paraguai e o vendido no Brasil.
    Em um mercado desse tamanho e em franco crescimento, acho surreal o fato de as revendas ainda trabalharem margeando-se em lucros muito proximos a 100%.

    Só a nivel de especulação, imaginemos que o produto vendido por 121 reais no PY saia dos USA custando cerca de 85 reais tanto para o brasileiro quanto para o paraguaio.
    Desses 85, digamos que o paraguaio pague 10% de impostos e o brasileiro pague 100% (quando sabemos que não chega a isso tudo). No fim seria justificavel um preço de venda 100% (o dobro) do paraguaio, mas na realidade a coisa é esdruxulamente pior.
    Eu pagaria de bom grado uns 260 reais ou até um pouco mais em um rocket M5 comprado legalmente no Brasil, mesmo sabendo que no paraguai ele custa 121 reais, mas o preço praticado aqui é na casa dos 350 a 400 reais.
    Da mesma forma que a WDC esta se ajeitando para comprar e homologar os OEM para manter seus funcionarios, eu também tenho que me ajeitar para manter os meus.
    Aqui 100% dos meus clientes usam kits em comodato, e com os preços do acesso cada vez mais baixos, é absolutamente inviavel pagar tão caro nos equipamentos novos.

    Outra alternativa seria a associação entre os concorrentes revendedores para dividir os custos de homoloçação, mas aí já é esperar demais do brasileiro.



  11. #31

    Padrão Re: Linha UBNT MIMO 3,65GHZ e 900MHZ.

    Citação Postado originalmente por granlabor Ver Post
    Se realmente for isso, vai pro chapéu meus planos de interligar os pontos com tudo Ubiquiti.

    Vou apelar pra 4 Yagi... hehehehehehehe

    ZéAlves
    Porque a nescessidade de fazer o PTP em 900, muito Longe? Pouca visada?

  12. #32

    Padrão Re: Linha UBNT MIMO 3,65GHZ e 900MHZ.

    Citação Postado originalmente por rjunior543 Ver Post
    Galera, mas vamos voltar pra parte tecnica que é o que interessa...

    Será que a aplicação multiponto em 900mhz trará realmente uma boa banda nLOS e NLOS?
    Alguém sabe qual a EIRP maxima permitida pela anatel para aplicações WIFI em 900mhz?

    A nivel de comparação, qual é a EIRP de um modem 3G e das ERBs 3G para termos uma noção ?
    Bom, olha eu aqui novamente fazendo uma pergunta noob
    como um bom viciado em mmorpg, eu deduso que o LOS quer dizer Line of Sight, se for isso mesmo, esse N ai é algo negativo pra expressar que nao ha campo de visada? se for isso mesmo, qual a diferença do NLOS e nLOS? ^^

    Regards!



  13. #33

    Padrão Re: Linha UBNT MIMO 3,65GHZ e 900MHZ.

    Citação Postado originalmente por DarthLodis Ver Post
    Bom, olha eu aqui novamente fazendo uma pergunta noob
    como um bom viciado em mmorpg, eu deduso que o LOS quer dizer Line of Sight, se for isso mesmo, esse N ai é algo negativo pra expressar que nao ha campo de visada? se for isso mesmo, qual a diferença do NLOS e nLOS? ^^

    Regards!
    nLOS = near line of sight, ou seja, visada parcial com obstrução de algum percentual da elipsóide de Fresnell (procura sobre Fresnell no Google se não souber do que se trata).

    NLOS = no line of sight. obstrução total.

  14. #34

    Padrão Re: Linha UBNT MIMO 3,65GHZ e 900MHZ.

    Pessoal, alguém sabe onde encontrar os documentos relativos a homologação de equipamentos no Brasil?

    Pelo que sei, é preciso pagar um laboratório certificado pela ANATEL e em posse dos laudos laboratoriais, entrar com o pedido de homologação, mas alguém sabe o nome de alguns laboratórios certificadores, e o tipo de empresa ou regra necessária para dar entrada no pedido de homologação?

    Porque digamos que custe 15.000 reais o processo de homologação, poderiamos nos associar e ratear a homologação dos sistemas ubnt e sairmos da dependencia exclusiva das revendas.
    Como a homologação é em relação ao equipamento e não a empresa solicitante, da minha parte não tenho o menor problema em contribuir e a empresa que estiver na regiçao mais proxima do laboratório ou que tiver maior disponibilidade de tempo para correr atrás, ficar com os creditos da homologação.
    Me interesso apenas em ter todos os equipamentos homologados o mais rapido possivel, não interessa em nome de quem (claro, que com nomes de marcas e modelos originais).
    15.000 para 30 empresas é 500 reais para cada. Uma mixaria perto do tamanho do beneficio.
    Se unirmos mais gente ainda, podemos homologar varios equipamentos por muito pouco dinheiro e sem dependencia de boa vontade alheia.

    Enfim, fica a idéia.



  15. #35

    Padrão Re: Linha UBNT MIMO 3,65GHZ e 900MHZ.

    Citação Postado originalmente por kleberbrasil Ver Post
    Ela não homologa pq nosso sistema é burocratico, quem inicia esse pedido tem que ser o fabricante ou importador, como o produto é importado, a Ubiquiti deveria ter um sistema de importação dos seus produtos e consequentemente distribuição dos mesmo, como isso não é o foco dela ficamos desamparados... O ideal seria a aplicação sugerida pelo Dr. Marcos de Souza Oliveira - gerente de Certificação da Superintendência de Radiofreqüência e Fiscalização - Publicado em 30 de setembro de 2005:
    Kleber já ouviu aquela história: Se você não pode com seu inimigo, você junta se a ele. Na minha opinião acho que deveriamos nos juntar SCM- STFC, e operadoras de telecomunicações.. enviar um oficio, para a Anatel, para proibir a entrada, a venda e a comercialização de produtos deste tipo no mercado brasileiro sem a devida autorização ou certificação da Anatel, desta forma forçaria o fabricante a homologar seus produtos, antes de colocá-lo na prateleira desta forma só entraria no mercado. Produtos liberados para o mesmo fim. Não é assim que acontece com muitos produtos como carros e eletronicos importados, antes de entrar no país tem que ter a certificação da Anatel, desta forma o consumidor brasileiro tem suas garantias legais. Logo acabaria esta festa da empresas lançar lá e jogar toda essa sujeira, que muita gente vai comprar e estragar quem está trabalhando dentro da lei. Para mim da aquela impressão que somos usados como cobáias de testes já que em país como o nosso, estes entram e saem facilmente.
    Na prática é mais ou menos assim, para mim não tem utilidade nenhuma um produto destes já que não vou usar, ai fico dependendo de um vendedor que sabe lá deus quando vai querer homologar, um equipamento desse.
    Eu sou a favor de usar a legislação vigente, se não pode usar não pode vender e não pode entrar no País.
    Nos EUA, se o governo mudar uma norma eles cumprem na hora aqui não, dai sai estas besteiras como o besta-rambo, vem aqui usa o país para seus filmes e sai falando besteira, dos brasileiros.
    Vamos nos unir a Anatel, e mandar a mesma proibir a venda, a comercialização ou a entrada de produtos wirelles não homolgados e certificados pela Anatel, como forma de proteger, o consumidor, o comprador e o pequeno provedor. Ai quero ver se eles não homologam.
    Última edição por pinhais; 02-08-2010 às 20:42.

  16. #36

    Padrão Re: Linha UBNT MIMO 3,65GHZ e 900MHZ.

    Citação Postado originalmente por rjunior543 Ver Post
    Zé, realmente falar de custos é complicado, mas acabei agora de orçar as airgrid M5 de 23 db em uma revenda nacional por 290 reais.
    No PY a mesma airgrid M5 23 db é 120 reais.

    Mas eu comprarei mesclando Br e Py para tanto para incentivar as revendas nacinais quanto me manter no negócio, mas no caso da WDC, elas não estão homologando os equipamentos ubnt, estão montando aqui e homologando com marca propria para cobrarem o que quiser, e aí também não acho nenhuma justiça no processo.
    Acho que como qualquer empresa se a ubiquiti quer vender seu equipamentos no brasil, ele que homologue e certifique, é uma garantia para os consumidores brasileiros. Sabe-se lá se um aparelho deste não venha a dar problemas em marcapassos ou cancer.

    Para mim, me desculpem os colegas mas a linha airmax já está no mercado a 1 ano quem realmente trabalha dentro da lei não está usando, na minha opinião, a Anatel e o governo brasileiro deveriam, proibir a venda e a comerciliazação de procutos como esse em nosso pais, ai sim veriamos os reais interesses destas empresas em regularizar seu produtos para vender em nosso mercado nacional.
    Dai este papo de burocracia ficaria de lado.



  17. #37

    Padrão Re: Linha UBNT MIMO 3,65GHZ e 900MHZ.

    Citação Postado originalmente por lgiudice Ver Post
    Porque a nescessidade de fazer o PTP em 900, muito Longe? Pouca visada?
    Sim, como disse no post #3 deste tópico:
    PTP-NLOS de 8 milhas no sul da California para testar se o AirMAX 900 conversa ou não em ambiente poluído. Assim que estiver operando eu posto mais informações.

    Com antenas setoriais a própria abertura da antena será um grande obstáculo para atingir 8 milhas.

    Tem que ser feito com yagi.

    Achei bem legal os nanos 900 mhz. Belezinha, hein?

    ZéAlves

  18. #38

    Padrão Re: Linha UBNT MIMO 3,65GHZ e 900MHZ.

    Citação Postado originalmente por pinhais Ver Post
    Kleber já ouviu aquela história: Se você não pode com seu inimigo, você junta se a ele. Na minha opinião acho que deveriamos nos juntar SCM- STFC, e operadoras de telecomunicações.. enviar um oficio, para a Anatel, para proibir a entrada, a venda e a comercialização de produtos deste tipo no mercado brasileiro sem a devida autorização ou certificação da Anatel
    Na verdade proibição já existe e exatamente com esse teor que você mencionou, a resolução 242/2000:

    Art. 20, Parágrafo único. A emissão do documento de homologação é pré-requisito obrigatório para fins de comercialização e utilização, no País (...)
    Nesse mesmo regulamento, a ANATEL justifica essa atitude:
    Art. 2, III, assegurar que os produtos para telecomunicação comercializados no País, em particular aqueles ofertados pelo comércio diretamente ao público, possuam um padrão mínimo de qualidade e adequação aos serviços a que se destinam.
    Citação Postado originalmente por pinhais Ver Post
    Para mim da aquela impressão que somos usados como cobáias de testes já que em país como o nosso, estes entram e saem facilmente.
    A entrada desses equipamentos sem selo de certificação ou homologação no Brasil existe por omissão da alfândega, a Receita Federal deveria trabalhar de mãos dadas com a ANATEL para coibir essa infranção. A turma que puxa mercadoria do Paraguai faz a festa (inclue eu sem hipocrisia). Mas equipamentos que possuem selo da FCC não farão de nós cobaias, porque esse órgão americano é mais rigoroso que a ANATEL.
    Citação Postado originalmente por pinhais Ver Post
    Vamos nos unir a Anatel, e mandar a mesma proibir a venda, a comercialização ou a entrada de produtos wirelles não homolgados e certificados pela Anatel, como forma de proteger, o consumidor, o comprador e o pequeno provedor. Ai quero ver se eles não homologam.
    Deveríamos nos unir e pedir para a ANATEL expandir a definição dela de reconhecimento mútuo na homologação ou certificação dos equipamentos, ou seja, se um equipamento foi aferido e ensaiado por laboratórios estrangeiros afim de homologar ou certificar a uma Agência Internacional como FCC ou CE, esses ensaios DEVERIAM ser reconhecidos aqui sem burocracia, pagaríamos apenas as taxas da ANATEL. Não faz sentido desembolsarmos horrores para testar o testado e certificar o que já foi certificado. Afinal vivemos em um mundo globalizado ou isso é demagogia?



  19. #39

    Padrão Re: Linha UBNT MIMO 3,65GHZ e 900MHZ.

    Citação Postado originalmente por kleberbrasil Ver Post
    Quer ver funcionar, é só acionar o ministério Público Federal, contra a Anatel. você vai ver, se a Anatel a Policia militar, policial estadual, policia federal, policia civil, não, classificarão estes equipamentos como crime federal, assim como fazem com o cigarro, bebidas e fumo.

    Amigo, dai qualquer autoridade, que seja vai poder prender ou apreender, este tipo de equipamento mesmo trazendo do paraguai.
    Não sou contra quem usa, ou o equipamento em si, mas sim contra a empresa que fabrica, no caso a UBNT.
    Quem está dentro da lei não podem usar.Geralmente isso cai nas mãos de quem quer testar ou de quem quer usar mesmo sem legalizar seu provedor.
    Última edição por pinhais; 03-08-2010 às 09:40.

  20. #40

    Padrão Re: Linha UBNT MIMO 3,65GHZ e 900MHZ.

    Pinhais, aqui estou com apenas uma setorial instalada e 3 clientes em diferentes distancias e velocidades para testar o equipamento M5.
    O equipamento é fenomenal, o teste era para ser de 30 dias mas já estou a 40 dias instalado porque sairam as noticias que estava "em processo de homologação", inclusive a setorial e o Bullet foram homologados, mas se em mais 20 dias não sair a homologação vou cancelar os testes e mofar com 50 airgrids que já tenho aqui, ou eu mesmo vou tentar um meio de homologar (ou vender tudo no mercado livre).
    Tem muito equipamento SDH que em montante não vende nem metade do que tem vendido a UBNT em nosso país e que são homologados. O descaso no caso das linhas "populares", vai da fabricante aos vendedores que enquanto vendem não querem nem saber de mais nada.
    Se homologarem realmente as airgrids, eu vou comprar mais 50 kits da empresa responsavel pela homologação, mesmo pagando quase 3 vezes o preço praticado no PY, para incentivar a homologação de outros equipamentos.
    Quanto a ANATEL e a venda proibida, isso é tudo culpa da omissão das autoridades.
    Uns anos atrás surgiram sites de venda de medicamentos importados na internet e a ANVISA e a PF cairam de cima, prenderam um monte de gente, fecharam varios sites e hoje estes sites praticamente não existem no Brasil e os que existem no exterior não conseguem enviar para o Brasil.
    Agora os equipamentos não homologados, basta digitar no google a linha X que em 2 segundos o resultado retorna com dezenas de opções de lojas com a linha completa e não homologada. Inclusive as maiores revendas do ramo trabalham com estes produtos ilegais normalmente e todo mundo finge que não vê.

    Enfim, se alguém tiver um passo a passo dos procedimentos de homologação de um produto, favor postar para que possamos ver por detalhes os custos e dificuldades de homologação de forma a talvez nos associarmos para a homologação ou entrarmos em contato com uma revenda e nos comprometermos a comprar uma quantidade x para tentar reduzir preços ou mesmo incentivar a homologação rapida...