+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Nanostation M5 homologada Anatel ?

    Ola,

    Estou comprando uma Nanostation M5, que pelo que vi é homologada pela Anatel.

    Porem gostaria de saber o seguinte: posso comprar , no brasil , com nota fiscal, qualquer antena Nanostation M5, ou a antena precisa ter obrigatoriamente o selo da Anatel pra homologacao valer mesmo???

  2. #2

    Padrão Re: Nanostation M5 homologada Anatel ?

    Acompanhando tópico,pois tenho a mesma dúvida.Em relação ao mini-pci ? como faço para colocar os selos da anatel ?



  3. #3

    Padrão Re: Nanostation M5 homologada Anatel ?

    Colar os selos não tem haver, pois só pode comercializar o produto homologado com selo a empresa que fizer todo o tramite junto a anatel, pois a empresa especifica para a anatel o numero de serie completo do lote que ela vai homologar, portanto vc deve comprar em empresas que realizem a homologação junto a anatel e vendam com a nota fiscal comprovando que o produto enquadra-se naquele lote homologado... Aqui no brasil única empresa que foi atras disso foi a LIVTECH porém não sei se ainda eles tem algum lote desse equipamento homologado para venda, mas entre em contato, comprei lá e veio com NF numero de série na NF e selo de homologação da LIVTECH.

  4. #4

    Padrão Re: Nanostation M5 homologada Anatel ?

    Certo, mas se eu usar um equipamento homologado, porem sem selo, somente com NF de uma loja brasileira, serei multado ?



  5. #5

    Padrão Re: Nanostation M5 homologada Anatel ?

    O Galera, na posição de fabricante e como importador também, sinto que a Lei não é seguida e orientada corretamente.

    O certo é como foi dito, somente quem homologou pode vender, ou com prova de lastro de origem.

    Porém, a Anatel considera lastro de origem PRODUTO ORIGINAL, olha só que sacanagem, esse foi o consenso que os conselheiros chegaram, assim, se for importado não importado, pode ser por qualquer um, qualquer dia, desde que seja IMPORTACAO OFICIAL, porém, como isso quem controla é Receita Federal, não é trabalho do fiscal da Anatel verificar isso, assim, a única atribuição do fiscal é verificar:

    1) Procedência = Precisa apresentar nota fiscal
    2) Selo/Numero de Homologacao = Pra quem não sabe, o selo pode constar apenas no manual do produto, não é obrigatório o selo em produtos que fiquem espostos e sujeitos ao selo sumir ou produtos pequenos que não caibam o Selo, assim, verifique com cada Homologante, se o selo tem no manual ou no produto, se for no manual, ao entrar no sistema de homologação, você pode baixar o arquivo do selo de homologação e o manual do produto, se no manual do produto estiver o selo, sem problema, basta ter o manual impresso e guardado e apresentar para o fiscal.

    Sim, se você for no paraguay/Estados Unidos/China/Qualque pais do mundo e compra um produto, você pode usar, basta passar no posto fiscal/aduana na entrada e declarar o produto e pronto, guarde a Darf e a guia de declaração do produto, que são DOCUMENTOS OFICIAIS, va na pagina de quem homologou e imprima o manual e o selo.

    Sabe, eu fiquei muito emputecido porque o Brasil inteiro usou os selos de homologação das NS2/NS5/XR5 homologados pela USAImport, e sabe, agente só vendeu 400 cartões XR5, agora me explica a mágica de 7000 estações registradas na Anatel na qual mais de 80% delas usam o cartão XR5??? hahaha, ou seja, quem vendeu foi a Flytec e outras empresas de fronteira, e outros contrabandistas do brasil, porque nós não fomos.

    Claro que algumas outras empresas que compatilhamos a homologação (permitimos que usem nosso selo, e elas permitem que usemos os delas).

    Então no final amigo, se não lesar o fisco, tudo pode!

    Acredito que o sistema atual de homologação receba rapidinho uma reforma na portaria, pois ficou totalmente cretino da forma que esta, sendo que os conselheiros permitem abertamente o uso do selo do outro.

    Há mais uma coisa, se a Livetech homologou no nome dela um produto pronto, basta entrar com uma denuncia de Falsidade Ideológica, formação de conluio, sonegação fiscal e danos ao erário, saibam que no brasil é CRIME comprar um produto pronto e modificar o nome do produto somente para obter lucro e lesar/oculta a real intenção ao Fisco.

    Ou seja, a UBIQUITI não vende equipamento em OEM, e a LIVETECH (WDC) não integra nada ao produto, então é crime, basta denunciar, hehehe.

    Ai a Livetech fala o seguinte, não o produto é meu, se você usar meu selo, você comete o crime de Falsidade Ideológica e Estelionato, hahaha, faz me rir, na hora que eles entrarem com um processo, basta apresentar as evidência, e o próprio ministério público encerra o caso e ja abre um processo contra a LIVETECH.

    Não existe o que a Livetech ou qualquer outra empresa fizer para tentar resguardar o uso do selo de homologação, quem comete crime é quem faz o conluio, ou seja, WDC mais uma vez.

    Se a WDC mudasse o produto, injetasse o plástico no Brasil, fizesse a montagem do produto, seria outra história, agora, ela faz é conluio, se o produto vier desmontado, pode ter certeza que não é a Ubiquit que manda, pois não da pra testar algo desmontado, e ela não montaria nem desmontaria o produto, o proprio Mike e Ben, em conversas de email e trocas de informações, afirma que os produtos são vendidos acabados para todos os distribuidores, saem prontos, lacrados de fábrica, então, se for ao contrário, conluio novamente.

    Quero so colocar aqui os fatos reais que estamos vivendo no Brasil, tudo por causa do maldito paraguay que é a carne podre do brasil, e o maldito governo em explodir a cabeça e a vida das empresas e das pessoas nas opressões dos impostos.

    Outra coisa, na Bahia, já um esquema muito forte de sonegação fiscal apoiado pelo governo, no qual, o governo da Bahia faz VISTAS GROSSAS, para as empresas que fecharam o PROTOCOLO DE INCENTIVO, sendo que eram obrigados a fabricarem o produto, isso, daria isenção de terreno (doação do terreno), diferimento do ICMS (a empresa importa, vende, da o credito e não paga icms, paga 0 ZERO) e fica com o ICMS para ela, isenção de IPTU, ISS, e em alguns casos, até edificação/barracão o governo deu. Ai a VISTA GROSSA vem, paga o fiscal, e ele não se vê que a empresa apenas é uma movedora de CAIXAS, a caixa entra no aeroporto, faz a importação, entra na empresa, e sai, sem fazer nada, tudo FAXADA, heheh, e daí bestas somos nós que temos empresa, fábrica, funcionários de chão de fábrica, pagamos os importos honestamente e tudo mais, hahaha, faz me rir novamente.

    Pessoal, essa é a mora da história, no Brasil quem vive é o esperto, quem se espreme é o ético.

    Escutem a CBN e vejam sobre ÉTICA, isso é toda hora discutido lá, esse é o aperto que vivemos.

    3 tipos de empresas no Brasil

    1) Sonegador / Muambeiro = 50%
    2) Empresa que anda sempre no meio a meio (meia nota, sem nota, meia compra = 30%
    3) Empresa Oficial com Incentivos de impostos porém FAXADA = 10%
    4) Empresa Oficial com Incentivos de impostos 100% corretas = 10%

    Ou seja, apenas 10% do brasil trabalha corretamente, ai vocês podem entender, porque surgiu o tal da substituição tributária, porque a gasolina aqui custa 5x mais que em outro país, isso é simples, devido a sonegação do país como um todo.

    Somos os otários e ao mesmo tempo os vilões, as gerações passadas cansaram de tentar fazer o certo e dar tudo errado, veio de familia a lei de Gerson, haha, olha ai o Sergio denovo, todo mundo quer levar vantagem de alguma forma (Lei de Gérson – Wikipédia, a enciclopédia livre), assim, fomos nos enganando que estaríamos fazendo o melhor para o nosso brasil (lei de gerson com nós mesmos), e daí a real situação, quero ganhar é DINHEIRO, isso é funcional apenas para o mendigo/miserável, que precisa sobreviver, o catador de latinhas de rua, o paupérrimo, isso, abre-se um excessão para que ele VIVA, porém, na sociedade atual, essa lei é para SONEGAR, LESAR, e direcionar o LUCRO para si mesmo. Até entendo os pontos colocados sobre as pessoas, de tentar ganhar um espaço ao Sol, porém, fazendo isso, estamos diretamente ajudando aos traficantes que lavam o dinheiro nos doleiros e no paraguay onde metada são terroristas ou praticantes ou fazem conluio com algum tipo de crime de mafia (pra quem não acredita, basta pesquisar em ingles quantas lojas nos EUA são os donos procurados pela interpol e FBI por causa da ligação com as entidades criminosas), assim, ajudando a nós mesmos estamos destruindo a vida de outras pessoas, mas isso no final, o cidadão que vive a lei de Gerson vai dizer, eu não to fazendo nada, to comprando, to pagando, e sabe, posso até declarar um dia e pagar os impostos, más, no final, so fez novamente a lei de Gerson vir a tona novamente.

    Vamos lá povo, vamos acordar para a situação que estamos vivendo.

    Seria bom se a Ubiquiti viesse o brasil e abrisse uma indústria de verdade, como faz a Huawei, ZTE ( que acabou de fechar o acordo com o governo federal, estadual e municipal e esta vindo para HORTOLANDIA, 2000 empregos direto gerados), ja a Ubiquiti sempre vai ser movedora de caixa para o Brasil, sugar, sugar, sugar, sugar e pronto, a cultura Norte Americana!

    Quando vamos acodar?

  6. #6

    Padrão Re: Nanostation M5 homologada Anatel ?

    kkkkkkkkk
    Ilheus- BA é a China Brasileira....

    Hoje tem tenta trabalhar certinho, fica frustrado, se sente otário.
    Alem de perder mercado para " Muambeiros" neguinho sem estudo montando " Distribuidora".


    Haaa o Sr, esqueceu de mencionar a OIW, que não quero puxar a sardinha pro lado de ninguém, mas sou a Mais a WDC que a OIW.



  7. #7

    Padrão Re: Nanostation M5 homologada Anatel ?

    Emfim...

    Comprei uma antena em uma loja brasileira, que me emitiu nota fiscal e pagou seus impostos.

    Como usuário, entendo então que eu esteja agindo dentro da regra e da lei.

  8. #8

    Padrão Re: Nanostation M5 homologada Anatel ?

    Vamos aos fatos:

    - o produto obrigatoriamente tem que ter procedência.
    - mesmo que você compre no mercado livre, a empresa que revende o produto tem que ter a nota de entrada de compra da empresa que homologou.

    Tivemos uma antena Omni da Aquario lacrada,comprada na loja Antena & Cia, pois a nota fiscal da Antena era deles, a Anatel pediu um documento que comprovasse que a Antena era da kidasem Antenas pois a homologação era deles.

    Pedimos então que a Antena & Cia nos enviasse a nota fiscal de entrada ou uma declaração, sobre a procedencia da Antena. A Loja Antena e Cia mandou baseado na nota fiscal que me deram na data da compra uma nota fiscal da compra de um lote de 30 antenas omni da kidasem Antenas.

    Problema resolvido.

    só que toda esta tramitação, levou 6 meses.

    Então colegas, se seus equipamentos tiver procedência, você pode sim imprimir e colar o selo neles que estão no site da anatel.
    Espero acabar de vez com esta dúvida.



  9. #9

    Padrão Re: Nanostation M5 homologada Anatel ?

    Citação Postado originalmente por pinhais Ver Post
    Vamos aos fatos:

    - o produto obrigatoriamente tem que ter procedência.
    - mesmo que você compre no mercado livre, a empresa que revende o produto tem que ter a nota de entrada de compra da empresa que homologou.

    Tivemos uma antena Omni da Aquario lacrada,comprada na loja Antena & Cia, pois a nota fiscal da Antena era deles, a Anatel pediu um documento que comprovasse que a Antena era da kidasem Antenas pois a homologação era deles.

    Pedimos então que a Antena & Cia nos enviasse a nota fiscal de entrada ou uma declaração, sobre a procedencia da Antena. A Loja Antena e Cia mandou baseado na nota fiscal que me deram na data da compra uma nota fiscal da compra de um lote de 30 antenas omni da kidasem Antenas.

    Problema resolvido.

    só que toda esta tramitação, levou 6 meses.

    Então colegas, se seus equipamentos tiver procedência, você pode sim imprimir e colar o selo neles que estão no site da anatel.
    Espero acabar de vez com esta dúvida.
    Sim, esta certo, porém ESSA REGRA SÓ VALE PARA EQUIPAMENTO DE FABRICANTE NACIONAL E HOMOLOGADO DIRETO POR ELE, se for equipamento importado essa regra não vale nada, pois, você pode importar e vender sem problema algum e usar, essa é a regra da Anatel, eu me senti lesado muito tempo, até descobrir que os otários somos nós mesmos que ficamos imaginando ou querendo defender alguém nisso.

    Porque será que nunca a Anatel publicou a portaria final resolvendo esse assunto? Alguem lá deve ou ter uma distribuidora, ou então não quer responder a problemas "políticos", hehehe...

    E depois, o Lulinha vendeu joguinhos de celular e ficou dono da OI? Oitário somos nós, kkkkk

  10. #10

    Exclamation Re: Nanostation M5 homologada Anatel ?

    Usuário final imprimindo selo Anatel!? Isso não tem fundamento. Resolução Anatel 242 Anexo III item I - e (pg 24/25):
    "III – A afixação da etiqueta de identificação no produto deve ser providenciada previamente à sua disponibilização ao mercado e é ..."
    Com isto entendo que quando comprar um equipamento ele deve, obrigatoriamente, possuir o selo da Anatel. No site da Anatel dentro dos anexos de uma homologação constam fotos para que você possa conferir se o que você comprou é realmente o modelo homologado, mas nenhuma matriz de etiqueta.

    "Art. 32. A homologação dos produtos objeto de certificado de conformidade não poderá ser utilizada por terceiros nas situações em que:
    I - o produto seja produzido em planta fabril diversa daquela objeto de análise, nas hipóteses de Certificado de Conformidade com avaliação do Sistema da Qualidade; ou
    II - o produto seja distribuído no Brasil por fornecedor diverso daquele que tenha requerido a homologação e este fato prejudique a responsabilidade prevista no art. 29, inciso V deste Regulamento."

    Conforme o item I: Se você comprou um equipamento que deveria ser fabricado no Brasil e recebeu um equipamento chinês ... acho que a homologação não vale nada.

    Conforme o item II: Se você comprou um equipamento homologado, mas não do requerente da homologação ... acho que seu equipamento é irregular.

    Parece estranho, mas é o que está escrito. Se o fiscal da Anatel entende de outra forma ... tudo bem, mas aí depende de cada fiscal e de um bom relacionamento com o fiscal, com a vizinhança ...



  11. #11

    Padrão Re: Nanostation M5 homologada Anatel ?

    Grande Fabio,citou direto a resolução da Anatel, e traduziu,rs...

    Tem muitooo " distribuidor" fundo de quintal, sobre traz tudo do Py e manda fazer em gráficas as etiquetas de empresas sérias, que tem custos para fazer tudo legal.

    Eu mesmo já fui lesado com isso, recebi equipamentos com NF feita a mão, e quanto aos selos o vendedor me instruiu a baixar e imprimir,
    é móle...

  12. #12

    Padrão Re: Nanostation M5 homologada Anatel ?

    uma pergunta hoje quem vende a nano5m homologa no brasil porque no saites das impresas nao vi a nano com o logo da anatel .
    Última edição por pardall11; 07-04-2011 às 13:02.



  13. #13

    Padrão Re: Nanostation M5 homologada Anatel ?

    Oi,

    Bom, qualquer um pode colocar no site o selinho da Anatel!
    Uma dica, mesmo que esteja no site do fabricante, não quer dizer que é homologado!
    Para você ter a certeza, só entrando no site da Anatel.
    Eu por exemplo já vi em diversos sites (de outros fornecedores) o meu selo de homologação, mas não significa que estes possuem o direito a homologação!


    Quer ter certeza? Vá no site da anatel!