Página 3 de 4 PrimeiroPrimeiro 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Aqui nós pré-configuramos os equipamentos na empresa e vamos para a torre, instalamos os equipamentos, com ele já em operação com celular e fone de ouvido ligamos para o escritório em conferencia com atendente que fica só no winbox, fazemos o ajuste fino para obter máximo sinal.

  2. Pessoal, nao é mais facil usar um GPS em modo navegação?
    Aqui bato o ponto A e ponto B, ai o GPS aponta exatamente para onde apontar



  3. Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Pessoal, como vocês tem feito apontamento de antenas quando não tem pessoal de apoio suficiente..
    Para duas pessoas é complicado. Uma lá em cima na torre e outra pessoa na outra torre é o ideal, penso eu. Mas precisa mais duas no pé das torres para fazer o monitoramento.

    Estou para reformular todos meus ponto a ponto. Atualmente estão sendo feitos por setoriais por AP+WDS. Daí é simples pois setoriais tem angulo aberto
    Mas agora quero colocar AirGridM5 nos ponto a ponto.
    Pensei em colocar um painel com um rocketM5 na base e daí ir lá na outra torre e colocar a AirGrid e caprichar no apontamento. Duas pessoas fazem isso.
    Depois viemos na base e trocamos o painel por outra Airgrid e apontamos corretamente.
    Senão , vai ficar um sobe e desce de torre, até corrigir cada ponto..

    Creio que se não houver distorção de lóbulo no painel deverá ficar bem apontada.
    Ou vocês tem sugestão melhor?
    Fala 1929!! tudo certo irmão?
    Bom, eu uso o clássico: Bússula, mapa da área (retirado do google earth PRO), + GPS de mão garmin.
    Além disso , em caso de ter um técnico apenas, pode-se usar até mesmo uma corda grossa em volta da torre, marcando os pontos N S L O norte sul leste oeste, nesta corda, com o cálculo de visada em mãos e sabendo pra qual coordenada direcionar a antena, fica fácil de cima da torre se guiar. claro que isto só será usado se o técnico não possuir um GPS ou bússula.
    Abraço.

  4. Fala Carlos, tudo bem? To na correria e fiquei meio off do msn esses últimos dias.

    Bom, eu te comentei sobre um dedicado que fechei com uma empresa aqui na cidade, e vou ter que buscar lá no POP deles.

    Eu peguei as coordenadas do prédio (depois te passo), joguei tudo pra dentro do Radio Mobile, exportei o enlace para o Google Earth e tirei uns 'prints' das imagens. Aquela linha amarela da representação gráfica me ajudou muito na hora de direcionar a linha de visão.

    Fiz assim: aproximei a imagem de cima do prédio, via Google Earth, e alinhei a imagem de acordo com o Norte do programa. Alinhado, tirei uma 'foto' da imagem e imprimi. Fiz isso nos dois pontos.

    Na imagem que eu imprimi, ficou bem certinho a linha saindo de um ponto e indo em direção ao outro. Ou seja, já é uma referência da direção. Montei a imagem em uma prancheta, subi lá na minha torre, fixei uma bússola em cima dela e alinhei o norte da imagem com o norte da bússola. PRONTO! Já tinha a linha de referência pra onde apontar a antena! Isso nas duas pontas.

    Fiz o trabalho prático: montei a NanoBridge e já fui meio que direcionando ela de acordo com a linha da imagem. Na outra ponta meu sócio fez a mesma coisa. Deu certinho, foi só fazer o ajuste fino.

    Uma coisa que ajudou em muito o ajuste fino foi o fato de estarmos ambos conectados via Skype, com notebook de auxílio e fone de ouvido. Ao mesmo tempo que mediamos o sinal da NanoBridge, via wireless o notebook nos conectava pelo Skype, pela internet. Facilitou a vida, porque qualquer alteração era feita com total acompanhamento. Veja, estávamos em 3 pessoas, sendo que eu trabalhei sozinho em cima da minha torre, e o meu sócio estava com o dono do POP na outra ponta.

    Ahhh, o sinal... -63dbm, em 9km, usando 5.8 e 17dbm de potência. Não calculamos o total de banda passante, mas de acordo com o medidor do aparelho deu 90/90. Não conferi se dá isso mesmo porque foi apenas um ensaio para o enlace definitivo, já que as NanoBridge homologadas ainda não chegaram. O fato é que fechou o enlace e nós já treinamos o procedimento.

    Um abração!
    Última edição por Jadir; 12-02-2011 às 00:24.



  5. É da mesma forma que faço... via google
    mas aqui uso celular para se comunicar... temos um plano empresarial com a OI... 9 chips, entre os chips fala de graça.

    fechei um enlace recentemente com bullet m5 + zirok
    9,7 km... 56-58 sinal, 9 dbm de potencia, ping menos ou igual 1ms, maximo 2ms.

    mas vou trocar esse enlace em breve para nano bridge ou rocket+disk
    devido a memoria, pps... etc.

    Citação Postado originalmente por Jadir Ver Post
    Fala Carlos, tudo bem? To na correria e fiquei meio off do msn esses últimos dias.

    Bom, eu te comentei sobre um dedicado que fechei com uma empresa aqui na cidade, e vou ter que buscar lá no POP deles.

    Eu peguei as coordenadas do prédio (depois te passo), joguei tudo pra dentro do Radio Mobile, exportei o enlace para o Google Earth e tirei uns 'prints' das imagens. Aquela linha amarela da representação gráfica me ajudou muito na hora de direcionar a linha de visão.

    Fiz assim: aproximei a imagem de cima do prédio, via Google Earth, e alinhei a imagem de acordo com o Norte do programa. Alinhado, tirei uma 'foto' da imagem e imprimi. Fiz isso nos dois pontos.

    Na imagem que eu imprimi, ficou bem certinho a linha saindo de um ponto e indo em direção ao outro. Ou seja, já é uma referência da direção. Montei a imagem em uma prancheta, subi lá na minha torre, fixei uma bússola em cima dela e alinhei o norte da imagem com o norte da bússola. PRONTO! Já tinha a linha de referência pra onde apontar a antena! Isso nas duas pontas.

    Fiz o trabalho prático: montei a NanoBridge e já fui meio que direcionando ela de acordo com a linha da imagem. Na outra ponta meu sócio fez a mesma coisa. Deu certinho, foi só fazer o ajuste fino.

    Uma coisa que ajudou em muito o ajuste fino foi o fato de estarmos ambos conectados via Skype, com notebook de auxílio e fone de ouvido. Ao mesmo tempo que mediamos o sinal da NanoBridge, via wireless o notebook nos conectava pelo Skype, pela internet. Facilitou a vida, porque qualquer alteração era feita com total acompanhamento. Veja, estávamos em 3 pessoas, sendo que eu trabalhei sozinho em cima da minha torre, e o meu sócio estava com o dono do POP na outra ponta.

    Ahhh, o sinal... -63dbm, em 9km, usando 5.8 e 17dbm de potência. Não calculamos o total de banda passante, mas de acordo com o medidor do aparelho deu 90/90. Não conferi se dá isso mesmo porque foi apenas um ensaio para o enlace definitivo, já que as NanoBridge homologadas ainda não chegaram. O fato é que fechou o enlace e nós já treinamos o procedimento.

    Um abração!






Tópicos Similares

  1. ligar antena de 12v com uma fonte de 9v
    Por RafaItaNazario no fórum Assuntos não relacionados
    Respostas: 7
    Último Post: 03-03-2017, 14:48
  2. Respostas: 16
    Último Post: 06-01-2017, 10:35
  3. Respostas: 2
    Último Post: 25-02-2016, 08:25
  4. Curso de antenas com gilvan geenge. Assitam.
    Por rondotectecnologia no fórum Redes
    Respostas: 1
    Último Post: 15-10-2014, 14:47
  5. Respostas: 1
    Último Post: 26-01-2005, 13:18

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L