Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
+ Responder ao Tópico



  1. Eu compraria um para testar, mas não tem por aqui.

  2. Com as pastilhas fica fácil fazer um mini-ar condicionado, para usar nas caixa herméticas em torres, mais sinceramente, minhas caixas nas torres são montadas com caixas de comando, metálicas, tenho caixas com até 5 RB´s, umas com fontes chaveadas e baterias, montado junto, e nunca usei nenhum esquema de refrigeração, nem mesmo cooler. Nunca tive problemas de aquecimento, nehum travamento. Vendo os Datasheet dos cartões mini-pci e RB´s, vi que as temperaturas de operação chegam a 80 Graus C. Sendo assim acabo entendendo que o hardware trabalha em altas temperaturas. Alguém teve problemas com isso? Teve que resfriar a caixa na torre? No meu IDC tenho ar concionado, 24 Hs, a conta vem bem altinha, mais nesse caso ai, ficam os servidores, roteadores gosto manter o ambiente frio.



  3. Exato, material de torre é projetado pra operar até no inferno. Resfriar esse equipamento talvez aumente a vida util dos 2 ou 3 capacitores do VRM em 2 ou 3 anos, mas o custo não compensa, mesmo com calor a vida prevista é de umas 50 mil horas.

    Quanto aos servidores, falei em 300W em Peltier numa caixa de 1m³, justo pra servidores, nesse espaço cabem muitos servidores desde que não usando os espaçosos e inuteis gabinetes ATX. Um rack de piso padrão, se for de 24U de 60cm serão acho que 0,8m³, com 300W em peltier acho que dá pra manter nuns 25ºC mesmo que tenha uns 4 Pentium D (Maior aberração em matéria de geração de calor que eu conheço).

    Os bebedouros com Peltier, por exemplo, uma pastilha de 90W consegue "gelar" (Até uns 5 ou 6ºC) uns 5 litros por hora. Uma adega climatizada com peltier, o modelo de 90 litros mantém o ambiente a uns 5ºC com uma mera pastilha de 70W. E por aí vai, o troço esquenta demais de um lado então o problema é o capricho no isolamento térmico ao redor da pastilha, e na ventilação da parte quente, o resto é tranquilo.


    Os locais que eu conheço que tem problemas quando falta refrigeração é porque como projetaram para ser hermético não há nenhuma circulação de ar, geralmente escolhem um canto para fazer o CPD onde pega sol em 2 paredes, onde a distancia entre o forro e o telhado é pequena, etc, nunca ví um CPD que mesmo sem equipamentos dentro já não seriam um forno! Na maioria dos casos só ventilação resolvia, mas ventilar dá muita manutenção em filtros de ar, de modo que um ar-condicionado é a solução mais comoda. Paga-se por essa comodidade na conta de luz...

    (Pros servidores vale lembrar que nem todos HOJE tem predileção por baixissimas temperaturas. Falhas em HD são mais comuns fora da faixa 10-40ºC, falhas em capacitores em VRM idem, mal-contatos por dilatação de materiais idem, enfim, a grande maioria dos equipamentos de informática em geral opera muito bem a 35ºC sem diminuir a vida útil e o numero de falhas em mais de 10%, o que precisa ventilar são as partes quentes e não o todo. Por exemplo uma tomada de ar externa pra jogar em cima do processador, é muito mais eficiente do que ventilar um ambiente todo, digo, o processador irá aquecer do mesmo modo porque a troca de ar dentro do gabinete (Malditos gabinetes) continuará insuficiente. Só que ventilação focada só nos processadores, chipsets e HD's é complicado fazer, com os gabinetes 19" ou ATX não dá, teria que fazer um gaveteiro com placas e HD's ou algo do tipo, também teria necessidade de uma boa filtragem poeira e manutenção (Limpeza com jato de ar comprimido) rotineira, enfim, o tempo gasto com manutenção é muuuuito maior que ar-condicionado ou Peltier.

    (Pra Peltier, fan de 120mm 12V são uma boa pedida, pelo grande tamanho costumam sofrer menos com poeira. Os fan 120mm 127/220V não necessariamente se saem melhor, dependendo do consumo da pastilha e da diferença de temperatura (Quanto maior a diferença quente<>frio menos a pastilha consome) o fluxo de ar pode ser menor sem prejuízo, existe um tempo para a pastilha esfriar o dissipador do lado frio, que é beeeem maior que o tempo que leva pra ela esquentar o dissipador do lado quente. Ou seja, elas esquentam o lado de fora mais rápido que esfriam o de dentro, então ventilar a parte quente com muito fluxo de ar não apressa nem melhora em quase nada o rendimento, só aumenta o barulho e consumo)

    Um problema de Peltier que eu não contei: Umidade.
    Como o frio pode ser grande, o ar pode ser consensado e virar gelo ou liquido na pastilha. Quem tem ambiente com umidade muita alta precisaria um desumificador, mas os equipamentos geralmente não perdem tempo de vida mesmo com umidade tipo 70%, e pra um rack chegar nessa umidade toda precisaria estar num ambiente muito umido, só Peltier não gera tanta umidade se estiver num ambiente mais seco (Interior de qualquer construção, com vedação a respingos da chuva e etc. Já ví rack externo de telecom com Peltier sem desumidificador, se a intenção for manter o ambiente nuns 20-30ºC sem problemas, a umidade com certeza não será grande. Mas se insistir que algum componente precisa algo tipo 5-10ºC, aí sim haverá umidade demais porque as pastilhas ficariam ligadas o tempo todo.






Tópicos Similares

  1. Ar Condicionado Por Energia Solar - Híbrido
    Por kleberbrasil no fórum Assuntos não relacionados
    Respostas: 20
    Último Post: 29-03-2012, 16:57
  2. INAUGURADO! Provedor Energia Solar
    Por fastsignal no fórum Redes
    Respostas: 23
    Último Post: 16-05-2007, 12:56
  3. Respostas: 7
    Último Post: 28-03-2007, 10:07
  4. Respostas: 1
    Último Post: 24-07-2006, 15:58
  5. Energia Solar Nos Radios.
    Por patrickcanton no fórum Redes
    Respostas: 13
    Último Post: 22-02-2006, 09:48

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L