+ Responder ao Tópico



  1. Caros JorgeAldo e 1929, os senhores estão vários passos à nossa frente neste assunto sobre Mesh e lendo seus relatos me interessei muito, assim como deve ter interessando a outros colegas, entretanto estou lutando pra tentar ter uma noção mais clara de como implementar uma rede dessas e quais seriam seus reais benefícios.

    O que está dificultando um pouco o entendimento pra mim é o fato de que tem muita coisa nova, muita terminologia nova. Acredito que essa dificuldade não é exclusividade minha.

    Então vou descrever de forma mais leiga o que eu consegui entender e gostaria que apontasse se entendi certo ou não:

    Benefícios de uma Rede Mesh:

    1- Mobilidade - Possibilita fornecer mobilidade ao nossos clientes, através de uma rede que fornece acesso direto aos dispositivos móveis que ele dispõe (notebook, netbook, smartphone, etc), não necessitando de equipamentos externos como antenas de grade, nanostation, airgrid, etc...
    2- Redundância - Numa rede Mesh não existe a centralização de todo o tráfego num único ponto, existem pelo menos dois gateways com estruturas totalmente separadas. A redundância também existe no "caminho" que liga o cliente aos gateways. Tal arquitetura de rede garante mais confiabilidade, pois o cliente continua acessando caso um ponto pare de funcionar.
    3- Largura de banda: Utilizando equipamentos e configurações adequadas podemos atingir uma largura de banda superior à do 3G, que seria o concorrente direto desse tipo de rede.

    Bom, por enquanto foi isso que vislumbrei de beneficio.

    Com relação à forma de implementação é que está mais difícil. O que eu entendi é que existem alguns fornecedores, a maioria estrangeira e com preço meio salgado.

    Entendi que o idelal seriam rádios com duas interfaces (uma pra fornecer acesso e outra para fazer o backhaul) e que os RTL8186 conseguiriam fazer isso.

    Agora surge a minha principal dúvida: Não seria possível utilizar uma RB433 com dois R52H para fazer esse serviço? Pois me parece que tem tudo que é necessário (Homologação, preço e compatibilidade com o protocolo) além de ser um equipamento que estamos acostumados a usar e são comprovadamente de boa qualidade.

    Agradeço se puderem esclarecer.

  2. Dos três pontos citados, creio que o 2 seja o mais vantajoso. Sair por mais de um gateway. Só que não seriam redes separadas. Fica tudo interconectado.
    Se um gateway cai o link, o protocolo vai procurar outro caminho para sair.
    O princípio do mesh pelo que li é esse, que nem sempre a saida é pelo caminho mais curto , mas sim pelo menos congestionado.
    Quanto ao item 1, mobilidade talvêz possa ser um fato, na medida que se utilizar uma malha mais densa de rádios , já que cada radio cliente é também um pnto de acesso.
    Assim que entre uma torre e um cliente distante pode haver 3, 4 ou mais rádios pelo caminho que vão fazendo a ponte. E entre eles, o acesso via notebook seria facilitado.

    Mas isso pode ser um tiro no pé. Cada nó deve introduzir um pouco mais de latência.
    O desenvolvedor do dashboard da Gi-link diz que isso não é crítico, que em testes, até 12 nós foi plenamente aceitável.
    O problema é que só agora começam os primeiros "case" com mesh.
    O item 3, banda acho que não vai ser nada diferente do tradicional B/G. A não ser que trabalhe tudo em G.
    Eu na verdade sou muito teórico nisso, nunca montei nada, mas estou sempre juntando informações para quem sabe fazer alguma coisa.
    A últimas versões do mikrotik já tem configuração para mesh, mas parece que também não está sendo muito usado pelos que mais entendem de mikrotik. Mas parece ser bem simplificado a configuração. Pelo menos são poucas abas . Vou procurar alguma coisa sobre esta configuração para estudar junto com meu suporte.
    O companheiro que postou mais acima o GPolttier que é representante da Nodalis, me disse que eles também usam Rb e cartão R52H.
    Mas alguém citou aqui no forum que a grande chave para o sucesso de uma rede mesh é ter um bom dashboard para gerenciar tudo isso de forma dinâmica.



  3. Citação Postado originalmente por JorgeAldo Ver Post
    So um detalhe, não recomendo radinhos RTL8186 para nada que seja crítico.

    Agora, por exemplo, você achou um "ponto cego" na sua rede. Vai lá e bota um radinho RTL8186 nó mesh autônomo e fecha esse ponto cego. O radinho RTL8186 também pode ser usado pelos clientes, já que eh barato e, como eh mesh, cada cliente novo amplia a área de cobertura um pouco...

    Agora para o backhaul recomendo mesmo os produtos ubiquit ou as routerboards mikrotik...

    O RouterOS da mikrotik tem um protocolo mesh também, HWMP+ mas eu nunca usei nem entendi direito a teoria.

    Edit: Outra coisa é que, como o preço de tudo caiu, talvez nem seja tão economico assim apelar para radinhos RTL8186. Se os bullets forem baratos, melhor botar o bullet com o ROBIN.
    Desculpe a minha ignorância e ingenuidade mas, não estou entendendo um ponto:
    Sobre o equipamento...Se ele estiver em mesh (sendo ele RTL8186 ou bullet com robin) ele irá receber e transmitir sinal pela mesma interface WLAN?
    Se a pergunta for absurda por favor não me critiquem, é muita informação nova pra minha kbça!...hehehe

  4. Citação Postado originalmente por JorgeAldo Ver Post
    Sim, ele transmite e recebe pela porta WAN, sendo que é bem mais inteligente que um repetidor universal que pode criar um baita loop na tua rede.

    Isso diminui um pouco a velocidade disponível (dai por que recomendo os radinhos duplos).

    Mas não é tal crítico assim como o teste lá dos chineses mostram (conseguiram 5mb/sec numa tecnologia que faz no máximo 11mbit/sec).

    Na teoria a velocidade máxima vai ser a velocidade máxima da conexão com o gateway presente na rede mesh, o que em outras palavras indica a necessidade de ter vários gateways dispersos na rede.

    Por isso recomendei fazer um backhaul separado usando 5.8Ghz. Sacou ?

    Vc vai ter duas redes, uma é a rede de acesso, outra é a rede de backhaul. O backhaul serve para desafogar a rede de acesso. Mas como é mesh, caso o nó Backhaul mais próximo cair, a Mesh dá um jeito de achar outro nó backhaul para escoar a produção local, com uma ligeira perda de performance.

    A vantagem absurda do mesh é que eh uma arquitetura a prova de falhas, se bem projetada vc evita o famoso "single point of failure"

    Ou ao menos, o ponto de falha passa a ficar mais acessivel para voce dar manutenção sem ter que ir muito longe da base do provedor (Que eu chamo de backbone, faz a conexão entre os backhauls e a internet, bilhetagem etc).

    Entendeu ?

    Em outras palavras, você vai ter várias redes de ordem diferente e velocidade cada vez maiores.

    A rede mais lenta é a rede mesh, de acesso, próxima ao cliente.

    O backhaul é mais rápido que a rede de acesso, e serve para escoar a produção local.

    O backbone é mais rápido ainda, e serve para escoar os backhauls.

    E assim sucessivamente, em camadas.

    Imagine o funcionamento das ruas, avenidas e estradas. É mais ou menos esse.

    E se uma rua está interditada para chegar na avenida, voce faz algumas curvas, pega outras ruas e chega na avenida.

    De tabela tu ganha mobilidade : Se cada cliente é ele mesmo um nó mesh, então cada cliente que tu coloca eh um pouco mais de espaço coberto por algun transmissor. O que, se a densidade for grande o suficiente, permite conectar com o laptop no meio da rua.

    Alias, uma das coisas que mais gosto no Mesh é que, como no brasil temos 200 milhoes de celulares, e boa parte deles é compativel com Wireless, poderiamos vender internet até pra quem nao tem computador...

    Outra possibilidade é fazer gateways bluetooth espalhados pela rua, usando plaquinhas com suporte a USB e dongles bluetooth USB.

    Isso incluiria mais celulares na jogada, aumentando tua clientela potencial.

    Plaquinha com suporte à bluetooth, nunca testei, não sei se os softwares tem driver pra isso :
    54M Wireless Mini PCI-E Card with WiFi+Bluetooth

    Roteador autônomo com bluetooth:
    Bluetooth Access Point + Router Class 1 (100M) USBG-BLUE-RR LOW PRICE $97.98
    Entendi...kra, muito interessante esse treco do bluetooth...
    Se eu entendi um celular que nao tem Wi-Fi conseguiria se conectar a internet pelo BlueTooth?
    no caso dos radinhos então em cada ponto de conexão eu poderia usar então somente um bullet2 com uma omni que esse equipamento faria todo o serviço se conectando e transmitindo pela mesma antena?



  5. Quanto mais eu pesquiso sobre mesh, mais me convenço que pode ser uma arma para enfrentar a concorrencia.
    Mas encontro sempre uma barreira que é a falta de interoperabilidade entre diversos sistemas. Cada um exige plataformas proprietárias, e isso é ruim
    Encontrei uma plataforma que poderia ser bem acessível, mas por enquanto não tem a facilidade de ser comunicar com outros protolos mesh.
    VEja o Talisman: Talisman Mesh Firmware
    TEm como utilizar este radinho da Linksys que é barato mas que segundo eles fica muito poderoso.
    .:: Chip Sul ::.
    Me entusiasmei, mas fui ver foi suspensa a homologação.. Na verdade não tem mais nada lynksys homologado.
    Entrei em contato com o desenvolvedor para saber sobre a licença de uso. Diz no site que é $25 ao ano e livre downloads.
    Mas não é bem assim.
    Olha a resposta que me enviaram:
    They all have to run Talisman/Mesh. The default subscription supports up to three routers. Email if you need more.

    We will be upgrading the firmware to support IEEE 802.1s mesh, which is interoperable.
    Então a propagando não condiz com a realidade. Todos os APs precisam estar com o talisman, e os 25 dolares dá direito a 3 licenças.

    Pessoal, vamos botar o bloco na rua e procurar soluções para a concorrencia que se avizinha.
    Quem sabe o mesh do mikrotik seja a solução? Só que não encontrei muito material a não ser o que está no manual . E pouca gente testou.






Tópicos Similares

  1. Novos posts do forum na area de trabalho
    Por tuxson no fórum UnderLinux
    Respostas: 3
    Último Post: 14-11-2006, 23:50
  2. Cybersank na àrea
    Por cybersank no fórum Redes
    Respostas: 9
    Último Post: 20-09-2006, 12:47
  3. Site/Blog Novo na área
    Por budairc no fórum Assuntos não relacionados
    Respostas: 1
    Último Post: 24-08-2005, 08:25
  4. Inserir Software no superdownloads na area linux
    Por wellesximenes no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 4
    Último Post: 27-04-2005, 22:29
  5. Leigo na área !!! Salvem -se !!!
    Por SatanGoss-Ronney no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 3
    Último Post: 05-02-2003, 15:07

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L