+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Apontamento de antenas com pouco pessoal de apoio.

    Pessoal, como vocês tem feito apontamento de antenas quando não tem pessoal de apoio suficiente..
    Para duas pessoas é complicado. Uma lá em cima na torre e outra pessoa na outra torre é o ideal, penso eu. Mas precisa mais duas no pé das torres para fazer o monitoramento.

    Estou para reformular todos meus ponto a ponto. Atualmente estão sendo feitos por setoriais por AP+WDS. Daí é simples pois setoriais tem angulo aberto
    Mas agora quero colocar AirGridM5 nos ponto a ponto.
    Pensei em colocar um painel com um rocketM5 na base e daí ir lá na outra torre e colocar a AirGrid e caprichar no apontamento. Duas pessoas fazem isso.
    Depois viemos na base e trocamos o painel por outra Airgrid e apontamos corretamente.
    Senão , vai ficar um sobe e desce de torre, até corrigir cada ponto..

    Creio que se não houver distorção de lóbulo no painel deverá ficar bem apontada.
    Ou vocês tem sugestão melhor?

  2. #2

    Padrão Re: Apontamento de antenas com pouco pessoal de apoio.

    se tiver visada, nao tem muita dificuldade.
    o duro é qdo nao tem visada... ai tem eu dou uma olhada no google earth



  3. #3
    técnico em Telecom Avatar de laurence669
    Ingresso
    Oct 2009
    Localização
    minas gerais
    Posts
    1.000
    Posts de Blog
    1

    Padrão Re: Apontamento de antenas com pouco pessoal de apoio.

    para fazer um alinhamento de uma airgrid + base station com rockt não tem muita precisão não ...
    aqui instalamos tudo descemos e vamos testar ....
    alinhamos só no olha mesmo em uma distancia de 3 a 8 km ....
    e o sinal fica exelente todos com cqq 100% e sinal de -55 até -76 ....
    e o estranho de airgrid é o seguinte voce pode mexer cm com ela e o sinal pouco altera..

  4. #4

    Padrão Re: Apontamento de antenas com pouco pessoal de apoio.

    Sim, acertar uma grade com um painel na base é simples.
    Só que acertar duas grades que tem angulo de 6º não deve ser bem assim. Qualquer coisinha para um lado ou outro já é suficiente para degradar o sinal. O ideal seriam 2 pessoas lá em cima na torre com radiocomunicador e outra na base fazendo o monitoramento dos rádios e repassando a informação para o pessoal em cima das torres.
    Mas aqui somos dois. E eu não subo em torres.
    No olho , creio que vai ter que subir várias vezes para ir fazendo o ajuste fino. Só no olhometro creio que não acerta para o máximo de sinal entre duas grades. Entre grade e painel, sim, não tem problemas.



  5. #5

    Padrão Re: Apontamento de antenas com pouco pessoal de apoio.

    aqui faço o seguinte no ponto 1 aponto mais ou menos pro local aonde vai estar a estação , quando e longe , vou ate na estação e coloca a antena e tento achar o melhor sinal possível dela, depois volto ate no primeiro ponto e faço o mesmo , quase sempre da sinal bom pra o que preciso.
    sempre deixo os radio em potência máxima pra conseguir o melhor sinal depois ajusto conforme o necessário.

    ainda mais com a linha UBNT que tem o nível de sinal na própria antena ...

    abraço

  6. #6

    Padrão Re: Apontamento de antenas com pouco pessoal de apoio.

    Citação Postado originalmente por Pupa Ver Post
    aqui faço o seguinte no ponto 1 aponto mais ou menos pro local aonde vai estar a estação , quando e longe , vou ate na estação e coloca a antena e tento achar o melhor sinal possível dela, depois volto ate no primeiro ponto e faço o mesmo , quase sempre da sinal bom pra o que preciso.
    sempre deixo os radio em potência máxima pra conseguir o melhor sinal depois ajusto conforme o necessário.

    ainda mais com a linha UBNT que tem o nível de sinal na própria antena ...

    abraço
    Mas deve ficar aquele sobe/desce na torre, não?
    Principalmente se a grade na base ficar levemente fora do futuro alinhamento, quando vai na torre remota e tenta achar, pode ser até que nem ache. Veja que são só 6graus de abertura.
    Eu regulei a escala de leds das airgrid para piscar de 5 em 5 dbi. Com certeza esta escala de leds deve ajudar bastante, mas ainda assim talvêz seja preciso subir de novo para fazer uma ajuste fino.

    Esta semana quero ver se começo aos poucos ir trocando estes ponto a ponto e vamos ver no que vai dar.
    O primeiro ponto a ponto vou fazer como a sua sugestão Pupa.



  7. #7

    Padrão Re: Apontamento de antenas com pouco pessoal de apoio.

    certo entendo o que vc esta falando ...
    mais assim seu carlos na verdade ficar arretando muito nao adianta no fim da historia vc conseque uma pequena diferença de sinal , e passa um trabalho fora de serio
    por que no proprio manual do ubnt com -65 dbi vc consequi o troupt maximo do equipamento , eh claro quanto mais sinal vc consequir melhor por causa de possivel variações no futuro com chuvas vento eh tudo mais , mais c for pequenas distancia vc conseque fazer bons alinhamentos desta maneira q lhe comentei sem muitos esforços .
    a outra coisa que eu faço aqui tambem , coloca os primeiro canais como 5180 , por que o fecho de sinal nesse canais mais baixo sao menores entao com um bom sinal nesse canais concerteza vc vai consequir melhores sinais com os canais mais altos :d


    abraço

  8. #8
    Avatar de AltoValeNet
    Ingresso
    Oct 2009
    Localização
    Agrolândia, Brazil
    Posts
    471
    Posts de Blog
    1

    Padrão Re: Apontamento de antenas com pouco pessoal de apoio.

    Ola, fasso apontamentos de 30,40,50km ou mais em dias nublados e chuvosos, e dificilmente tenho que voltar ao primeiro ponto para ajustar algo, primeira coisa, traço uma linha no google earth de um ponto ao outro do link, pego um ponto de referencia onde vai passar o feiche de sinal como um predio, morro, casa, fazenda, campo de futebol etc, vou ao primeiro ponto e aponto a antena para essa referencia, para inclinaçao vertical, vejo a altitude de cada um dos pontos e entao uso uma balança de agua (aquelas usadas por pedreiros para tirar o nivel) e dou o tilt necessario ao cenario, levantando ou abaixando o bico da antena, ai eh so corre pro abraço....



  9. #9

    Padrão Re: Apontamento de antenas com pouco pessoal de apoio.

    Procedo exatamente como o amigo AltoValeNet descreveu e sempre deu certo. Com as informações colhidas pelo Google Earth, instalamos um ponto e depois o outro. Sempre fechamos o link na primeira. Depois, apenas ajustes finos. Sem erro.

  10. #10

    Padrão Re: Apontamento de antenas com pouco pessoal de apoio.

    sempre fiz meus ponto a ponto sozinho,com um Notbook e Network Stumbler.
    antes seguindo os passos dos nossos colegas Candaten e AltoValeNet.



  11. #11

    Padrão Re: Apontamento de antenas com pouco pessoal de apoio.

    Aqui nós pré-configuramos os equipamentos na empresa e vamos para a torre, instalamos os equipamentos, com ele já em operação com celular e fone de ouvido ligamos para o escritório em conferencia com atendente que fica só no winbox, fazemos o ajuste fino para obter máximo sinal.

  12. #12
    Avatar de luapufo
    Ingresso
    Jun 2009
    Localização
    Alcantara - São Gonçalo - Rio de Janeiro
    Posts
    97

    Padrão Re: Apontamento de antenas com pouco pessoal de apoio.

    Pessoal, nao é mais facil usar um GPS em modo navegação?
    Aqui bato o ponto A e ponto B, ai o GPS aponta exatamente para onde apontar



  13. #13
    Avatar de leandrolopeswifi
    Ingresso
    Oct 2008
    Localização
    Porto Alegre - RS - Brasil
    Posts
    1.750
    Posts de Blog
    1

    Padrão Re: Apontamento de antenas com pouco pessoal de apoio.

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Pessoal, como vocês tem feito apontamento de antenas quando não tem pessoal de apoio suficiente..
    Para duas pessoas é complicado. Uma lá em cima na torre e outra pessoa na outra torre é o ideal, penso eu. Mas precisa mais duas no pé das torres para fazer o monitoramento.

    Estou para reformular todos meus ponto a ponto. Atualmente estão sendo feitos por setoriais por AP+WDS. Daí é simples pois setoriais tem angulo aberto
    Mas agora quero colocar AirGridM5 nos ponto a ponto.
    Pensei em colocar um painel com um rocketM5 na base e daí ir lá na outra torre e colocar a AirGrid e caprichar no apontamento. Duas pessoas fazem isso.
    Depois viemos na base e trocamos o painel por outra Airgrid e apontamos corretamente.
    Senão , vai ficar um sobe e desce de torre, até corrigir cada ponto..

    Creio que se não houver distorção de lóbulo no painel deverá ficar bem apontada.
    Ou vocês tem sugestão melhor?
    Fala 1929!! tudo certo irmão?
    Bom, eu uso o clássico: Bússula, mapa da área (retirado do google earth PRO), + GPS de mão garmin.
    Além disso , em caso de ter um técnico apenas, pode-se usar até mesmo uma corda grossa em volta da torre, marcando os pontos N S L O norte sul leste oeste, nesta corda, com o cálculo de visada em mãos e sabendo pra qual coordenada direcionar a antena, fica fácil de cima da torre se guiar. claro que isto só será usado se o técnico não possuir um GPS ou bússula.
    Abraço.

  14. #14

    Padrão Re:

    Fala Carlos, tudo bem? To na correria e fiquei meio off do msn esses últimos dias.

    Bom, eu te comentei sobre um dedicado que fechei com uma empresa aqui na cidade, e vou ter que buscar lá no POP deles.

    Eu peguei as coordenadas do prédio (depois te passo), joguei tudo pra dentro do Radio Mobile, exportei o enlace para o Google Earth e tirei uns 'prints' das imagens. Aquela linha amarela da representação gráfica me ajudou muito na hora de direcionar a linha de visão.

    Fiz assim: aproximei a imagem de cima do prédio, via Google Earth, e alinhei a imagem de acordo com o Norte do programa. Alinhado, tirei uma 'foto' da imagem e imprimi. Fiz isso nos dois pontos.

    Na imagem que eu imprimi, ficou bem certinho a linha saindo de um ponto e indo em direção ao outro. Ou seja, já é uma referência da direção. Montei a imagem em uma prancheta, subi lá na minha torre, fixei uma bússola em cima dela e alinhei o norte da imagem com o norte da bússola. PRONTO! Já tinha a linha de referência pra onde apontar a antena! Isso nas duas pontas.

    Fiz o trabalho prático: montei a NanoBridge e já fui meio que direcionando ela de acordo com a linha da imagem. Na outra ponta meu sócio fez a mesma coisa. Deu certinho, foi só fazer o ajuste fino.

    Uma coisa que ajudou em muito o ajuste fino foi o fato de estarmos ambos conectados via Skype, com notebook de auxílio e fone de ouvido. Ao mesmo tempo que mediamos o sinal da NanoBridge, via wireless o notebook nos conectava pelo Skype, pela internet. Facilitou a vida, porque qualquer alteração era feita com total acompanhamento. Veja, estávamos em 3 pessoas, sendo que eu trabalhei sozinho em cima da minha torre, e o meu sócio estava com o dono do POP na outra ponta.

    Ahhh, o sinal... -63dbm, em 9km, usando 5.8 e 17dbm de potência. Não calculamos o total de banda passante, mas de acordo com o medidor do aparelho deu 90/90. Não conferi se dá isso mesmo porque foi apenas um ensaio para o enlace definitivo, já que as NanoBridge homologadas ainda não chegaram. O fato é que fechou o enlace e nós já treinamos o procedimento.

    Um abração!
    Última edição por Jadir; 12-02-2011 às 01:24.



  15. #15

    Padrão Re:

    É da mesma forma que faço... via google
    mas aqui uso celular para se comunicar... temos um plano empresarial com a OI... 9 chips, entre os chips fala de graça.

    fechei um enlace recentemente com bullet m5 + zirok
    9,7 km... 56-58 sinal, 9 dbm de potencia, ping menos ou igual 1ms, maximo 2ms.

    mas vou trocar esse enlace em breve para nano bridge ou rocket+disk
    devido a memoria, pps... etc.

    Citação Postado originalmente por Jadir Ver Post
    Fala Carlos, tudo bem? To na correria e fiquei meio off do msn esses últimos dias.

    Bom, eu te comentei sobre um dedicado que fechei com uma empresa aqui na cidade, e vou ter que buscar lá no POP deles.

    Eu peguei as coordenadas do prédio (depois te passo), joguei tudo pra dentro do Radio Mobile, exportei o enlace para o Google Earth e tirei uns 'prints' das imagens. Aquela linha amarela da representação gráfica me ajudou muito na hora de direcionar a linha de visão.

    Fiz assim: aproximei a imagem de cima do prédio, via Google Earth, e alinhei a imagem de acordo com o Norte do programa. Alinhado, tirei uma 'foto' da imagem e imprimi. Fiz isso nos dois pontos.

    Na imagem que eu imprimi, ficou bem certinho a linha saindo de um ponto e indo em direção ao outro. Ou seja, já é uma referência da direção. Montei a imagem em uma prancheta, subi lá na minha torre, fixei uma bússola em cima dela e alinhei o norte da imagem com o norte da bússola. PRONTO! Já tinha a linha de referência pra onde apontar a antena! Isso nas duas pontas.

    Fiz o trabalho prático: montei a NanoBridge e já fui meio que direcionando ela de acordo com a linha da imagem. Na outra ponta meu sócio fez a mesma coisa. Deu certinho, foi só fazer o ajuste fino.

    Uma coisa que ajudou em muito o ajuste fino foi o fato de estarmos ambos conectados via Skype, com notebook de auxílio e fone de ouvido. Ao mesmo tempo que mediamos o sinal da NanoBridge, via wireless o notebook nos conectava pelo Skype, pela internet. Facilitou a vida, porque qualquer alteração era feita com total acompanhamento. Veja, estávamos em 3 pessoas, sendo que eu trabalhei sozinho em cima da minha torre, e o meu sócio estava com o dono do POP na outra ponta.

    Ahhh, o sinal... -63dbm, em 9km, usando 5.8 e 17dbm de potência. Não calculamos o total de banda passante, mas de acordo com o medidor do aparelho deu 90/90. Não conferi se dá isso mesmo porque foi apenas um ensaio para o enlace definitivo, já que as NanoBridge homologadas ainda não chegaram. O fato é que fechou o enlace e nós já treinamos o procedimento.

    Um abração!

  16. #16

    Padrão Re: Apontamento de antenas com pouco pessoal de apoio.

    Bom que teu link já fechou, Jadir.

    Eu ainda não fiz enlace numa distância assim, mas a minha preocupação era exatamente como alinhar e não precisar voltar lá em cima para ir corrigindo.
    No teu caso havia duas pessoas, uma em cada torre. Isso já facilita muito
    Mas aqui não tenho esta disponibilidade de pessoas. É um só para subir na torre. Tenho receio que só o alinhamento via mapa seja impreciso, pois pode acontecer de dois ou tres graus fora já ser suficiente para não dar um enlace bom. E quanto maior a distância estes dois ou 3 graus vão ser mais prejudiciais ainda.
    E dois ou 3 acho que ninguém consegue manter precisaão só com o mapa na mão.
    Concordo que um ponto de referencia nas proximidades das torres vai ajudar, mas ajuste fino é complicado sozinho.



  17. #17

    Padrão Re: Apontamento de antenas com pouco pessoal de apoio.

    recentemente fizemos vários enlaces e traçamos via google a linha entre os pontos e dava certo, inclusive gostaria de agradecer ao leandro lopes que fez alguns calculos disse que conseguiria fechar os enlaces entre eles tem um com 90,6km e esta passando quase 16mb full fechada com dish34 e rocketm5,nem a wdc recomendou mas na marra fechamos esse ai deu trabalho devido a distancia tivemos que acionarmos outra equipe no outro ponto para conseguirmos fechar, logo que possivel irei fazer uns prints e postar, leandro ainda devo o churrasco e a cerveja, usei o programa da ubnt airlink e funciona legal. caro leandro nao se preocupe que nao esqueci de você.

  18. #18

    Padrão Re:

    Em primeiro lugar, obrigado pela consideração. Bacana saber que é importante pra ti também.

    Sobre enlaces, Carlos, trabalhar entre duas pessoas fazendo o apontamento não seria o mínimo necessário? Imagino que seja super difícil apontar uma, descer, ir na outra, conferir... Fica um sobe-desce medonho.

    Em tempo: Nossas cidades não são tão distantes assim. Se for o caso eu vou ai te ajudar a fechar esse (s) enlace (s). Afinal, uma mão lava a outra, e as duas lavam o rosto.

    Abração!
    Última edição por Jadir; 12-02-2011 às 14:17.



  19. #19

    Padrão Re:

    Citação Postado originalmente por Jadir Ver Post
    Em primeiro lugar, obrigado pela consideração. Bacana saber que é importante pra ti também.

    Sobre enlaces, Carlos, trabalhar entre duas pessoas fazendo o apontamento não seria o mínimo necessário? Imagino que seja super difícil apontar uma, descer, ir na outra, conferir... Fica um sobe-desce medonho.

    Em tempo: Nossas cidades não são tão distantes assim. Se for o caso eu vou ai te ajudar a fechar esse (s) enlace (s). Afinal, uma mão lava a outra, e as duas lavam o rosto.

    Abração!
    Agora voce tocou no ponto da minha preocupação.
    Foi isso que me motivou a abrir o tópico.
    Não disponho de mais uma pessoa para subir na outra torre.
    Precisa ser uma pessoa que esteja treinada. Por isso a minha preocupação em fazer isso só com um.
    Como os amigos citaram, em muitos casos o google earth pode ajudar..Já faço isso , mas em distancia curta.

    Mas podemos sim acertar um churrasco aqui. Será um prazer receber o amigo.

  20. #20

    Padrão Re:

    Estou a tua disposição, ainda mais agora que tu tocou no assunto churrasco, rsss.