+ Responder ao Tópico



  1. Isso é polemico, pois fazer monitoramento do acesso do cliente é crime de invasão de privacidade, e não fazer o monitoramento também é crime pois todo provedor é obrigado por lei a manter tal monitoramento, um caso aqui no interior de SP foi mais ou menos assim, num caso de traição o oficial de justiça veio até o provedor com mandato para entrega dos logs de acesso do réu em papel, nosso amigo providenciou tudo o que foi pedido, e foi incluido no processo pelos advogados do réu por estar invadindo a privacidade do seu cliente o juiz achou o mesmo!!!!! O cara até hoje esta enrolado com esse processo na justiça.

  2. Temos um sistema de gerenciamento, quando o cliente loga pega um ip, fica registrado o consumo data e hora, se algum ip for usado para algo ilegal, eu posso identificar o usuário, compramos o link de terceiro e o cara é grandão, já repasso duas faixas de ip pra gente 186.236.63.... E 186.236.72.... Nunca perguntei como ele conseguiu os ips só sei que é um lote de 5120 ips.



  3. ele tem um AS..

  4. Citação Postado originalmente por evertonsoares Ver Post
    Isso é polemico, pois fazer monitoramento do acesso do cliente é crime de invasão de privacidade, e não fazer o monitoramento também é crime pois todo provedor é obrigado por lei a manter tal monitoramento, um caso aqui no interior de SP foi mais ou menos assim, num caso de traição o oficial de justiça veio até o provedor com mandato para entrega dos logs de acesso do réu em papel, nosso amigo providenciou tudo o que foi pedido, e foi incluido no processo pelos advogados do réu por estar invadindo a privacidade do seu cliente o juiz achou o mesmo!!!!! O cara até hoje esta enrolado com esse processo na justiça.
    Que lei é essa?
    Alem do registro de data, hora e IP precisa monitorar o conteudo tambem?



  5. Citação Postado originalmente por evertonsoares Ver Post
    Isso é polemico, pois fazer monitoramento do acesso do cliente é crime de invasão de privacidade, e não fazer o monitoramento também é crime pois todo provedor é obrigado por lei a manter tal monitoramento, um caso aqui no interior de SP foi mais ou menos assim, num caso de traição o oficial de justiça veio até o provedor com mandato para entrega dos logs de acesso do réu em papel, nosso amigo providenciou tudo o que foi pedido, e foi incluido no processo pelos advogados do réu por estar invadindo a privacidade do seu cliente o juiz achou o mesmo!!!!! O cara até hoje esta enrolado com esse processo na justiça.
    Muito estranho isso; o processo não foi contra o provedor ou IP do mesmo, logo, (não sou advogado) não cabe ao mesmo fornecer quaisquer dados.
    Log de acesso X IP não prova nada contra um réu exceto para confirmação de que houve acesso um conteúdo que já está sendo monitorado. Por parte do provedor não há invasão de privacidade pois o mesmo faz parte do provimento do serviço. Se o provedor ou o acusador usou espião de conteúdo no réu, quem espiou responde.

    Quem conhece melhor a lei corrija minha ignorância.
    Última edição por bjaraujo; 11-01-2011 às 18:51. Razão: Uma penca de erros.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 9
    Último Post: 20-09-2009, 23:26
  2. Respostas: 4
    Último Post: 11-09-2009, 12:28
  3. Respostas: 7
    Último Post: 03-01-2009, 18:15
  4. como contralar a banda de p2p dos clientes
    Por jnobre22 no fórum Redes
    Respostas: 3
    Último Post: 01-07-2008, 01:54
  5. Respostas: 6
    Último Post: 29-09-2006, 23:41

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L